Batalha

Pelo Corpo

 

Este curso é parte do INSTITUTO INTERNACIONAL TEMPO DE COLHEITA, um programa elaborado para equipar os crentes para uma efetiva colheita espiritual. O tema básico do treinamento é ensinar o que Jesus ensinou, aquilo que ao chamar pescadores, coletores de impostos, e etc., transformou-os em cristãos reprodutivos que alcançaram o mundo com o Evangelho em demonstração de poder.

 

Este manual é um simples curso dos diversos módulos do currículo que conduz os crentes da visualização através da depuração, multiplicação, organização e mobilização para alcançar o objetivo da evangelização.

 

 

 

 

 

 

 Harvestime International Network

 

© Instituto Internacional Tempo de Colheita

 

 

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta tradução e

manual pode ser reproduzida, estocada em qualquer tipo de sistema,

ou reproduzida, de qualquer forma ou por qualquer meio, seja eletrônico,

mecânico, fotocópia ou outro qualquer, sna devida permissão por escrito de Harvestime International Institute ou de seu representante legal.

 

 


CONTEÚDO

 

Introdução

Objetivos

 

PARTE UM: A BATALHA POR O CORPO

 

1. Reinos em Conflito

2. Um Chamado às Armas

3. Antes da Batalha

 

PARTE DOIS: O ATAQUE

 

4. A Fonte de Enfermidade

5. As Razões Para a Enfermidade

6. Os Tipos de Enfermidade

7. O Resultado Final da Enfermidade

 

PARTE TRÊS: O CONTRA-ATAQUE

 

8. A Base Bíblica da Cura

9. Os Propósitos da Cura

10. Os Dons de Curas

 

PARTE QUATRO: DESAFIOS A VENCER

 

11. As Tradições dos Homens

12. Um Espinho na Carne

13. As Perguntas Sem Respostas

 

PARTE CINCO: AS ESTRATÉGIAS PARA CURAR

 

14. Ministrando Cura

15. Continuação Do Ministério de Cura

16. A Cura Final

 

PARTE SEIS: AS ESTRATÉGIAS PARA A LIBERTAÇÃO

 

17. "A Quem Satanás Tem Atado

18. Ministrando A Libertação

19. A Continuação do Ministério de Libertação

 

PARTE SETE: AS ESTRATÉGIAS PARA A LIBERTAÇÃO

 

20. Guerreiros Curados

Conclusão

 

Apêndice A: Análise de Diagnóstico

Apêndice B: A Base Bíblica da Cura e Libertação

Apêndice C: Formulário de Análise

 

Respostas da seção “Teste o Seu Conhecimento”


Curso: A Batalha Pelo Corpo

 

 

INTRODUÇÃO

 

A Igreja Primitiva viu sua experiência espiritual pelo que se referia à guerra. A terminologia militar é usada por todo o Novo Testamento. Proteção era vista na armadura de Deus. A Palavra de Deus foi comparada a uma espada. Os ataques de Satanás foram chamados de flechas inflamadas. A fé era o “bom combate” e aois crentes foi dito para que guerreassem uma “boa luta”. A Igreja Primitiva sabia que ela estava comprometida em uma intensa luta espiritual.

 

A Bíblia declara que o povo de Deus é destruído devido à falta de conhecimento (Oséias 4:6).

 

Uma das áreas em que os crentes são derrotados devido à falta de conhecimento é nesta guerra invisível. Há uma grande guerra sendo travada no mundo hoje. Não é um conflito entre nações, tribos, ou líderes governamentais. Não é uma rebelião o golpe. É uma batalha invisível importante no mundo do espírito.

 

A vida cristã é a guerra. Quanto mais cedo nós reconhecemos e nos preparamos para ela, tanto maid cedo nós experimentaremos a vitória. Um aspecto desta guerra invisível atinge a alma e o espírito do homem.

 

O Instituto Internacional Tempo de Colheita tem um curso intitulado “Estratégias Espirituais: Um Manual de Guerra Espiritual” que enfoca nesta porção da guerra invisível.

 

Porém, há outra parte desta guerra que se manifesta no reino físico. Neste curso nós a chamamos de a “Batalha Pelo Corpo”. Satanás tem por objetivo atingir os corpos físicos dos crentes porque ele sabe que guerreiros debéis e enfermos não podem empreender uma batalha eficaz contra seu reino.

 

Lucas 14.31 diz, Ou, qual é o rei que, pretendendo sair à guerra contra outro rei, primeiro não se assenta e pensa se com dez mil homens é capaz de enfrentar aquele que vem contra ele com vinte mil?” Ninguém deve entrar na batalha na vida sem um exame cuidadoso de seus recursos e desenvolvimento de estratégias de batalha.

 

Neste curso nós estamos fazendo uma avaliação cuidadosa das estratégias disponíveis para ganhar a guerra contra Satanás na batalha por seu corpo. Você aprenderá a batalhar por seu corpo físico e ministrar estas verdades a outros guerreiros feridos no exército de Deus.

 

O MANUAL

 

Este manual é dividido em sete seções:

 

PARTE UM: A BATALHA PELO CORPO discute a guerra invisível entre o reino de Deus e o Reino de Satanás. Contém um chamado às armas para a batalha e provê a preparação preliminar à guerra.

 

PARTE DOIS: O ATAQUE discute a fonte, razões, tipos e o resultado final da enfermidade.

 

PARTE TRÊS: O CONTRA-ATAQUE apresenta as estratégias para derrotar ao inimigo enquanto você ganha entendimento da base bíblica da cura, os propósitos da cura, e os dons de curar.

 

PARTE QUATRO: DESAFIOS A VENCER. Trata com os desafios difíceis da cura e do ministério de libertação inclusive as tradições dos homens, o espinho na carne de Paulo e as perguntas sem respostas.

 

PARTE CINCO: ESTRATÉGIAS PARA CURAR arma você com as estratégias para ministrar a cura, a continuação do ministério de cura, e a cura final.

 

PARTE SEIS: ESTRATÉGIAS PARA LIBERTAÇÃO.  Enfoca no ministério de libertação nas lições “A Quem Satanás Tem Atado”, “Ministrando a Libertação” e “A Continuação do Ministério de Libertação”.

 

PARTE SETE: A VIDA DO REINO contém estratégias preventivas e curativas da Palavra de Deus para permitir-lhe ser um guerrero saudável, alguém que está curado no corpo, alma e espírito, e preparado para a batalha.

 

O APÊNDICE deste manual proporciona estudos bíblicos adicionais sobre a cura e o ministério de libertação e um formulário de análise para capacitar o estudo adicional das Escrituras sobre o assunto. Também inclui uma análise de diagnóstico para usar quando você busca ou ministra a cura.

 

AS LIÇÕES

 

Cada lição neste manual está organizada como segue:

 

OBJETIVOS: Estas são as metas que você deve alcançar estudando a lição.

 

PROMESSA DE CURA PARA REIVINDICAR: Esta é uma promessa especial de cura da Palavra de Deus para você memorizar e reivindicar para sua vida.

 

INTRODUÇÃO: A introdução proporciona uma visão global do conteúdo do capítulo.

 

LIÇÃO: Esta é a sessão de instruções militares para o capítulo. Uma sessão de instruções é um tempo antes da batalha que proporciona a informação necessária para empreender uma guerra eficaz.

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO: Este teste o examina quanto aos conceitos importantes da lição.

 

COLOCANDO EM AÇÃO: A Bíblia diz para “colocar em ação a sua própria salvação com temor e trenos” (Filipenses 2.12 – Tradução do Original). Como você aprenderá neste curso, a cura é parte da salvação proporcionada através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Fé e obras seguem juntas. A fé sem as obras está morta, assim como as obras sem a fé é inútil (Tiago 2.17-26).

 

Na seção intitulada “Colocando em Ação” você tomará os conceitos ensinados na lição e os aplicará pessoalmente. Esta é uma parte importante da lição. Se você está enfermo, isto é designado para ajudar-lhe a receber sua cura. Se você está ministrando a alguém que está enfermo, primeiro compartilhe o conteúdo da lição com ele e depois “coloque em ação” para ajudá-lo a receber a cura.

 

VOCÊ ESTÁ PRONTO?

 

Uma das principais revelações da Palavra de Deus diz respeito à expôr o inimigo e suas estratégias. Este manual não é de maneira alguma um estudo exaustivo sobre cura e libertação, porém é uma análise bíblica com profundidade. Como na guerra natural, a habilidade na batalha pelo corpo é progressiva e se desenvolve enquanto você entra na zona do combate e começa a lutar.

 

 

OBJETIVOS DO CURSO

 

Ao concluir este curso você será capaz de:

 

n  Demonstrar entendimento dos reinos natural e espiritual.

n  Definir “guerra espiritual”.

n  Identificar a razão para a guerra invisível.

n  Declarar o princípio básico para a compreensão da guerra espiritual.

n  Definir “cura divina”.

n  Distinguir entre cura e libertação.

n  Explicar como a cura e libertação se relaciona à comissão para alcançar o mundo com o Evangelho.

n  Identificar a fonte da enfermidade.

n  Explicar as razões para a enfermidade.

n  Identificar os tipos de enfermidade.

n  Listar os resultados finais da enfermidade.

n  Resumir a base bíblica da cura.

n  Listar os propósitos de cura.

n  Entender e usar os dons de cura.

n  Responder às tradições dos homens com respeito à cura.

n  Tratar com as questões sem respostas com respecto à cura.

n  Ministrar e receber a cura.

n  Ministrar e receber a libertação.

n  Preparar as pessoas para a cura final.

n  Conduzir ministérios de acompanhamento para a cura e libertação.

n  Resumir as diretrizes para viver como um guerrero saudável.

n  Empenhar-se na guerra eficaz da batalha pelo corpo.

 


PARTE UM

 

A BATALHA PELO CORPO

 

Há uma grande batalha sendo travada no mundo espiritual. É uma batalha pessoal interior entre a carne e o espírito. É uma batalha social com as forças malignas do mundo. É uma batalha espiritual com os poderes sobrenaturais malignos. Também é uma batalha física, com ataques lançados contra seu corpo que é o templo do Espírito Santo.

 

Nos tempos do Antigo Testamento, uma trombeta se usava para convocar o povo de Deus para batalhar. Hoje, uma convocação espiritual está soando por todas as nações do mundo. É uma convocação à guerra invisível. É a convocação às armas.

 


Capítulo Um

 

REINOS EM CONFLITO

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever a promessa de Cura de memória.

n  Demonstrar entendimento dos reinos natural e espiritual.

n  Definir a palavra “rei”.

n  Definir a palavra “reino”.

n  Identificar os dois reinos espirituais.

n  Determinar a que reino você pertence.

n  Identificar as forças espirituais do bem.

n  Identificar as forças espirituais do mal.

n  Explicar o que significa “guerra espiritual”.

n  Identificar a razão para a guerra invisível.

n  Declarar o princípio básico para entender a guerra espiritual.

 

PROMESSA DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“... Se vocês derem atenção ao SENHOR, o seu Deus, e fizerem o que ele aprova, se derem ouvidos aos seus mandamentos e obedecerem a todos os seus decretos, não trarei sobre vocês nenhuma das doenças que eu trouxe sobre os egípcios, pois eu sou o SENHOR que os cura” (Êxodo 15:26).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Há uma grande guerra sendo travada no mundo hoje. Não é um conflito entre as nações, tribos ou líderes governamentais. Não é uma rebelião ou um golpe. É uma batalha invisível que acontece no mundo espiritual. Este capítulo introduz a guerra invisível em que cada crente está comprometido. É uma guerra onde ninguém traz um uniforme, porém onde todos somos alvos. Os registros históricos e proféticos desta guerra estão na Palavra de Deus, a Bíblia.

 

OS REINOS NATURAL E ESPIRITUAL

 

Para entender esta guerra invisível, você primeiro deve entender os mundos natural e espiritual.

 

O homem existe em dois mundos: O mundo natural e o mundo espiritual. O mundo natural é o que você pode ver, sentir, tocar, ouvir ou saborear. É tangível e visível.

 

O país, a nação, cidade ou vila na qual você vive é parte do mundo natural. Você é um morador do mundo natural localizado em um dos continentes visíveis do mundo. Você pode ver as pessoas que fazem parte de seu ambiente. Você pode comunicar-se com eles. Você pode experimentar as paisagens, sons, e olores seu ao redor.

 

Porém, há outro mundo no qual você vive. Esse mundo é um mundo espiritual. Você não pode vê-lo com seus olhos físicos, porém é tão real como o mundo natural em que você vive. Em 1 Coríntios 15.40, Paulo fala desta divisão de natural e espiritual. Ele diz que há um corpo natural (terrestre) e há um corpo espiritual (celestial).

 

Todos os homens têm um corpo natural que vive no mundo natural, porém o homem também é um ser espiritual com uma alma eterna e um espírito eterno. O homem é corpo, alma, e espírito. Seu ser espiritual (alma e espírito) é parte de um mundo espiritual assim como seu corpo natural é parte do mundo natural.

 

O DISCERNIMENTO ESPIRITUAL

 

Porque a guerra espiritual é simplesmente isso – espiritual – ela deve ser entendida com uma mente espiritual.

 

Em nosso estado natural, pecador, nós não podemos entender as coisas espirituais:

 

“Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente” (1 Coríntios 2:14).

 

É necessário usar o discernimento espiritual para entender as coisas espirituais.

 

Talvez um dos melhores exemplos de discernimento natural e espiritual está registrado em 2 Reis capítulo 6. Registra a história de uma batalha natural na qual tropas da inimiga nação da Síria haviam rodeado um pequeno povo chamado Dotã onde o profeta Eliseu estava abrigado.

 

Quando o servo de Eliseu, Geazi, viu o grande exército do inimigo, ele sentiu temor. Eliseu orou para que Deus abrisse os olhos espirituais de Geazi para que ele pudesse ver as hostes espirituais que os rodeavam e os protegiam. Nesta ocasião, Deus abriu os olhos espirituais de Geazi e lhe permitiu ver visivelmente as forças superiores de Deus alistadas para a batalha.

 

A história desta batalha em Dotã é semelhante às condições espirituais na Igreja. Há alguns, como Eliseu, que vêem claramente dentro do reino espiritual. Eles sabem que há um conflito que está ocorrendo, têm identificado ao inimigo, e reconhecido as grandes forças de Deus que asseguram a vitória. Há outros como Geazi, que com um pouco de alento, serão capazes de abrir seus olhos espirituais e não serão mais temerosos ou derrotados pelo inimigo. Porém, tristemente, há muitas pessoas que, como aqueles na cidade de Dotã, estão dormindo espiritualmente. Eles não sabem, inclusive, que o inimigo os tem rodeado e está posicionado para o ataque.

 

DOIS REINOS ESPIRITUAIS

 

Dentro dos reinos natural e espiritual dos quais estamos falando existem reinos separados que são governados por líderes naturais e espirituais.

 

Todos os homens vivem em um reino natural neste mundo. Eles vivem em uma cidade ou em um povo que faz parte de uma nação. Essa nação é um reino do mundo. Um reino natural é um território ou povo sobre o qual um rei ou líder político é o governante soberano. A Bíblia fala destes reinos naturais como os “reinos do mundo”. Os reinos do mundo têm vindo a estar sob o poder e a influência de Satanás:

 

“Depois, o Diabo o levou a um monte muito alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e o seu esplendor. E lhe disse: "Tudo isto te darei, se te prostrares e me adorares" (Mateus 4:8-9).

 

1 João 5:19 tristemente nos recorda que “o mundo enteiro está sob o controle do maligno”.

 

Reinos espirituais:

 

Em adição aos reinos naturais deste mundo, há dois reinos espirituais: o Reino de Satanás e o Reino de Deus. Cada pessoa viva é um morador de um destes dois reinos.

 

O Reino de Satanás consiste de Satanás, dos seres espirituais chamados demônios, e todos os homens que vivem em pecado e rebelião à Palavra de Deus. Estes, junto com o mundo e a carne, são as forças espirituais do mal que operam no mundo hoje.

 

O Reino de Deus consiste de Deus o Pai, Jesus Cristo, o Espírito Santo, seres espirituais chamados anjos, e todos os homens que vivem em justa obediência à Palavra de Deus. Estas são as forças espirituais do bem.

 

O Reino de Deus não é uma igreja denominacional. As denominações são organizações de invenção humana de grupos de igrejas. Têm sido estabelecidos com propósitos prácticos de organização e administração. As denominações são organizações como os Batistas, Assembléias de Deus, Metodistas, Luteranos, etc. A Bíblia nos fala da verdadeira Igreja a qual não é uma denominação ou organização religiosa. A verdadeira Igreja está composta de todos aqueles que têm se convertido em moadores do Reino de Deus.

 

No tempo presente no mundo natural, o Reino de Deus existe individualmente dentro de cada homem, mulher, criança ou jovem que tenha feito de Jesus o Rei de sua vida. Existe comunitariamente na verdadeira igreja e onde quer que as pessoas façam deste mundo o tipo de mundo que Deus quer que ela seja. No futuro, haverá uma manifestação visível do Reino de Deus.

 

 

A GUERRA INVISÍVEL

 

A guerra espiritual invisível é uma batalha que envolve a todos os homens e mulheres. Visto que o Reino de Satanás é um reino espiritual...

 

“... a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais” (Efesios 6.12).

 

A guerra espiritual não é uma batalha natural entre o sangue e a carne. Não é uma batalha do homem contra o homem. Não é uma batalha visível. É um conflito invisível no mundo espiritual. É uma batalha dentro e ao redor do homem. Não é uma guerra visível porque os espíritos estão envolvidos e aprendemos de Lucas 24.39 que um espírito não tem carne nem ossos.

 

A guerra espiritual é “multidimensional”, o qual significa que é travada em diferentes dimensões. É...

 

1.    Uma batalha social entre o crente e o mundo: João 15.18-27

2.    Uma batalha pessoal entre a carne e o espírito: Gálatas 5.16-26

3.    Uma batalha supernatural entre o crente e os poderes sobrenaturais malignos: Efesios 6.10-27

 

Toda pessoa viva está comprometida nesta guerra, quer se dê conta disso ou não. Não há campo neutro. Os não-crentes estão sob o jugo do mal e têm sido levados cativos pelas forças do inimigo. São vítimas da guerra.

 

Os crentes têm sido libertados do inimigo mediante Jesus Cristo e são vitoriosos, porém estão, todavia, comprometidos na guerra. O versículo-chave deste capítulo indica que nós (todos os crentes) combatemos contra as forças espirituais malignas.

 

“Combater” implica contato pessoal próximo. Ninguém está isento desta batalha. Ninguém pode vê-la à distância. Você está no meio do conflito quer o reconheceça ou não. Se não o reconhece será melhor... Você está apenas equivocado. A guerra do cristão nunca cessa.

 

ONDE A BATALHA RUGE

 

A guerra invisível está sendo livrada em a terra:

 

“O ladrão vem apenas para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente” (João 10.10).

 

Satanás luta para manter o controle dos reinos do mundo. Ele não quer que estejam sob a autoridade de Deus. A batalha também se efetua dentro de os corações, mentes, e almas dos homens e mulheres. Satanás cega as mentes dos homens em áreas como a adoração, a Palavra, seu caminhar diário e sua obra para Deus. A batalha também se dá em seu corpo físico, o qual Satanás ataca através de enfermidades e doenças.

 

COMO A BATALHA COMEÇOU

 

A batalha invisível começou no Céu com um anjo nombrado Lúcifer que foi originalmente um formoso anjo criado por Deus e era parte do Reino de Deus. Lúcifer decidiu que queria tomar o controle do Reino de Deus. Você pode ler sobre a sua rebelião em Isaías 14.12-17 e em Ezequiel 28.12-19. Você estudará sobre isto com mais detalhe depois neste curso. Um grupo de anjos se uniu a Lúcifer (agora chamado de Satanás) em sua rebelião. Lúcifer e os anjos rebeldes foram expulsos do céu por Deus. Eles formaram seu próprio reino sobre a terra:

 

“Houve então uma guerra nos céus. Miguel e seus anjos lutaram contra o dragão, e o dragão e os seus anjos revidaram” (Apocalipse 12.7).

 

“O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançados à terra” (Apocalipse 12.9).

 

Lúcifer chegou a ser conhecido como Satanás e os anjos que o seguiram em sua rebelião como demônios. Os espíritos demoníacos podem entrar, atormentar, controlar e usar aos humanos que pertencem ao Reino de Satanás. Eles motivam atos malignos que são realizados por homens e mulheres. Satanás dirige aos seus demônios em suas atividades malignas. Ele combina estas forças poderosas com o mundo e a carne para batalhar contra todo o género humano.

 

RAZÕES POR TRÁS DO CONFLITO

 

O homem foi originalmente criado à imagem de Deus e para a glória de Deus             (Gênesis capítulo 2). A guerra invisível contra o homem começou com a primeira tentação no jardim do Edén (Gênesis capítulo 3). Satanás fez pecar a Adão e Eva. Isto resultou em que toda a raça humana herdaria a natureza pecaminosa e realizará atos individuais de pecado conforme a esta natureza:

 

“Portanto, da mesma forma como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte, assim também a morte veio a todos os homens, porque todos pecaram” (Romanos 5.12).

 

Também resultou na guerra invisível entre o homem e as forças do mal:

 

“Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar” (Gênesis 3:15).

 

A causa do pecado, o homem foi separado de Deus e condenado à morte. Porém Deus amou ao homem tanto que idealizou um plano especial para salvá-lo do pecado:

 

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele” (João 3.16-17).

 

Mediante a fé em Jesus, a confissão e o arrependimento do pecado, os homens e mulheres podem ser liberados do poder do inimigo. A morte e ressurreição de Jesus não somente resultou na salvação do pecado. Também derrotou ao inimigo, Satanás:

 

“Aquele que pratica o pecado é do Diabo, porque o Diabo vem pecando desde o princípio. Para isso o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo” (1 João 3.8).

 

Porém se Satanás está derrotado, porque então a guerra continua? Seguido a cada guerra ficam sempre resíduos de resistência inimiga, tropas rebeldes que não se rendirão até que a força os obrigue a fazê-lo. Mesmo que Jesus tenha derrotado a Satanás, estamos vivendo em território ainda ocupado pelas forças inimigas de resistência. Entender as estratégias de guerra espiritual nos dá a habilidade de tratar com estes poderes malignos.

 

Satanás está tratando de manter aos homens cativos no pecado. Mediante métodos enganosos está incitando aos homens e mulheres às luxúrias da vida pecaminosa. Ele aponta aos afetos da alma e do espírito os quais legitimamente pertencem a Deus:

 

“O ladrão vem apenas para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente” (João 10.10).

 

Satanás ainda quer ser o governante supremo. Está travando uma batalha intensa pelo coração, mente, alma e espírito do homem. Suas estratégias são dirigidas contra Deus, Seu plano e Seu povo.

 

O SIGNIFICADO DA GUERRA ESPIRITUAL

 

A guerra espiritual é a análise da participação ativa na guerra espiritual invisível. Incluem o estudo das forças opostas do bem e do mal, as estratégias de Satanás e as estratégias espirituais para vencer a Satanás. A guerra espiritual é mais que uma mera análise de princípios espirituais. Inclui a participação ativa na guerra mediante a aplicação destas estratégias na vida e o ministério.

 

Uma das mais efetivas estratégias de Satanás é manter aos crentes ignorantes de seus enganos. Paulo diz que é importante conhecer as estratégias de Satanás...

 

“... a fim de que Satanás não tivesse vantagem sobre nós; pois não ignoramos as suas intenções” (2 Coríntios 2:11).

 

Devemos aprender tudo o que podemos sobre as estratégias de ataque de Satanás. Devemos também entender as bases bíblicas da vitória sobre Satanás e as forças do mal. Estamos chamados a um combate inteligente. Básico ao entendimento da guerra espiritual é este princípio chave:

 

Você deve reconhecer que todas as batalhas da vida, sejam físicas, espirituais, emocionais, mentais, financeiras ou com personalidades humanas são somente manifestações exteriores de uma causa espiritual.

 

Ainda que no mundo natural os problemas possam parecer ocorrer através de circunstâncias da vida, a base destas batalhas naturais está no mundo espiritual. Leia a história de Jó (Jó capítulos 1-2) que confirma este princípio.

 

Temos tratado de corrigir os males deste mundo mediante a educação, legislação e um ambiente melhorado. Não tem funcionado porque os males visíveis deste mundo resultam de uma causa espiritual subjacente. Não podem ser corrigidos por meios naturais.

A QUUAL REINO VOCÊ PERTENCE?

 

No reino natural um rei é o soberano de um reino. Todo o território e o povo no reino pertencem a ele. Tem o poder da vida e a morte sobre seus súditos. O mesmo é certo no mundo espiritual. Você é parte ou do Reino de Deus ou do Reino de Satanás. Ou Deus ou Satanás tem o poder sobre sua vida.

 

Uma das parábolas de Jesus ilustra que todos os homens ou são parte do Reino de Satanás ou do Reino de Deus. Jesus comparou o mundo com um campo. A boa semente no campo eram os filhos do Reino de Deus. A má semente, que resultou do crescimento de joio, eram os filhos do maligno:

 

“O campo é o mundo, e a boa semente são os filhos do Reino. O joio são os filhos do Maligno” (Mateus 13.38).

 

A gente entra no Reino de Satanás mediante o nascimento natural. A Bíblia ensina que todos os homens são nascidos em pecado. Isto significa que eles têm uma natureza básica de pecado ou a “semente” do pecado dentro deles. Sua inclinação natural é fazer o mal:

 

“Sei que sou pecador desde que nasci, sim, desde que me concebeu minha mãe” (Salmo 51.5).

 

“Portanto, da mesma forma como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte, assim também a morte veio a todos os homens, porque todos pecaram” (Romanos 5.12).

 

“Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus” (Romanos 3.23).

 

Visto que todos nós nascemos com a natureza de pecado, todos em algum tempo temos sido parte do Reino de Satanás. Todos os que se mantêm pecadores continuam sendo parte do Reino de Satanás.

 

Toda a mensagem da Palavra escrita de Deus, a Santa Bíblia, é o apelo ao homem de transladar-se do Reino maligno de Satanás ao Reino de Deus. Os homens são nascidos dentro do Reino de Satanás mediante o nascimento natural. Devem ser renascidos dentro do Reino de Deus através do nascimento espiritual. A entrada no Reino de Deus é pela experiência do novo nascimento explicado em João capítulo 3.

 

Há somente duas divisões na guerra invisível. Jesus disse, “Aquele que não está comigo é contra mim, e aquele que comigo não ajunta, espalha” (Lucas 11.23). Você não pode ser neutro nesta guerra. Você está de um lado ou outro nesta guerra espiritual. Inclusive alguns crentes devido a seu temor à confrontação com o inimigo, tratam de ignorar a guerra e tratam de fazer uma trégua com o inimigo. Pensam que se ignoram a Satanás, ele não os molestará. Esta é uma das principais estratégias do inimigo. Ele trata de deixar imóveis aos membros do exército de Deus mediante suas táticas de terror.

 

Porém, não há neutralidade nesta guerra. Você ou é uma vítima ou é um vencedor. O “chamado espiritual às armas” está acontecendo... Você está no lado do bem o do mal? Você é parte do Reino de Satanás ou do Reino de Deus? A qual reino você pertence?  Você é vítima ou vencedor na guerra invisível?

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a promessa de cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Quais duas divisões se fazem em 1 Coríntios 15.44-49?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

3. Quiais são os dois reinos invisíveis no mundo hoje?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

4. Liste as forças espirituais do mal.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

5. Liste as forças espirituais do bem.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

6. Defina a palavra “rei”. 

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

7. Defina a palavra “reino”.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

8. O que significa o termo “guerra espiritual”?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

9. Qual é a razão por trás deste grande conflito espiritual?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

10. Qual é o princípio básico para comprender a guerra espiritual?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo neste manual).

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. A Bíblia diz para “ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor” (Filipenses 2.12).

 

Cura é parte da salvação proporcionada através da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Você pode preguntar, “Se ela é proporciona através da expeciação, então como também se diz para “colocar em ação”?”

 

Fé e obras vão de mãos dadas. A fé sem as obras está morta, assim como as obras sem a fé é inútil (Tiago 2.17-26). Você deve ser um praticante da Palavra e não só um ouvinte.

A promessa de cura para esta lição revela que você deve trabalhar em cooperação com Deus na área de saúde física:

 

“Se vocês derem atenção ao SENHOR, o seu Deus, e fizerem o que ele aprova, se derem ouvidos aos seus mandamentos e obedecerem a todos os seus decretos, não trarei sobre vocês nenhuma das doenças que eu trouxe sobre os egípcios, pois eu sou o SENHOR que os cura” (Êxodo 15.26).

 

Em cada lição neste manual, a seção “Colocando em Ação” toma os conceitos ensinados e provê a oportunidade de exercer sua fé pela aplicação pessoal. Ela ajuda-lhe a tornar-se um praticante da Palavra, não só um ouvinte.

 

Esta seção é uma parte importante da lição. Se você está enfermo, é designado para levá-lo passo a passo para receber sua cura. Se você está ministrando a alguém que está enfermo, primeiro compartilhe o conteúdo da lição com eles e então completem esta seção juntamente para levá-los a receber a cura.

 

2. Leia a história de Jesus e a mulher sirofenícia em Marcos 7.24-30. Este relato revela que a cura é o “pão dos filhos”. Isto significa que a cura pertence àqueles que são filhos do Reino de Deus. Deus cura os incrédulos em misericórdia para atraí-los à salvação, porém curar realmente é para os filhos de Deus.

 

Se você necessita de cura, o primeiro passo é tornar-se um filho de Deus. Você deve arrepender-se de seus pecados e deve aceitar a Jesus Cristo como seu Salvador pessoal e curador. Se você ainda não tem feito isto, faça esta oração:

 

Amado Senhor, eu sei que eu sou um pecador e eu o reconheço e me arrependo de meus pecados. Eu creio que Jesus Cristo é o Filho do verdadeiro e vivo Deus e que Ele é o caminho, a verdade, e a vida. Eu aceito o sacrifício de Jesus Cristo e creio que Ele morreu por mim na cruz. Perdoe-me e limpe de todos os meus pecados. No o nome de Jesus, Amém.

 

3. Um bom fundamento espiritual é necessário para empreender a guerra espiritual vitoriosa. Se você é um novo crente, obtenha o curso do Instituto Internacional Tempo de Colheita intitulado “Fundamentos da Fé”. 

 

4. Você sente que você tem sido uma vítima da guerra invisível? Em quais áreas de sua vida ou ministério você sente que está perdendo a batalha? Você tem perdido a batalha em a...

 

___ Esfera espiritual?

___ Esfera emocional?

___ Esfera física?

___ Esfera mental?

 

Enquanto você estuda este manual, você aprenderá as estratégias para ajudá-lo nestas áreas.

 


5. Reveja a história em 2 Reis 6 que se discutiram nesta lição. Você conhece pessoas como Geazi ou aqueles na cidade de Dota que estão desprevenidos ou temerosos dos ataques de Satanás em seus corpos físicos? Como você poderia ajudá-los?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

6. Desde que a guerra espiritual tem muitas dimensões, você deve guerrear pessoalmente contra o pecado, socialmente contra o mal no mundo, e sobrenaturalmente através do ministério de cura e libertação. Comece a orar sobre sua parte nesta batalha espiritual. Se você não está familiarizado com a guerra espiritual, estude mais sobre ela no curso do Instituto Internacional Tempo de Colheita intitulado “Estratégias Espirituais: Um Manual de Guerra Espiritual”.

 

7. Estude a Bíblia inteira como um manual de guerra espiritual. Ela é o registro histórico da guerra espiritual, relembrando as vitórias e derrotas das batalhas do passado. Também é profética, revelando a guerra futura até o tempo do conflito final.


Capítulo Dois

 

UM CHAMADO ÀS ARMAS

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a promessa de cura de memória.

n  Identificar vários termos usados para cura.

n  Definir cura divina.

n  Distingüir entre cura e libertação.

n  Explicar como cura e libertação se relaciona à comissão para alcançar o mundo com o Evangelho.

 

PROMESSA DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Prestem culto ao SENHOR, o Deus de vocês, e ele os abençoará, dando-lhes alimento e água. Tirarei a doença do meio de vocês” (Êxodo 23.25).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Nos tempos do Antigo Testamento uma trombeta era usada para convocar o povo de Deus para batalhar. Hoje um chamado espiritual está soando por todas as nações do mundo. É um chamado à guerra invisível. É o chamado às armas. Esta lição emite um chamado para você mover-se de uma vida de derrota e escravidão a uma vida de vitória e liberdade em Jesus Cristo.

 

DEFINIÇÃO DE TERMOS

 

Há muitos termos diferentes usados para a palavra cura:

 

Cura Psíquica: Isto termo descreve a mente sobre a matéria, a bruxaria, Xamanismo, e as curas ocultistas.

 

Cura Sobrenatural: Há fontes de curas sobrenaturais além de Deus, por isto nós não usaremos este termo em nosso estudo. Satanás pode realizar obras sobrenaturais (Êxodo 7:8-13).

 

Cura Médica: Este tipo de cura é ajudado por doutores, enfermeiras, hospitais, e os remédios. Como nós aprenderemos depois, a cura médica legítima não está em conflito com a Palavra de Deus, mas é uma extensão de Sua bondade.

 

Cura Natural: A cura que ocorre através dos processos naturais do corpo realmente é Deus em ação. Os processos do corpo natural revelam Sua natureza e Seu grande artesanato no corpo humano. A cura natural também inclui o uso de métodos naturais como dieta apropriada, vitaminas, repouso, etc.

 

(Nota: as curas médicas e naturais são em certo sentido divinas, porque na realidade é Deus quem causa a cura).

 

Cura pela fé: Este termo é usado freqüentemente para significar cura por Deus. Nós não o usaremos, sem dúvida, porque tende a enfocar a atenção na fé de quem ministra ou do destinatário da ministração.

 

Cura Divina: A Palavra “divina” enfoca a atenção em Deus, não na resposta de fé pelo homem. Também a distingue das práticas das curas sobrenatural e psíquica.

 

“Divina” significa que pertence ao único verdadeiro Deus e Sua natureza, como revelado em Sua Palavra, a Bíblia.

 

“Cura” significa curar ou fazer inteiro. A cura pode incluir o alívio das condições espirituais, físicas, emocionais, mentais, ou demoníacas. Cura não é imunidade à enfermidade.

 

Nossos corpos estão em “processo de decadência” e abertos aos ataques Satânicos contanto que nós estejamos neste mundo. A cura divina é quando o verdadeiro Deus revela Sua natureza, cumpre Suas promessas, e atua em Sua provisão da expiação de Cristo curando a uma pessoa e tornando-a sã em corpo, alma (mente, vontade e emoções) e espírito.

 

A cura divina pode ser instantânea (milagrosa) ou gradual (um processo). Ainda que a cura milagrosa, instantânea demonstre a presença divina e o poder de Deus mais plenamente, a cura divina que ocorre como um processo não é menos cura que aquelas que são instantâneas. (Veja Marcos 8.22-25.)

 

CURA E LIBERTAÇÃO

 

Nós usaremos os termos “cura” e “libertação” intercambiavelmente neste curso. Cura ministra ao físico, emocional e mentalmente enfermo, enquanto a libertação trata das condições físicas e mentais causadas por demônios.

 

Como você aprenderá depois neste curso, porque o homem é corpo, alma e espírito, a condição mental causada por demônios pode produzir uma enfermidade física. Uma enfermidade física pode levar à opressão mental demoníaca. Assim, ainda que a cura e a libertação sejam diferentes, elas também estão relacionadas devido à natureza trina do homem.

 

O CHAMADO ÀS ARMAS

 

A Igreja Primitiva viu sua experiência espiritual pelo que se refere à guerra. A terminologia militar se usa por todo o Novo Testamento. Proteção está na armadura de Deus. A Palavra de Deus se compara a uma espada. Os ataques de Satanás são chamados de setas inflamadas. A fé é o bom combate e aos crentes é dito que lutem o bom combate.

 

A vida cristã ainda é uma guerra. Satanás continua batalhando pela alma e espírito do homem. Ele ainda ataca o corpo físico com enfermidade, doenças, e escravidão. Deus está chamando Seu povo ao combate inteligente. O chamado está saindo para os crentes se armarem com a Palavra de Deus e levar cura e libertação a esta geração.

 

Nos Evangelhos, Jesus nunca comisisonou ninguém para pregar o evangelho sem também ordenarle a ministrar cura e libertação. Ele disse que “E quando vayáis, predicad diciendo: 'O reino de os cielos se tem acercado.' Sanad enfermos, resucitad muertos, limpiad leprosos, echad fuera demônios. De gracia habéis recibido; dad de gracia” (Mateus 10.1, 7-8).

 

O SIGNIFICADO DA GUERRA ESPIRITUAL

 

A guerra espiritual é a análise da participação ativa na guerra espiritual invisível. Incluem o estudo das forças opostas do bem e do mal, as estratégias de Satanás e as estratégias espirituais para vencer a Satanás. A guerra espiritual é mais que uma mera análise de princípios espirituais. Inclui a participação ativa na guerra mediante a aplicação destas estratégias na vida e o ministério.

 

Uma das mais efetivas estratégias de Satanás é manter aos crentes ignorantes de seus enganos. Paulo diz que é importante conhecer as estratégias de Satanás...

 

“... a fim de que Satanás não tivesse vantagem sobre nós; pois não ignoramos as suas intenções” (2 Coríntios 2:11).

 

Devemos aprender tudo o que podemos sobre as estratégias de ataque de Satanás. Devemos também entender as bases bíblicas da vitória sobre Satanás e as forças do mal. Estamos chamados a um combate inteligente. Básico ao entendimento da guerra espiritual é este princípio chave:

 

Você deve reconhecer que todas as batalhas da vida, sejam físicas, espirituais, emocionais, mentais, financeiras ou com personalidades humanas são somente manifestações exteriores de uma causa espiritual.

 

Ainda que no mundo natural os problemas possam parecer ocorrer através de circunstâncias da vida, a base destas batalhas naturais está no mundo espiritual. Leia a história de Jó (Jó capítulos 1-2) que confirma este princípio.

 

Temos tratado de corrigir os males deste mundo mediante a educação, legislação e um ambiente melhorado. Não tem funcionado porque os males visíveis deste mundo resultam de uma causa espiritual subjacente. Não podem ser corrigidos por meios naturais.

A QUUAL REINO VOCÊ PERTENCE?

 

No reino natural um rei é o soberano de um reino. Todo o território e o povo no reino pertencem a ele. Tem o poder da vida e a morte sobre seus súditos. O mesmo é certo no mundo espiritual. Você é parte ou do Reino de Deus ou do Reino de Satanás. Ou Deus ou Satanás tem o poder sobre sua vida.

 

Uma das parábolas de Jesus ilustra que todos os homens ou são parte do Reino de Satanás ou do Reino de Deus. Jesus comparou o mundo com um campo. A boa semente no campo eram os filhos do Reino de Deus. A má semente, que resultou do crescimento de joio, eram os filhos do maligno:

 

“O campo é o mundo, e a boa semente são os filhos do Reino. O joio são os filhos do Maligno” (Mateus 13.38).

 

A gente entra no Reino de Satanás mediante o nascimento natural. A Bíblia ensina que todos os homens são nascidos em pecado. Isto significa que eles têm uma natureza básica de pecado ou a “semente” do pecado dentro deles. Sua inclinação natural é fazer o mal:

 

O SIGNIFICADO DA GUERRA ESPIRITUAL

 

A guerra espiritual é a análise da participação ativa na guerra espiritual invisível. Incluem o estudo das forças opostas do bem e do mal, as estratégias de Satanás e as estratégias espirituais para vencer a Satanás. A guerra espiritual é mais que uma mera análise de princípios espirituais. Inclui a participação ativa na guerra mediante a aplicação destas estratégias na vida e o ministério.

 

Uma das mais efetivas estratégias de Satanás é manter aos crentes ignorantes de seus enganos. Paulo diz que é importante conhecer as estratégias de Satanás...

 

“... a fim de que Satanás não tivesse vantagem sobre nós; pois não ignoramos as suas intenções” (2 Coríntios 2:11).

 

Devemos aprender tudo o que podemos sobre as estratégias de ataque de Satanás. Devemos também entender as bases bíblicas da vitória sobre Satanás e as forças do mal. Estamos chamados a um combate inteligente. Básico ao entendimento da guerra espiritual é este princípio chave:

 

Você deve reconhecer que todas as batalhas da vida, sejam físicas, espirituais, emocionais, mentais, financeiras ou com personalidades humanas são somente manifestações exteriores de uma causa espiritual.

 

Ainda que no mundo natural os problemas possam parecer ocorrer através de circunstâncias da vida, a base destas batalhas naturais está no mundo espiritual. Leia a história de Jó (Jó capítulos 1-2) que confirma este princípio.

 

Temos tratado de corrigir os males deste mundo mediante a educação, legislação e um ambiente melhorado. Não tem funcionado porque os males visíveis deste mundo resultam de uma causa espiritual subjacente. Não podem ser corrigidos por meios naturais.

A QUAL REINO VOCÊ PERTENCE?

 

No reino natural um rei é o soberano de um reino. Todo o território e o povo no reino pertencem a ele. Tem o poder da vida e a morte sobre seus súditos. O mesmo é certo no mundo espiritual. Você é parte ou do Reino de Deus ou do Reino de Satanás. Ou Deus ou Satanás tem o poder sobre sua vida.

 

Uma das parábolas de Jesus ilustra que todos os homens ou são parte do Reino de Satanás ou do Reino de Deus. Jesus comparou o mundo com um campo. A boa semente no campo eram os filhos do Reino de Deus. A má semente, que resultou do crescimento de joio, eram os filhos do maligno:

 

“O campo é o mundo, e a boa semente são os filhos do Reino. O joio são os filhos do Maligno” (Mateus 13.38).

 

A gente entra no Reino de Satanás mediante o nascimento natural. A Bíblia ensina que todos os homens são nascidos em pecado. Isto significa que eles têm uma natureza básica de pecado ou a “semente” do pecado dentro deles. Sua inclinação natural é fazer o mal.

 

No reino natural um rei é o soberano de um reino. Todo o território e o povo no reino pertencem a ele. Tem o poder da vida e a morte sobre seus súditos. O mesmo é certo no mundo espiritual. Você é parte ou do Reino de Deus ou do Reino de Satanás. Ou Deus ou Satanás tem o poder sobre sua vida.

 

No reino natural um rei é o soberano de um reino. Todo o território e o povo no reino pertencem a ele. Tem o poder da vida e a morte sobre seus súditos. O mesmo é certo no mundo espiritual. Você é parte ou do Reino de Deus ou do Reino de Satanás. Ou Deus ou Satanás tem o poder sobre sua vida.

 

No reino natural um rei é o soberano de um reino. Todo o território e o povo no reino pertencem a ele. Tem o poder da vida e a morte sobre seus súditos. O mesmo é certo no mundo espiritual. Você é parte ou do Reino de Deus ou do Reino de Satanás. Ou Deus ou Satanás tem o poder sobre sua vida.

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Defina os siguientes termos usados para cura:

 

Cura psíquica:

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Cura sobrenatural:

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Cura médica:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Cura natural:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Cura por a fé:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Defina a cura divina.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4. Qué diferencia há entre cura e libertação?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

5. Como cura e libertação se relacionam a a comissão para alcançar o mundo com o Evangelho?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. “Estas señales seguirán a os que creen: Em mi nombre echarán fuera demônios, hablarán nuevas lenguas, tomarán serpientes em as mãos, e si llegan a beber cosa venenosa, no les dañará. Sobre os enfermos pondrán sus mãos, e sanarán” (Marcos 16:17-18).

 

Você é um crente?

_____________________________________________________________________

 

Em esse caso, estão as señales siguiendo você? Está o enfermo sanándose e aqueles afectados por demônios sendo liberados?

_____________________________________________________________________

 

Si no, ore para que enquanto você estuda este manual Deus lhe abra su coração para receber este ministério de cura e libertação que é legítimamente suyo.

 

2. Si você é pastor, evangelista, o maestro, considere estas palabras de Paulo:

 

“Ni mi mensagem ni mi predicacião foram com palabras persuasivas de sabiduría, sino com demostracião do Espírito e de poder, para que vuestra fé no esté fundada em a sabiduría de os homens, sino em o poder de Deus” (1 Coríntios 2:4-5).

 

Predicacião e ensino sem poder resultan em hablar com “a sabiduría de os homens” e encorajar a fé em o homem em lugar de Deus. Você pode imaginar a Paulo pesquisando em os pergaminos ilustraciones cómicas para sus mensajes? Você pode imaginarlo gastando o tempo de ministério narrando historias cómicas de o que pasó em Atenas o Corinto? Você pode visualizarlo planeando um programa dramático? Paulo sabía que no eram palabras persuasivas, sabiduría de os homens, o entretenimiento que atraen os homens a Deus. É a demostracião do Espírito e poder. Como su ministério é medido?

 


3. Você necessita de cura o libertação? Estude a definição de cura de novo:

 

“Cura divina é quando o verdadeiro Deus revela Su natureza, cumpre Sus promessas, e atua em Su provisão de a expeciação de Cristo curando a uma pessoa e fazendo-a cura em corpo, alma (mente, vontade e emoções), e espírito”.

 

Nossa oração para você é que antes de que você concluya este curso, Deus haverá revelado Su natureza, cumplido Sus promessas, e a través de a provisão de a expeciação de Cristo você estará são em o corpo, alma, e espírito.

 


Capítulo Três

 

ANTES DA BATALHA

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a promessa de Cura de memória.

n  Listar quatro respostas comuns a a cura e libertação.

n  Resumir as advertencias dadas a os líderes que no ministran a cura.

n  Explicar a necesidad para a ensino apropiada com respecto a a cura e libertação.

 

PROMESSA DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Meu filho, escute o que lhe digo; preste atenção às minhas palavras. Nunca as perca de vista; guarde-as no fundo do coração, pois são vida para quem as encontra e saúde para todo o seu ser. Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida” (Proverbios 4.20-23).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Antes que você comece su estudo de a cura e libertação é útil entender algunas de as actitudes actuales que você enfrentará enquanto você começa a ministrar em esta área. Com respecto a cura e libertação, muitos crentes têm...

 

IGNORADO:

 

Um teólogo repasó unas 87,125 páginas de os escritos teológicos em as bibliotecas de seminarios evangélicos. De estas páginas totales, había só 71 páginas consagradas a cura; 131 páginas a os milagros; e 85 páginas a as señales e maravillas. Quando comparamos o número elevado de versículos consagrados a estes asuntos em o Novo Testamento com o número sob de as páginas escritas sobre os mismos temas em a teología moderna, nós vemos uma tendencia para ignorar o assunto em muitos círculos evangélicos modernos.

 

Alguns ignoram devido a as advertencias bíblicas contra os milagros falsos (Marcos 13:22-23). Eles consideran isto como uma advertencia sobre todos os milagros. Alguns creen em cura em a teoría, porém a ignora em a práctica. Outros a ignoram porque eles no podem contestar todas as perguntas asociadas com a enfermidade e o sufrimiento. Alguns ignoram a cura devido ao miedo de fracaso. Nós  parecemos tener um doble patrão. Nós oramos confiadamente por as finanzas, sabiduría, etc., porém nós somos temerosos para orar por cura. Outros no comprenden como o racionalismo e o materialismo os tem afectado. Muitos devem “ver para cree” e são consumidos com o mundo natural, materialista em lugar do sobrenatural.

NEGADO:

 

Algunas pessoas niegan que a cura e libertação sejam para hoje porque elas no têm ninguna teología, modelo, práctica, o experiência com ela. Os Evangelios contienen 26 relatos de cura física.

 

O libro de Hechos contém cinco. A cura física se menciona em 1 Coríntios 12:8-11 e 28-30.

 

Tiago 5:13-16 da instrucciones específicas sobre como orar por o enfermo.

 

No há nada em as Epístolas que modifican o que o Evangelho ensina sobre cura. Orar por o enfermo se tomó por certo em o momento em que as Epístolas fueran escritas, e no há ningún indicio que a cura divina era polémica em a igreja primitiva.

 

COMPLICADO:

 

Muitas pessoas complican a cura e libertação com as tradições de os homens contrarias a a Palavra de Deus. Você aprenderá sobre algunas de estas tradições em a próxima lição.

 

Outros o complican com a experiência porque em o pasado eles oraron por cura e no a recibieron. Porém nós devemos basar nossas creencias em a Palavra de Deus, no em a experiência (excepto onde a experiência apoya a Palavra). Modelos  equivocados de cura complican este problema para algunas pessoas pues elas tem observado cultos de personalidad, pessoas que sanan por dinero, decepcião, e enfoque indebido em a cura física em lugar de a totalidad.

 

Cura e libertação também são complicadas por o desequilibrio. Cualquier verdade, no importa cuán válido, é enfatizada a a exclusião de otras verdades é um error práctico.

 

RETARDADO:

 

Algunas pessoas retardan em ministrar cura e libertação porque elas no têm as respostas a todo. Elas no entienden por qué alguns se sanan e outros no. (Você estudará mais sobre isto em a próxima lição.)

 

No é necessário entender todo sobre cura para ministrar o recibirla já que você no entendía sobre a salvação quando você foi salvo e começou a dar testimonio de a outros.

 

Algunas respostas vendrán enquanto você ministra e experimenta o poder curador de Deus. Otras perguntas nunca se contestarán. Si você conociera então todos os “por qué” e “como” sobre todo, você no necesitaría de Deus. A Bíblia diz, “nós conocemos em parte”. A cura diz respecto a enfermidades e sufrimiento e haverá sempre misterios porque o misterio de iniquidad está em funcionamiento (2 Tesalonicenses 2:7).

 

A NECESSIDADE PARA A ENSINO APROPIADA

 

Uma revisão das atitudes atuais para a cura e libertação ilustra por qué nós necesitamos do ensino apropiada em este assunto. Muitos estão destruyéndose físicamente e espiritualmente porque eles no têm conhecimento de o

que a Palavra de Deus ensina com respecto a a cura:

 

“Mi povo é destruído porque carece de conhecimento...” (Oseas 4:6).

 

Cura (totalidad) é parte do Evangelho do Reino que nós somos comisionados a extender (Lucas 16:15-18). Jesus nos llamó a pregar, enseñar, curar, e libertar.

 

Cura e libertação no devem omitirse, porém no se deve darlos énfasis a a exclusião de os outros dos.

 

A Bíblia revela que nossas igrejas devem ser centros de cura (Lucas 14:16-24). Nós devemos ver as pessoas sanadas em lugar de rechazadas:

 

“E enderezad para vuestros pies os caminos torcidos, para que o cojo no seja desviado, sino mais bem curado” (Hebreos 12:13).

 

Como crentes, é pecado si nós no compartimos as noticias buenas de cura e libertação com um mundo perdido e agonizante. A Bíblia diz:

 

“Por tanto, ao que sabe fazer o bueno e no o hace, isso lhe é pecado” (Tiago 4:17).

 

Deus da algunas advertencias duras a os líderes que ignoram a cura:

 

“No fortalecéis a as ovejas debéis ni curáis a as enfermas. No habéis vendado a a perniquebrada, ni habéis feito volver a a descarriada, ni habéis buscado a a perdida. Mais bem, as habéis dominado com dureza e com violencia. Buscaré a a perdida e haré volver a a descarriada. A a perniquebrada vendaré, e fortaleceré a a enferma. E a a engordada e a a fuerte guardaré. As apacentaré com justicia” (Ezequiel 34:4,16).

 

EMPEZANDO COM A ACTITUD APROPIADA

 

Enquanto você acercase ao assunto de cura e libertação, você necessita fazer isto com uma actitud apropiada.

 

Você deve dejar de lado as experiencias pasadas e as tradições em as quais você tem sido enseñado. Você deve ser enseñable.

 

Uma de as marcas de a sabiduría de o alto é que está abierta a a razão (Tiago 3:17 – “complaciente”). Você está espiritualmente em peligro quando você deja de ser enseñable.

 

Recuerde que o pecado de presuncião é poner a Deus em su molde pequeno. Os amigos de Jó pecaron vanidosamente de esta maneira. A aplicação universal de a experiência individual é errada. Comece este estudo como si você nunca haja oído as enseñanzas tradicionales de os homens sobre ele. Acepte o que a Palavra de Deus diz: Si diz que você se cura, créalo. Si diz para poner as mãos sobre o enfermo, hágalo. Qué diz Deus que hará, espere que Ele o faça.

 

No busque fórmulas e métodos para receber o ministrar a cura. A Bíblia no da ninguna fórmula específica, ainda que se revelan vários princípios e nós trataremos de estes. Em lugar de buscar fórmulas, comprenda que o Curador está dentro de você. Busque aumentar su conhecimento de Ele e su relacião íntima com o Curador.

 

Jesus e o Espírito Santo habitan dentro de você. Curar no é algo que você busca do exterior, porém algo que você aprende a soltarlo do interior. Você só está buscando entender os princípios que liberan o poder dentro de você.

 

O MINISTÉRIO DE CURA

 

Antes de você empezar o ministério de cura e libertação, você deve saber que si você está verdaderamente siguiendo o exemplo do ministério curador de Jesus:

 

n  Você será um servo em lugar de um “señor”: Marcos 10:44.

n  Você quedará cansado, no rico: Marcos 6:31; João 4:6; Hechos 3:6.

n  Você encontrará incredulidad em outros: Marcos 13:58.

n  Você experimentará persecucião de os líderes religiosos: (Alguns de eles são como os Fariseos... mais preocupados com a ley e tradicião que com a vida): Lucas 6:6-9.

n  Você experimentará a persecucião de os mais íntimos a você: Marcos 6:4 e  Mateus 13:58.

n  Você evitará a publicidad em lugar de buscarla: Marcos 8:26; 17:36; Mateus 8:4.

n  Você rechazará o lucro pessoal o beneficios materiales do poder de Deus: Hechos 8:18-

n  Você rechazará a glória pessoal: Hechos 14:8-18.

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. Liste quatro respostas comuns para cura e libertação.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Resuma as advertencias dadas a os líderes que no ministran a cura.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

4. Por qué a ensino apropiada com respecto a a cura e libertação é necessária?

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Examine su própria actitud com respecto a a cura. Marque aqueles que se aplican. Você tem:

 

___ Ignorado?

___ Negado?

___ Complicado com as tradições, experiencias, modelos malos, e desequilibrio?

___ Retardado?

 

2. Escreva um plano para corrigir su actitud:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Si você é um líder espiritual, você tem estado predicando, enseñando, e ministrando a cura consistentemente? ________ Si no, escreva su plano para corrigir isto:

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4. Si você já está ministrando a cura, como su ministério se compara ao de Jesus em termos de:

 

n  Ser um servo em lugar de um “señor”: Marcos 10:44.

n  Quedarse cansado, no rico: Marcos 6:31; João 4:6; Hechos 3:6.

n  Encontrar incredulidad em outros: Marcos 13:58.

n  Experimentar persecucião de os líderes religiosos: (Alguns de eles são como os Fariseos... mais preocupados com a ley e tradicião que com a vida): Lucas 6:6-9.

n  Experimentar a persecucião de os mais íntimos a você: Marcos 6:4 e  Mateus 13:58.

n  Evitar a publicidad em lugar de buscarla: Marcos 8:26; 17:36; Mateus 8:4.

n  Rechazar o lucro pessoal o beneficios materiales do poder de Deus: Hechos 8:18-

n  Rechazar a glória pessoal: Hechos 14:8-18.

 

5. Estude a promessa de cura para esta lição:

 

“Filho mío, pon atencião a mis palabras; inclina tu oído a mis dichos. No se aparten de tus olhos; guárdalos em meio de tu coração. Porque eles são vida a os que os hallan, e medicina para todo su corpo. Sobre toda cosa guardada, guarda tu coração; porque de ele emana a vida” (Proverbios 4:20-23).

 

Note o que você deve:

 

n  Poner atencião a a Palavra de Deus.

n  Inclinar su oído a a Palavra de Deus.

n  No apartar Su Palavra antes de sus olhos.

n  Guardarla em su coração.

n  Guardar su coração com diligencia.

 

A Palavra de Deus se relaciona a a saúde. Sus mandamientos são:

 

n  Vida a aqueles que os encontram.

n  Saúde a su carne.

 

Também note em versículo 23 a relacião de a condição de su coração com os problemas de a vida (a vida procede de su corpo físico).

 

6. Reconhecer a Jesus Cristo como a fonte de a verdadeira cura divina é vital delante do levantamiento de movimiento que se llama Nueva Era. Este movimiento usa técnicas humanísticas e busca a ayuda de os poderes espirituais impíos. A Nueva Era usa espíritos guías, cristales, hierbas, e outros rituales no-bíblicos para efectuar a cura física. Tales métodos devem ser rechazados pues eles violan a Palavra de Deus.

 


PARTE DOIS

 

O ATAQUE

 

Um ataque é um asalto poderoso e violento. O pecado é o ataque de Satanás em o alma e espírito do homem.

 

A enfermidade é su ataque ao corpo físico.

 

Para lutar eficazmente contra os ataques de Satanás em su corpo físico, você deve primeiro entender a enfermidade. Em esta seção você aprenderá sobre:

 

n  A FONTE DE A ENFERMIDADE.

n  AS RAZÕES PARA A ENFERMIDADE.

n  OS TIPOS DE ENFERMIDADE.

n  O RESULTADO FINAL DE A ENFERMIDADE.

 


Capítulo Quatro

 

A FONTE DE ENFERMIDADE

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Describir como a enfermidade e a morte entraron em o mundo.

n  Identificar a fonte de a enfermidade.

n  Identificar os elementos destructivos de a enfermidade.

n  Explicar como Deus ve a enfermidade.

n  Explicar como você pode librarse de a maldicião de a enfermidade e de a morte.

 

PROMESSA DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Cristo nos redimió de a maldicião de a ley ao hacerse maldicião por nós (porque está escrito: Maldito todo o que é colgado em um madero)” (Gálatas 3:13).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Há uma fonte de enfermidade, ainda que há razões variadas por qué uma pessoa se enferma.

 

Paulo verificó isto quando ele disse, “Por isso há entre vosotros muitos enfermos e debilitados, e muitos duermen” (1 Coríntios 11:30). Este capítulo trata com a fonte de enfermidade e o Capítulo Cinco examina as razões para a enfermidade.

 

COMO A ENFERMIDADE E A MORTE ENTRARON EM O MUNDO

 

Os capítulos de Gênesis 1 e 2 em a Bíblia registran a história de a creacião do homem. Deus creó ao homem em Su própria imagem, sopló em ele o soplo de vida, e o homem se tornó uma alma viviente.

 

O homem foi criado com uma natureza triuna de corpo, alma, e espírito. O corpo é a parte física do homem. O alma e espírito são as partes espirituais que lhe permiten actuar, pensar, sentir, reaccionar emocionalmente, e espiritualmente responder a Deus. Originalmente, cada parte de esta natureza triuna estava em armonía com os outros dos, e a natureza triuna inteira do homem estava em armonía com Deus.

 

O homem era puro e saludable em o corpo, alma, e espírito.

 

O capítulo Gênesis 3 registra como o primer homem e mulher, Adán e
Eva, pecaron contra Deus desobedeciendo a Su Palavra. Su pecado trajo a maldicião do pecado e de a morte sobre todos os homens:

 

“Por esta razão, assim como o pecado entró em o mundo por meio de um solo homem e a morte por meio do pecado, assim também a morte pasó a todos os homens, por quanto todos pecaron” (Romanos 5:12).

 

Esta maldicião de a morte foi uma separacião espiritual entre o homem e Deus assim como a morte física que acabaría com a vida de um homem. Nós podemos ver os efectos de a maldicião inmediatamente em o registro de Gênesis. Adán e Eva se escondieron de Deus devido a a enfermidade espiritual do pecado. Adán culpó Eva, o que foi é inicio de a enfermidade emocional que é o resultado de desintegrar as relaciones.

 

Caín mató Abel que é um exemplo de a enfermidade social. A enfermidade física entra em o registro a través de a esterilidad de Sara e a plaga em Abimelec.

 

SATANÁS: A FONTE

 

Quando a maldicião de a morte vino sobre o homem, Satanás entró em o sistema genético do corpo para empezar su misião destructiva. A Bíblia confirma que Satanás é a fonte do mal em o mundo. Jesus disse que ele é um ladrão e...

 

“O ladrão no viene sino para robar, matar e destruir.” (João 10:10).

 

A enfermidade destruye o corpo como o pecado destruye o espírito. A enfermidade roba a saúde, felicidad, dinero, tempo, esfuerzo, pensamiento, e força. Mata e destruye. Inclusive os “accidentes” que dañan o corpo são agentes destruidores de Satanás.

 

Porque a fonte de enfermidade é Satanás, você deve resistirlo assim como você hace  com a tentação e o pecado.

 

Quando você resiste a a tentação e ao pecado você está fazendo a guerra espiritual contra os ataques de Satanás em su alma e espírito. Quando você resiste a a enfermidade você está emprendiendo a guerra espiritual contra sus ataques em su corpo físico.

 

OS ELEMENTOS DESTRUCTIVOS DE A ENFERMIDADE

 

Cada enfermidade viene de um germen de vida. Assim como su espírito da a vida ao corpo, Satanás proporciona os elementos destructivos de a enfermidade. Em o mundo natural, Deus toma uma célula viviente e a multiplica para traer mais vida e um novo niño nace. Satanás falsifica este processo positivo com um ciclo negativo de sí próprio. Ele toma uma célula viviente (o virus, o cáncer, etc.) e o multiplica para traer a morte. Este é o “espírito de enfermidade” que trabaja em su corpo quando você está enfermo. Quando o espírito de enfermidade é expulso, a enfermidade em su corpo muere. Com tal de que esse germen exista em o corpo, a enfermidade vive e continua su trabajo destructivo.

 

Ainda que cada enfermidade no é um ataque directo de espíritos demoníacos, os elementos de a enfermidade existem em o mundo devido a Satanás. Por exemplo, você podría pegar um resfriado porque você caminó descalzo em tempo helado. Este no é um ataque directo de espíritos demoníacos, porém os elementos de a enfermidade que resultaron em su resfriado existe em o mundo devido a Satanás. ¡(Você também deve usar melhor o sentido común! Mais sobre isso em Capítulo Vinte.)

 

COMO DEUS MIRA A ENFERMIDADE

 

Si você entiende como Deus mira a enfermidade você nunca dudará de novo de su fonte. Deus llama a cautividad de enfermidade:

 

“Jehová restauró a Jó de a cautividad, quando ele oraba por sus amigos...” (Jó 42:10 – Traduccião do Original).

 

Jesus vino a pregar a libertação a os cativos:

 

“O Espírito do Señor está sobre mim, porque me tem ungido para anunciar buenas nuevas a os pobres; me tem enviado para proclamar libertad a os cativos e vista a os ciegos, para poner em libertad a os oprimidos” (Lucas 4.18).

 

Jesus llamó a escravidão de enfermidade:

 

“E a esta, sendo hija de Abraham, a quem Satanás tem tenido atada por dezoito años, no debía ser livrada de esta atadura em o día de sábado?” (Lucas 13:16).

 

Jesus vino a poner a as pessoas libres com a verdade:

 

“E conoceréis a verdade, e a verdade os hará libres” (João 8:32).

 

A verdade é que Jesus viu a enfermidade como opressão e curou aqueles que estaban oprimidos:

 

“Me refiero a Jesus de Nazaret, e a como Deus lhe ungió com o Espírito Santo e com poder. O anduvo fazendo o bem e sanando a todos os oprimidos por o diablo, porque Deus estava com ele” (Hechos 10:38).

 

A Bíblia identifica a morte como um inimigo:

 

“O último inimigo que será destruído é a morte” (1 Coríntios 15:26).

 

Se llama a enfermidade de algo que inflama:

 

“Porque mis espaldas estão inflamadas, e no há parte cura em mi corpo” (Salmos 38:7).

 

Também se ve como algo abominable:

 

“Algo abominable se tem derramado sobre ele. O que cayó em a cama no se volverá a levantar” (Salmos 41:8).

 

Há versículos em a Bíblia que indican que Deus envió uma plaga o enfermidade. Enquanto Deus no é o creador de tales males, Ele a veces os usa para alcançar Sus propósitos ejecutando o juicio sobre o inimigo.

 

A REDENCIÃO DE A MALDICIÃO

 

Você aprendió em esta lição que a enfermidade e morte são parte de a maldicião de pecado, porém Gálatas 3:13 declara, “Cristo nos tem redimido de a maldicião de a ley". Quando Jesus morreu em a cruz, Ele tomó a maldicião do pecado e de a morte sobre Ele e...

 

“Assim que, como a ofensa de um alcanzó a todos os homens para a condenacião, assim também a justicia realizada por um alcanzó a todos os homens para a justificacião de vida. Porque como por a desobediencia de um solo homem, muitos foram constituidos pecadores, assim também, por a obediência de um, muitos serão constituidos justos” (Romanos 5:18-19).

 

Salvação e cura são ambas beneficios de a expeciação hecha por Jesus em a cruz de Calvario. A través de Su morte e ressurreição, Jesus tomó a maldicião do pecado, de a enfermidade, e de a morte em su lugar. Porque Ele llevó a punicião por su pecado, você no necessita mais llevarla. Porque Ele llevó su enfermidade, você no necessita mais llevarla. ¡Porque Ele resurgió em a vida de ressurreição, você também resurgirá!

 

Satanás viene a matar, robar e destruir, porém Jesus disse...

 

“O ladrão no viene sino para robar, matar e destruir. Eu he vindo para que tengan vida, e para que a tengan em abundancia” (João 10:10).

 

Quando você recibe a Jesus como su Salvador, a maldicião do pecado está rota. Ainda que você vive em um corpo mortal que está sujeto a os ataques tanto do pecado quanto de a enfermidade, você já no é condenado por a maldicião. ¡Jesus o tem redimido de a maldicião de a ley!

 

Quando você cuestiona a fonte de a enfermidade (o algo mais) que entra em su vida, pregúntelo, “mata, roba o destruye?” Em esse caso, su fonte é Satanás. Me “permite que viva a vida mais abundantemente?” Em esse caso, su fonte é Deus. Também recuerde...

 

“Toda boa dádiva e todo don perfecto proviene de o alto e desciende do Pai de as luces, em quem no há cambio ni sombra de variacião” (Tiago 1:17).

 

Pregunte:  este sufrimiento é um don bueno e perfecto”? Si você no pode contestar honestamente “sí”, então você deve aceitar o que a Palavra diz... ¡A enfermidade no é de Deus!

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. Como a morte e a enfermidade entraron em o mundo?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Quién é a fonte de a enfermidade?

_____________________________________________________________________

 

4. Como Deus ve a enfermidade?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

5. Qué você aprendió em esta lição sobre os elementos destructivos de a enfermidade?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

6. Como você pode librarse de as maldiciones de a enfermidade e morte?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLANDO EM AÇÃO

 

1. Si você trae su opinião de a enfermidade em armonía com a opinião de Deus, como você verá a enfermidade?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. Deus no é a fonte do sufrimiento porém Ele pode usarlo para alcançar Sus propósitos. Estude exemplos siguientes que ilustran isto:

 

n  As plagas do Egipto: Êxodo 7-11

n  A lepra de Miriam: Números 12:10

n  A enfermidade do Rei Joram: 2 Crãoicas 21:18

n  A lepra de Giezi: 2 Reis 5:27

n  A morte do niño de David: 2 Samuel 12:18

n  A morte de os filhos de Elí: 1 Samuel 2:34

n  O sufrimiento de Jó: o libro de Jó

n  Os infortunios inmerecidos de José: Gênesis 45:5-7

n  A crucifixião de Jesus: Marcos 14:35-36 e Romanos 5:6-12

n  O encarcelamiento de Paulo: Filipenses 1:12,19

n  O espinho em a carne de Paulo: 2 Coríntios 12:7

 

3. Piense em um tempo quando você experimentó o sufrimiento. Como Deus o usó para Su glória?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4. Deus no é a fonte de su sufrimiento presente, porém como você piensa que Ele podría usarlo para Su glória? Ore sobre isto.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

5. Qué você aprendió em esta lição que você pode usar para animar a alguém que está sufriendo? Compártalo com ele antes de que você proceda a a próxima lição.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

6. Faça as perguntas siguientes com respecto a su enfermidade o de um a quem você está ministrando:

 

n  Mata, roba o destruye? Em esse caso, su fonte é Satanás. (João 10:10)

n  Lhe permite que viva a vida mais abundantemente? Em esse caso, su fonte é Jesus. (João 10:10)

n  É um don bueno e perfecto? Si no, no viene de Deus. (Tiago 1:17)

 

7. Você cree que você tem sido redimido de a maldicião de a morte e de a enfermidade? _______ Si no, Reveja este capítulo de novo.

 


Capítulo Cinco

 

AS RAZÕES PARA A ENFERMIDADE

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Identificar cinco razões para a enfermidade.

n  Explicar como a enfermidade é o resultado de uma violacião de leyes espirituais.

n  Explicar como a enfermidade é o resultado de a actividad Satánica.

n  Explicar como a enfermidade é o resultado de uma violacião de as leyes naturais de Deus.

n  Explicar o discernimento inadecuado do Corpo de Cristo resulta em enfermidade.

n  Discutir directiva bíblica para a destruccião de a carne com vistas a salvar o espírito.

 

PROMESSA DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Antes que fuera humillado, eu erraba; porém agora guardo tu palavra... Bueno me é haber sido afligido, para que aprendiera tus leyes... Nunca jamás me olvidaré de tus ordenanzas, porque com elas me has vivificado” (Salmos 119:67,71,93).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Há uma fonte de enfermidade e essa fonte é Satanás. Porém as razões porque as enfermidades vienen sobre nós são variadas. Aquí estão algunas razões para a enfermidade:

 

A VIOLACIÃO DE LEYES ESPIRITUAIS

 

Quando o homem pecó, a morte começou a trabalhar su corrupcião em o corpo:

 

“Antes de a ley, o pecado estava em o mundo; porém como no había ley, o pecado no era tenido em cuenta” (Romanos 5.13).

 

“Porque a paga do pecado é morte; porém o don de Deus é vida eterna em Cristo Jesus, Señor nosso” (Romanos 6:23).

 

A enfermidade é um resultado do pecado, porém a enfermidade de uma pessoa necesariamente no é causada por su próprio pecado individual. Jesus fez este claro em o exemplo do homem ciego desde o nascimento (João 9:1-3).  Si Deus castigara o pecado com a enfermidade, cada pecador e cada cristiano em pecado em o mundo estarían enfermos. É verdade que o pecado e a enfermidade têm uma conexião, porém nós devemos tener o cuidado de a maneira em que isto é individualmente aplicado. Pode usarse como uma maneira conveniente de descuidar do enfermo e racionalizar nossa própria ineficacia.

 

Um de as peores aplicaciones erradas de a Bíblia Escritura é que a enfermidade existe devido ao pecado individual de uma pessoa o falta de fé.

 

É verdade que si você rompe a ley de Deus, você sufrirá. Isto é sufrir por sus propios atos pecadores. Para o pecador, este é juicio. Para o crente, é correccião. Porém aun quando você guarda a ley de Deus, você todavia pode sufrir porque você vive em um mundo pecador. O justo, assim como o injusto, sufre devido a a presença de pecado em o mundo.

 

Um exemplo de sufrir por su próprio pecado é alguém que adquiere SIDA a través de su própria inmoralidad pecadora. Um exemplo de sufrir devido a a presença de pecado em o mundo é alguém que adquiere SIDA a través de uma transfusião sanguínea.

 

Varias referencias de a Bíblia confirman que enfermidade pode relacionarse ao pecado individual (veja a Marcos 2:1-12; João 5:1-11,14; Tiago 5:14-16; Salmos 38:3,7). Romanos 6:19 confirma que as enfermidades vienen por a impureza (pecado). Quando nós violamos as leyes espirituais, nós caminamos sob a maldicião descrita em Deuteronomio 28. Também pode relacionarse a enfermidade ao pecado corporativo (veja Hechos 5:1-11; 1 Coríntios 11:27-32).

 

A Cura pode perderse volviendo a pecar:

 

“Depois Jesus lhe halló em o templo e lhe disse: --He aquí, has sido curado; no peques mais, para que no te ocurra algo peor” (João 5:14).

 

A VIOLACIÃO DE LEYES NATURAIS

 

Um poco de enfermidade nos viene porque nós violamos as leyes naturais de Deus. Por exemplo:

 

n  Dieta impropia (sobrepeso, peso insuficiente).

n  Demasiada actividad obrera, febril.

n  Reposo impropio.

n  Falta de autodominio que resulta em as emoções dañosas como o enojo, amargor, etc.

n  Falta de relaciones positivas com outros (amargor, falta de perdão, etc.)

n  Ejercicio (demasiado o demasiado poco).

n  Abuso de drogas e alcohol: sustancias químicas tóxicas tomadas em o corpo.

n  Violar as leyes naturais como a ley de gravedad, etc. (¡Si você salta de um edificio, você pode herirse!)

n  Ponerse deliberadamente em riesgo a través de atividades peligrosas e negándose a usar os dispositivos de seguridad (é decir, coisas tales como cinturão de seguridad em um auto, gafas em um taller, a yelmo em uma construccião, etc.)

 

OS ATAQUES SATÂNICOS

 

A veces a enfermidade viene por um ataque directo de Satanás. Jó é um de os exemplos mais buenos de isto (veja Jó 1 e 2). Jó experimentó a enfermidade física, mental, e emocional devido a um ataque Satánico. Ele no sufrió devido a su próprio pecado pessoal. O próprio testimonio de Deus muestra que Jó era um homem justo.

 

O pecado é o ataque de Satanás ao homem espiritual. A enfermidade é su ataque ao homem natural. Em o Novo Testamento, assim como em os tempos modernos, o justo sufre a mayoría de os ataques Satânicos porque nós temos entrado em uma guerra com Satanás, e em cualquier guerra há accidentes.

 

Satanás ataca su corpo assim como ele hace a su mente. Su mente, corpo, e o viejo homem de a carne (os deseos de a carne, os deseos de os olhos e a soberbia de a vida), são as maneras em que ele ataca. Ainda que ele o ataca físicamente assim como ele hace espiritualmente, ele no tem ningún derecho para morar em su corpo físico assim como no tem em su alma o espírito.

 

O funcionamiento de as forças de Satanás em o corpo do crente pode compararse a a guerra de guerrilla. Eles realmente no têm em absoluto ningún derecho jurídico em o território porém buscan operar allí, sem embargo.

 

Em este mundo, haverá sempre enfermidade assim como haverá sempre pecado. Porém nós podemos lutar contra a enfermidade assim como nós luchamos contra o pecado a través de a guerra espiritual.

 

NO DISCERNIR PROPIAMENTE O CORPO DE CRISTO

 

 

Paulo disse que muitos eram debéis e enfermos porque eles no discernieron o Corpo de Cristo propiamente e tomaron a Comunião indignamente. A comunião é compartir o pão e vino simbolizando o corpo e a sangue do Señor Jesus Cristo. Paulo advirtió:

 

“De modo que cualquiera que coma este pão e beba esta copa do Señor de maneira  indigna, será culpable do corpo e de a sangue do Señor. Por tanto, examínese cada um a sí mesmo, e coma assim do pão e beba de a copa. Porque o que come e bebe, no discerniendo o corpo, juicio come e bebe para sí. Por isso há entre vosotros muitos enfermos e debilitados, e muitos duermen” (1 Coríntios 11:27-30).

 

Você pode no discernir o Corpo de Cristo de três maneras:

 

O SIGNIFICADO DE A SANGUE E CARNE:

 

Você no discierne o Corpo de Cristo quando você no entiende que o significado do fruto de a vid e do pão simboliza Su sangue e carne. Isto é o que pasó quando Jesus dio esta ensino em João 6:66 e muitos retrocedieron de seguirlo. Eles no entendieron o significado espiritual de o que Ele estava enseñando. Enquanto muitos disciernen a sangue para a remisião de pecados, eles no entienden a menudo o verdadeiro significado do corpo. O corpo era para cura, para que nós pudiéramos comer de ele e ser sanados. (Veja a João 6:48-58 e Lucas 6:48-51.)

 


A DIVISÃO EM O CORPO:

 

Nós a veces no discernimos a nossos hermanos e hermanas que são parte do Corpo de Cristo e divisões ocurren em a igreja. Nós comemos e bebemos indignamente si nós no discernimos propiamente (entendemos realmente) nossa união com nossos hermanos e hermanas em o Señor. Paulo explica em 1 Coríntios 3:1-13 que os Cristianos carnales envolvidos em a divisão no podem comer a carne (a carne, corpo) de a Palavra devido a su carnalidad.

 

COMIENDO INDIGNAMENTE:

 

Nós comemos indignamente quando nós tomamos a comunião com uma vida sem examinar. O resultado é debilidad e enfermidade. Por isto Paulo diz para examinarse espiritualmente e arrepender-se antes de tomar a Comunião.

 

A DESTRUCCIÃO DE A CARNE PARA QUE O ESPÍRITO SE SALVE

 

Deus permite que alguns sejam entregues a Satanás para a destruccião de a carne por razões disciplinarias. Deus no pone a enfermidade em eles, porém Ele o permite. Você pode ler sobre este processo em 1 Coríntios 5:1-7.

 

Em “a destruccião de a carne”, a Igreja entrega um homem pecador a Satanás para a destruccião de a carne para que o espírito pueda salvarse. A Bíblia revela:

 

Como será feito:

 

1. Em unidad.

2. Em o espírito e poder do Señor.

3. Em o nombre do Señor.

 

Por qué será feito:

 

1. Fornicacião.

2. A conducta peor que a do mundo (Gentiles).

3. Orgullo.

4. Falta de arrependimento.

5. O Mal em o meio do povo de Deus.

 

Su propósito:

 

1. Individual: a destruccião de a carne para que o espírito pueda salvarse.

2. A sociedad: colocar o mal para fuera antes que outros sejam afectados.

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 


2. Qué são as cinco razões para a enfermidade discutidas em esta lição?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Como a enfermidade pode ser o resultado de uma violacião de as leyes espirituais?

_____________________________________________________________________

 

4. Como a enfermidade é o resultado de a actividad Satánica?

_____________________________________________________________________

 

5. Como a enfermidade é o resultado de uma violacião de as leyes naturais de Deus?

_____________________________________________________________________

 

6. Como no discernir adecuadamente o Corpo de Cristo resulta em enfermidade?

_____________________________________________________________________

 

7. Explique a directiva bíblica para a destruccião de a carne para que o espírito pueda salvarse.

 

Como deve ser hecha? __________________________________________________

Por qué deve ser hecha? _________________________________________________

Qual é o propósito? ___________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Piense sobre a razão para su enfermidade o de alguém a quem você está ministrando.

 

Podría ser devido a...

 

n  Violacião de leyes espirituais?

n  Violacião de as leyes naturais de Deus?

n  Ataques Satânicos?

n  No discernir o Corpo de Cristo?

n  A destruccião de a carne para que o espírito pueda salvarse?

 

2. Você piensa que você está (o tem estado alguma vez) enfermo como resultado de uma correccião? Qué você deve fazer (o tem feito) basado em Tiago 5:14-16?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

3. Si su enfermidade o de alguém a quem você está ministrando resulta de romper uma ley natural de Deus, o que pode hacerse para corrigir isto?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

4. Si su enfermidade o que de alguém a quem você está ministrando resulta de romper uma ley espiritual, confiese e se arrepienta de su pecado e reivindique 1 João 1:8-9, o os lleve a fazer isso.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

5. Você piensa que você o a pessoa a quem você está ministrando tem discernido o Corpo de Cristo inadecuadamente? Em esse caso, arrepiéntase e pídale o perdão a Deus, então ore para curar de a condição física.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

6. Si você cree que su enfermidade o de alguém a quem você está ministrando tem sido causada pro demônios, ate o espírito de enfermidade em oração e libere o poder curador do Espírito Santo.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

7. Estude a Promessa de Cura para esta lição:

 

“Antes que fuera humillado, eu erraba; porém agora guardo tu palavra... Bueno me é haber sido afligido, para que aprendiera tus leyes... Nunca jamás me olvidaré de tus ordenanzas, porque com elas me has vivificado” (Salmos 119:67,71,93).

 

Este pasaje revela que David experimentó a afliccião devido a a violacião de leyes espirituais.

 

Qué ele aprendió de a experiência? Qué trajo a “vivificacião” (cura) a su condição? Como você pode aplicar o que David aprendió a su própria vida?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 


Capítulo Seis

 

OS TIPOS DE ENFERMIDADE

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Listar cinco tipos básicos de enfermidade.

n  Definir a enfermidade espiritual.

n  Definir a enfermidade física.

n  Definir a enfermidade mental.

n  Definir a enfermidade emocional.

n  Definir as condições demoníacamente causadas.

 

PROMESSAS DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Ten misericórdia de mim, oh Jehová, porque desfallezco. Sáname, oh Jehová, porque mis huesos estão abatidos. Também mi alma está muy turbada; e tú, oh Jehová, até cuándo? ­¡Jehová tem escuchado mi ruego! ­¡Jehová aceptará mi oração!” (Salmos 6:2-3,9 – Traduccião do Original).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Quando nós hablamos de “enfermidade o dolencia” nós queremos decir que é cualquier condição espiritual, mental, emocional, o física que no está em o orden apropiado como ele creada por Deus. Há cinco tipos de enfermidade. Estas são:

 

A ENFERMIDADE ESPIRITUAL

 

A enfermidade espiritual é o pecado. Si no se trata, é espiritualmente terminal. Ciencia médica o a cura natural no podem fazer nada para esta condição. Todos somos afectados por a enfermidade espiritual porque todos tem pecado. Cura para a enfermidade espiritual viene de arrepender-se, de receber o perdão do pecado, e aceitar a Jesus Cristo como o Salvador pessoal.

 

A ENFERMIDADE FÍSICA

 

A enfermidade física pode ser o resultado de os desórdenes orgánicos. Eles são problemas que podem observarse e podem ser detectados por médicos. A estructura real o o tejido do corpo se dañan de alguma maneira. A enfermidade física também é o resultado de os desórdenes funcionales. Esta enfermidade é o resultado de um funcionamiento defectuoso de um órgano o parte do corpo. Elas incluyen uma variedad de problemas em que um problema em uma parte perturba o organismo entero. Mais comuns são as enfermidades do coração, tensião arterial alta, diabetes, úlceras pépticas, e alergias.

 

Devido a a natureza integrada de homem, enfermidade em um a parte afecta o corpo entero. Por isso, enfermidades funcionales que continuam no examinadas podem produzir a enfermidade orgánica.

 

A ENFERMIDADE EMOCIONAL

 

A enfermidade emocional é causada por as emoções negativas como o enojo, odio, amargor, etc. Cura viene por o perdão e cura vertical e horizontal. O perdão vertical resulta quando você lhe pide a Deus que o perdone por as emoções pecadoras. Quando você se arrepiente, Deus cura estas condições internas. O perdão e cura horizontal resulta quando você perdona aqueles que o ofendieron. Alguns chamam isto de “cura interior”, ainda que o termo a veces se tem abusado e se tem extendido para incluir experiencias que a Bíblia no ensina.

 

A ENFERMIDADE MENTAL

 

A enfermidade mental é uma condição mental que ocorre do retraso, enfermidade, colapso nervioso, defectos de nascimento, e condições psicológicas no causadas directamente por a presença demoníaca.

 

AS CONDIÇÕES DEMONÍACAS 

 

As condições demoníacamente causadas incluyen a posesião, opressão, e as condições físicas e mentais demoníacamente causadas. As condições demoníacas requieren um tipo especial de cura qué se llama “libertação”. A libertação e cura estão relacionadas, porém a Escritura diferencia entre eles:

 

“Reuniendo a os doze, les dio poder e autoridade sobre todos os demônios e para curar enfermidades. Os envió a pregar o reino de Deus e a curar a os enfermos” (Lucas 9:1-2).

 

Você aprenderá mais sobre as condições demoníacamente causadas em parte Seis de este curso.

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Cuáles são os cinco tipos básicos de enfermidade?

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 


3. Qué é a enfermidade espiritual?

_____________________________________________________________________

 

4. Qué é a enfermidade física?

_____________________________________________________________________

 

5. Qué causa a enfermidade emocional?

_____________________________________________________________________

 

6. Qué é a enfermidade mental?

_____________________________________________________________________

 

7. Qué são as condições demoníacamente causadas?

_____________________________________________________________________

 

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Cuidadosamente analice su própria enfermidade o de alguém a quem você está ministrando.

 

De qué tipo de enfermidade você está tratando? É...

 

___ Espiritual?

___ Física?

___ Mental?

___ Emocional?

___ Demoníacamente causada?

 

2. Escreva a razão porque você cree que ela é...

 

Enfermidade espiritual:

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Enfermidade física:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Enfermidade mental:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Enfermidade emocional:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Uma condição demoníacamente causada:

_____________________________________________________________________

3. Devido a a natureza integrada do homem, a enfermidade em uma parte afecta o corpo entero. Você pode ver como isto é verdade em su própria enfermidade o de um a quem você está ministrando?

 

Como uma condição física está afectando o espírito, emoções, e mente?

_____________________________________________________________________

 

Como uma condição espiritual está afectando o corpo, emoções, e mente?

_____________________________________________________________________

 

Como uma condição emocional está afectando o corpo, mente, e espírito?

_____________________________________________________________________

 

Como uma condição mental está afectando o corpo, espírito, e emoções?

_____________________________________________________________________

 

4. Estude os versículos de cura para esta lição que se encuentra em Salmos 6:

 

Ten misericórdia de mim, oh Jehová, porque desfallezco. Sáname, oh Jehová, porque mis huesos estão abatidos (versículo 2). Também mi alma está muy turbada; e tú, oh Jehová, até cuándo? (Versículo 3). ¡Jehová tem escuchado mi ruego! ­¡Jehová aceptará mi oração!” (Versículo 9).

 

Versículo 2 indica uma condição física: “Mis huesos estão abatidos”.

 

Versículo 3 indica uma condição espiritual: “Mi alma está muy turbada”. O Versículo 3 também indica que o Salmista tenía esperado por su cura: “Oh Jehová, até cuándo?” (Você tem feito esta pregunta com respecto a em a cura em su vida?)

 

Versículo 9 demuestra su fé em Deus: “Jehová tem escuchado mi ruego” (“escuchado” é pretérito, tempo pasado). “Jehová aceptará mi oração” (“aceptará” é tempo futuro). Su oração por cura se tem oído, ainda que su manifestação está todavia em o futuro.

 


Capítulo Sete

 

O RESULTADO FINAL DE A ENFERMIDADE

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Identificar os dos resultados finais de a enfermidade.

n  Identificar dos tipos de morte.

 

PROMESSA DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

1. Usando o que você aprendió em esta  diz Jehová, planes de bienestar e no de mal, para daros porvenir e esperanza” (Jeremías 29:11).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Há só dos posibles resultados finais de uma enfermidade. O será para a glória de Deus o será uma enfermidade para morte. Em todo caso, Deus promete:

 

“Porque eu sei os planes que tengo acerca de vosotros, diz Jehová, planes de bienestar e no de mal, para daros porvenir e esperanza” (Jeremías 29:11).

 

UMA ENFERMIDADE PARA A GLÓRIA DE DEUS

 

Uma enfermidade para a glória de Deus é uma onde uma pessoa glorifica a Deus a través de su testimonio, vida, e ministério. Você pode ler a história de um homem ciego desde o nascimento em João capítulo nove.

 

Jesus disse de este homem ciego:

 

 “Respondió Jesus: - No é que este pecó, ni tampoco sus padres. Ao contrario, foi para que as obras de Deus se manifestaran em ele” (João 9:3).

 

Quando o homem ciego foi curado, Deus recibió a glória a través de su testimonio. Deus sempre deve receber a glória para toda cura legítima. (Por “legítimo” nós queremos decir curas que no se invocan Satánicamente.)

 

CURA NATURAL:

 

Deus normalmente recibe o crédito por a cura divina, claro, porém a glória também deve ser dado a Ele por o que se llama cura natural do corpo a través de sus propios procesos. Deus creó o corpo e exhibe Su natureza e poder creador a través de os procesos corporales naturais.

 

CURA MÉDICA:

 

A alabanza também deve ir a Deus por Su ayuda em curar por os meios médicos. A Bíblia diz que cada boa dádiva viene de Deus (Tiago 1:17) e isto inclui os remedios, vitaminas, e otras substancias que o benefician físicamente. Muitos remedios vienen de as substancias naturais em as plantas e elementos que foram creados por Deus em o primer lugar.

 

CURA INSTANTÂNEA E TARDADA:

 

A veces uma pessoa se cura instantáneamente, porém otras veces a cura tarda e a pessoa se cura depois o gradualmente. Considere estes exemplos:

 

n  Zacarías no se curou até o nascimento de João: Lucas 1:20.

n  Ana no podría tener a um niño até o tempo de Deus: 1 Samuel 1:5-19.

n  Abraham e Sara no podrían tener a um niño, a pesar de a fé de Abraham, até o tempo de Deus: Hebreos 11:11.

 

Si instantânea o gradual, Deus deve receber a glória por a cura.

 

UMA ENFERMIDADE PARA MORTE

 

Em João 11:4 Jesus disse que a enfermidade de Lázaro no era para morte. Isto significa que há uma enfermidade para morte. A meta de a cura no é a inmortalidad. A cura divina no logra isto mais que a medicina o hace. Inclusive aqueles que foram eventualmente levantados de entre os muertos por Jesus murieron, inclusive Lázaro.

 

Há dos tipos de morte mencionados em a Bíblia. Uma morte prematura ocorre quando uma pessoa se tem tronado a a destruccião de a carne e muere prematuramente para que o espírito pueda salvarse (1 Coríntios 5:4-5). Você estudió sobre isto em Capítulo Cinco.

 

O segundo tipo de morte mencionado em a Bíblia é uma morte designada. Cada homem tem um tempo designado para morir (Hebreos 9:2; Eclesiastés 3:2). Inclusive Eliseu, o grande profeta de Deus que fez muitos milagros de cura, se puso enfermo com a “enfermidade de a que moriría” (2 Reis 13:14). Em su momento designado para morir é posible simplesmente parar de respirar e no estar enfermo:

 

“Escondes tu rostro, e se desvanecen; les quitas o aliento, e dejan de ser. Assim vuelven a ser polvo” (Salmos 104:29).

 

Quando já era um homem viejo Moisés no tenía os efectos de a edad. Josué era “viejo e de edad avanzada”. Deus conservó um sobrenaturalmente, enquanto o outro  experimentó os resultados do envejecimiento natural. Su espiritualidad no tenía nada que ver com isso. Deus nos sostiene si nossos corpos seguem os procesos naturais de a edad e de a morte por enfermidade o si eles são sobrenaturalmente conservados.

 

Nós cometemos o error de vivir limitados por o tempo em lugar de por a eternidad. Como crentes, nós somos já vivimos a vida eterna si nós vivimos em isto o em o outro lado de a morte. Quando um crente muere, é a última cura dentro de os parámetros de a eternidad.

 

Recuerde... Você experimentará cura: Alguns a experimentarán de este lado de a morte. Deus o levantará e você o glorificará por su testimonio, vida, e ministério.

 

Outros recibirán a cura final quando eles atravesaren a morte e victoriosamente entraren em a presença do Señor com um corpo, alma, e espírito os quais estarán absolutamente curados.

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. Cuáles são dos resultados finais de a enfermidade?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

3. Cuáles são os dos tipos de morte identificados em a Escritura?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Si su enfermidade o de um a quem você está ministrando é considerada terminal, só Deus pode revelar si é uma “enfermidade morte” o para a “glória de Deus”. A menos que Deus revela que uma enfermidade seja para morte, então continúe orando por cura según a vontade de Deus.

 

2. As curas médicas e naturais são de Deus, assim como a cura divina. O problema se levanta quando as pessoas dan o crédito a os remedios e doctores em lugar de comprender que Deus é a fonte de toda a cura. Jesus disse de Israel:

 

“... no reconocieron que eu os sanaba” (Oseas 11:3).

 

 

Rei Asa morreu porque ele só buscó a ayuda médica. Ele descuidó de su condição espiritual e no se volvió ao Señor em su tempo de necesidad (2 Crãoicas 16:12).

 

3.Você pode recordar uma enfermidade que você experimentó onde a cura foi ayudada por o uso de remedios, doctores, o os procesos naturais do corpo? _____ Você dio gracias a Deus para esta cura? ________  Si no, hágalo hora.

 

4. Cuándo você o alguém a quem você está ministrando se cura, como você usará esta cura para glorificar Deus?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

5. Si su enfermidade é para morte e é su tempo designado para morir físicamente, recorda que você já está vivendo em os parámetros de a eternidad. Você se curará. ¡Você entrará em a presença do Rei com a saúde perfecta!

 


PARTE TRÊS

 

O CONTRA-ATAQUE

 

Você aprendió mucho sobre o ataque do inimigo em o corpo físico enquanto você estudió em a última seção sobre a fonte, razões, tipos, e o resultado final de a enfermidade.

 

Em esta seção você aprenderá como organizar um contra-ataque contra Satanás e batalhar por o corpo físico. Um contra-ataque é uma contestacião diseñada para neutralizar e derrotar um ataque do inimigo.

 

Para responder a os ataques de Satanás em o corpo físico você deve entender:

 

n  A BASE BÍBLICA DE A CURA.

n  OS PROPÓSITOS DE A CURA.

n  OS DONS DE CURA.

 

Estes são os asuntos de esta seção.

 


Capítulo Oito

 

A BASE BÍBLICA DE A CURA

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Explicar a Parábola do sembrador como ela se relaciona a a cura.

n  Resumir o que o Antigo Testamento ensina com respecto a a cura.

n  Usando os exemplos de Jesus e de a primeira Igreja, resuma o que o Novo Testamento ensina com respecto a a cura.

n  Identificar a cura como um beneficio de a expeciação de Jesus Cristo.

n  Resumir a Grande Comissão com respecto a a cura e libertação.

n  Listar as referencias de a Bíblia que verifican que todos os crentes devem  estar envolvidos em o ministério cura e libertação.

n  Identificar as três llaves do Reino que se relacionam a a cura.

 

PROMESSAS DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Porém ele foi ferido por nossas transgresiones, molido por nossos pecados. O castigo que nos trajo paz foi sobre ele, e por sus heridas fuimos nós sanados” (Isaías 53:5).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Com esta lição você começa uma jornada de fé sobre cura e libertação. A Bíblia é su pasaporte para esta jornada. Em o mundo natural, um pasaporte verifica su ciudadanía e garante os privilegios proveídos por su nação.

 

Como um pasaporte espiritual, a Palavra de Deus verifica su ciudadanía em o Reino de Deus. Garantiza que como um crente renacido você califica para os privilegios proveídos por esta ciudadanía, inclusive os privilegios de cura divina e libertação.

 

A PALAVRA DE DEUS E CURA

 

Leia a parábola do sembrador em Mateus 13:3-8, 18-23; Marcos 4:3-8, 14-20; e Lucas 8:5-8, 10-15. Em esta parábola, Jesus explica que a “semente” é a Palavra de Deus. Em o mundo natural uma semente tem dentro de ela a capacidad de traer a vida, porém é impotente até que se plante e seja nutrida.

 

O mesmo é verdade em o mundo espiritual. A semente de a Palavra de Deus tem a capacidad de traer a vida espiritual. A semente de a Palavra de Deus em a cura tem a capacidad de traer a libertação. Porém até que a Palavra de cura seja sembrada em su vida, você estará intentando segar sem sembrar.

 

Você no pode segar quando você no tem sembrado. Isto é por qué você deve estudiar a base bíblica de a cura e libertação. Uma ley de a colheita é que para segar, você deve sembrar.

 

Outra ley de a colheita é que você no siega em a misma estacião em que você siembra, porém você segará em a debida (apropiada) estacião. Quando você começa a sembrar a Palavra de Deus em su vida, você no pode experimentar a cura inmediatamente o ver os resultados em aqueles a quem você ministra. Porém si você continua sembrando a Palavra de cura, VOCÊ EVENTUALMENTE SEGARÁ – é a ley de a colheita de Deus.

 

A parábola do sembrador também contém algunas advertencias de que você deve estar consciente enquanto você começa su estudo de o que a Bíblia ensina sobre a cura. Quando a semente de a Palavra de Deus é sembrada há sempre oposicião de Satanás.

 

Alguma semente cae “junto ao caminho” de su vida e o maligno a roba de você. Você oye a Palavra de Deus sobre cura e libertação, porém você lhe permite seja arrebatada de você, Talvez por a tradicião o por a duda, crítica, e incredulidad.

 

Alguma semente cae em “pedregales” e você no lhe permite tomar raíz em su coração. A terra pedregosa representa um coração duro que no está abierto a a verdade de a Palavra de Deus. A Palavra se recibe primeiro com a alegría, porém quando a afliccião viene (Talvez em forma de um ataque físico) o a persecucião (Talvez de aqueles que no creen em a cura divina) a Palavra seca e você se ofende. A semente de a Palavra de Deus sobre cura também pode ser lanzada entre os “espinos” em su vida. Os cuidados do mundo, as riquezas, placeres, e luxúrias estrangulan su crecimiento.

 

O homem é compuesto de uma natureza triuna que consiste em corpo, alma, e espírito. O corpo é a parte física do homem. O alma e espírito são as partes espirituais que lhe permiten que actúe, piense, sienta, reaccione emocionalmente, e espiritualmente responda a Deus.

 

Todos estes estão envueltos em o sembrar e segar de a verdade espiritual. A través de os sentidos corporales de ouvir e ver você recibe a semente reproductiva de a Palavra de Deus. Enquanto você leia e oye a Palavra ela entra em su espírito. Porém para reproducirse em su vida, a semente deve entrar em su alma. O processo é semejante a a reproduccião biológica em o mundo natural. Para que os humanos se reproduzcan deve haber um varão, uma hembra, e a semente biológica que se transmite a través de a intimidad.

 

Aplicando isto espiritualmente, a Palavra de Deus é a semente. O espírito é a “porcião masculina” de a natureza espiritual e o alma é a “porcião femenina” (Nós sabemos que o alma é a parte femenina de a natureza espiritual, porque David, según o original de a Bíblia, usava a palavra “alma” em o femenino). Para reproducirse, a semente deve entrar em o espírito (o varão) e ser transmitida ao alma (a hembra).

 

A razão por a qual a Palavra de Deus a menudo no efetua cambios em nossas vidas é que nós só lhe permitimos entrar em nossos espíritos. Nós nunca realmente lhe permitimos penetrar os huecos profundos de nossa natureza do alma em a mente, vontade, e emoções.

 

Em o mundo natural, quando o varão e a hembra se unen e a semente biológica se planta, sus efectos são evidentes. Se producen as células de uma nueva vida e um niño nace. O mesmo é verdade em o mundo espiritual. Quando a Palavra de Deus com respecto a a cura se transmite de os sentidos físicos do ojo u oído a su espírito e se planta então em su alma, sus efectos eventualmente se verán em su corpo físico.

 

O REGISTRO DO ANTIGO TESTAMENTO

 

Nosso estudo de a base bíblica de a cura e libertação começa em o registro do Antigo Testamento. (Enquanto as varias referencias em esta lição se discute, por favor léalos em su Bíblia).

 

Originalmente, o homem foi criado puro e saludable em o corpo, alma, e espírito. Você já aprendió em Capítulo Quatro que ao morte entró em o mundo como resultado do pecado do primer homem e mulher (Gênesis 3). Você também aprendió que quando a maldicião de a morte vino ao homem, Satanás entró em o sistema genético do homem e começou su misião destructiva de enfermidade, dolencia, escravidão, e morte.

 

Porém em este momento oscuro de a história, a primeira promessa de cura espiritual e física se dio. Em Gênesis 3:15 Deus disse que a “semente” de a mulher heriría a cabeza de Satanás. Esta “semente” era uma promessa profética sobre Jesus que, a través de Su ministério terrenal, morte, e ressurreição, derrotaría a Satanás.

 

O registro de Gênesis contém dos relatos de cura divina. Em Gênesis 17:18-19 Deus prometió curar a esterilidad de Sara. Em Gênesis 21:1-7 isto se cumplió. Gênesis 20:17 cura de Abimelec.

 

Em o libro de Êxodo, enfermidade e cura divina entra mais claramente em o registro bíblico.

 

Depois de a libertação de Israel do Egipto, as pessoas marcharon durante vários días sem encontrar agua. Quando elas vinieron finalmente a Mara, elas no podrían beber do agua porque estava amarga.

 

Deus lhe mostró um árbol a Moisés que, quando lanzado a as aguas, fez as aguas dulcemente.

 

Siguiendo a isto Deus se revela como o Curador de Su povo. Ele disse:

 

“Diciéndole: --Si escuchas atentamente a voz de Jehová tu Deus e haces o recto ante sus olhos; si prestas atencião a sus mandamientos e guardas todas sus leyes, ninguna enfermidade de as que envié a Egipto te enviaré a ti, porque eu soy Jehová tu curador” (Êxodo 15:26).

 

Uma traduccião mais exacta de isto é “Eu soy o Señor su médico”. Isto indica uma ação habitual, continua. Porque esta promessa se dio primeiro a Israel em uma situacião específica, alguns dicen que só se aplica a eles e que os Cristianos no pode exigirla. Nós devemos recordar, sem embargo, que os nombres de Deus são revelações de Su natureza e carácter, e Deus no cambia. Si Ele era então por natureza médico e curador, Ele é o mesmo hoje. Otras referencias específicas sobre a cura em Êxodo são a cura de a mano leprosa de Moisés (Êxodo 4:1-7) e a promessa de Deus para levar a enfermidade de entre su povo (Êxodo 23:25).

 

O libro de Levítico podría llamarse o “manual de cuidado de a saúde” de a Bíblia. Deus revela as regulaciones com respecto ao tratamiento de a enfermidade (para um exemplo veja Levítico 13:1-46; 14:1-32) e da directivas que consideran o vivir saludable (veja Levítico 15:1-33 para um exemplo).

 

O libro de Números registra a cura de a lepra de María (Miriam) e Aarão (Números 12:1-15) e a cura de plagas que afectaron Israel (Números 16:41-50 e 21:5-9).

 

Deuteronomio 28 é um capítulo muy importante relacionado a a cura. Explica a relacião de a obediência a a saúde física. Outros pasajes em Deuteronomio que enfatiza esta verdade incluyen 7:15; 29:22; 30:20.

 

A esposa de Manoa foi sanada de a esterilidad em Jueces 13:2-24. Há vários registros de curas em o libro de mim 1 Reis. Há historias sobre um homem com a mano marchitada em 1 Reis 13:4-6 e a ressurreição de um niño muerto em 1 Reis 17:17-24. O registro continua em 2 Reis com a cura de um niño por Eliseu em 2 Reis 4:8-37 e a cura de Naamán em 2 Reis 5:1-14. Também estude o caso de Rei Azarias em 2 Reis 15:1-12.

 

De a cura de Ezequías em 2 Reis 20:1-11 nós aprendemos que Deus pode curar a enfermidade terminal e pode agregar años a a vida (também veja 2 Crãoicas 32:24-26 e Isaías 38:1-12,16). Nós também aprendemos de 2 Reis 13:14 e 21 que essa morte viene a todos os homens, inclusive a aqueles com um ministério de cura.

 

Uma grande oração de arrependimento relacionada a a cura se registra em 2 Crãoicas 6:26-31. 2 Crãoicas 20:9 nos promete que Deus oye quando nós clamamos em afliccião. Em 2 Crãoicas 16 você pode ler a história de Asa que morreu porque ele no buscó cura de Deus. Su pecado no foi ir a os médicos, porém ignorar a Deus e Su poder curativo. Em 2 Crãoicas 26 você pode ler sobre a lepra de Uzías e em 2 Crãoicas 30:20 de a cura de pessoas a través de as oraciones de Ezequías.

 

O libro de Jó, sobre todo os capítulos 1 e 2, nos permite ver para identificar a fonte de os problemas de Jó entre os bastidores, incluyendo su enfermidade. Estude o libro de Jó para aprender sobre su contestacião em tempo de enfermidade, a reaccião de sus amigos, e como Deus o curou e liberó.

 

O libro de Salmos contém muitas promessas, revelações, e oraciones acerca de a cura.

 

Estude os pasajes siguientes:

 

Salmos 6:2-3: “O Señor me cura”.

Salmos 27:1: “O Señor é a força de mi vida”.

Salmos 30:2: “Eu lloré e você me curou”.

Salmos 32:3-5: Reconhecer o pecado produce cura.

Salmos 34:19-20: “Muitos são as aflicciones do justo, porém o Señor o libra de elas todas”.

Salmos 38:3,7: O Enojo e o pecado afectan su saúde; a enfermidade se llama “aborrecible”.

Salmos 41:1-8: “Cura mi alma porque eu he pecado contra você”. A enfermidade se llama mal.

Salmos 42:11; 43:5: Deus é a saúde de nosso semblante.

Salmos 42:1-5: Cura para um espírito abatido.

Salmo 55:1-2: Oração perseverante e cura.

Salmos 60:2: “Sane as brechas de a terra”.

Salmos 67:2: “Para que seja reconhecido em a terra tu caminho, e em todas as nações tu salvação”.

Salmos 72:13: Nós devemos tener lástima do débil.

Salmos 91:9,10: “No te sobrevendrá mal, ni a plaga se acercará a tu tienda”.

Salmos 103:1-5: “No se olvide de Sus beneficios... o que cura todas tus doenças”.

Salmos 105:37: Israel caminó sem uma pessoa débil entre eles. Três millones de pessoas estaban todas bem e muy bem.

Salmos 107:17-20: “Ele envió Su Palavra e os curou”.

Salmos 119:25-28: Nós nos fortalecemos por a Palavra.

Salmos 119:67: “Antes de que eu fuera afligido, eu estava descaminado”.

Salmos 147:3: “Cura a os quebrantados de coração e venda sus heridas”.

Salmos 105:37: “Os sacó... no hubo entre sus tribos enfermo”.

 

O libro de Proverbios proporciona sabiduría que considera o vivir saludable. Proverbios 3:7-8 explica como ser saludable. Proverbios 4:20-23 revela que os problemas de a vida são afectados por a actitud do coração e as promessas de que Deus trae vida e saúde.

 

Proverbios 15:4 e 30 confirman que a charla cura resulta em saúde e Proverbios 16:24 muestras que a Palavra de Deus trae cura. Proverbios 16:24 indica que a Palavra de Deus trae cura a os huesos e Proverbios 17:22 revela o físico é afectado por os problemas espirituais.

 

Eclesiastés 3:3 confirma que há um tempo fijo para cura e Eclesiastés 5:17 demuestra como frustracião (afliccião em o original) e resentimiento se relaciona a a enfermidade.

 

Isaías 6:10 explica a relacião entre a compreensão espiritual, conversião, e cura. Isaías 19:22 confirma que quando suplicamos a Deus, Ele cura (“suplicar” significa pedir seriamente e solicitar urgentemente).

 

Isaías 32:3-4 é uma grande promessa profética de cura sendo parte do Reino de Deus.

 

Isaías 33:24 e 35:5-6 registran a cura durante o Milenio e como os habitantes dirán que “eu no estoy enfermo”. 

 

Em Isaías 53:5 nós recibimos a promessa de cura e libertação a través de a expeciação. Isaías 57:18-19 anima que nós nos acerquemos para cura e Isaías 58:8 confirma que nossa “recuperacião brotará com rapidez”.

 

Em Isaías 61:1 nós aprendemos que Jesus foi enviado para vendar a os com o coração quebrantado. Isto fala de uma cura interior, emocional.

 

Em Jeremías 8:14-15; 20-22 o amargor do pecado se vincula a a enfermidade física e Jeremías 15:18 explica como tratar com uma herida incurable. Jeremías 17:14; 30:12-17; e 33:6 confirman que Deus é a fonte de a cura.

 

Lamentaciones 3:33 confirma que “Deus no aflige ni entristece por gusto”. Ezequiel 17:14; 30:17; e 33:6 confirman que Deus pode curar e pode restaurar a saúde.

 

Ezequiel 30:12-13 (según o original) fala de heridas incurables que remedios no podem curar. Só a cura espiritual pode curar estes tipos de heridas. Ezequiel 34:4,16,21 e Zacarías 11:16 contienen advertencias a pastores (os líderes espirituais) quién tem ignorado a oveja enferma (pessoas).

 

O capítulo 4 de Daniel registra a enfermidade e cura do Rei Nabucodonosor. Oseas 5:13 advierte do peligro de ir a outra parte em busca de cura e Oseas que 6:1 e 7:1 confirman que Deus pode e curará as condições físicas e espirituais. Oseas 11:3 registra as palabras tristes de Deus sobre Israel: “No reconocieron que Eu os sanaba”. O registro do Antigo Testamento sobre a cura concluye com a promessa em Malaquías 4:2 que Jesus surgirá e "em sus alas traerá cura”.

 

O REGISTRO DO NOVO TESTAMENTO

 

Cura e libertação se extiende a uma nueva dimensião em o registro do Novo Testamento a través de os exemplos de Jesus e de a primeira Igreja.

 

O EXEMPLO DE JESUS:

 

Em o Novo Testamento, Jesus é o modelo do crente de fé e práctica. Su ministério de cura e libertação é o modelo que você deve seguir em su próprio ministério. De 3,774 versículos em os quatro Evangelios, 484 se relacionam específicamente a a cura de enfermidades físicas e mentais e a a ressurreição de os muertos. Em Marcos, 209 versículos de 666 se relacionam a os milagros de Jesus. De 1,257 versículos narrativos em os Evangelios, 484 (38.5 por ciento) se consagra a describir os milagros de cura.

 

Jesus habló as palabras de Deus em Su ministério:

 

“Então Jesus les disse: --Quando hayáis levantado ao Filho do Homem, então entenderéis que eu soy, e que nada hago de mim mesmo; sino que estas coisas hablo, assim como o Pai me enseñó” (João 8:28).

 

Jesus fez o trabajo e a volunta de Deus:

 

“E esta é a vontade do que me envió: Que eu no pierda nada de todo o que me tem dado, sino que o resucite em o día final” (João 6:38).

 

“Me é preciso fazer as obras do que me envió, enquanto dure o día. A noche viene quando ninguém pode trabalhar (João 9:4).

 

“Jesus les disse: --Mi comida é que eu faça a vontade do que me envió e que acabe su obra” (João 4:34).

 

O propósito de Jesus era destruir as obras do inimigo inclusive o pecado, enfermidade, e escravidão:

 

“O que practica o pecado é do diablo, porque o diablo peca desde o princípio. Para isto foi manifestado o Filho de Deus: para deshacer as obras do diablo” (1 João 3:8).

 

As obras Jesus dejó o Pai contento:

 

“Porque o que me envió, conmigo está. O Pai no me tem dejado solo, porque eu hago sempre o que lhe agrada a ele” (João 8:29).

Isto significa que quando você ministra cura e libertação como Jesus fez, você está agradando o Pai, falando Su Palavra, fazendo Su vontade, e destruyendo a obras do inimigo.

 

Há varias referencias do Novo Testamento onde Jesus curou a todos que estaban presentes:

 

n  Hechos 10:38

n  Lucas 4:40; 6:17-19; 9:11

n  Mateus 4:23-25; 9:6,35; 10:1; 12:15; 14:14,34-36

 

Jesus curou muitos tipos de enfermidades:

 

n  Epilepsia

n  Hidropesía

n  Sordez e mudez

n  Parálisis

n  Hemorragia crãoica

n  Endemoniados

n  Mano marchitada (deformidades o parálisis)

n  Ceguera

n  Enfermidades

n  Restauracião de uma oreja que estava cortada

n  Ressurreição de os muertos

n  Mutilados (como usado em Marcos 9:43, claramente isto indica um miembro cortado)

 

A compasião foi a emocião motivadora em o ministério de cura de Jesus (para exemplos veja Mateus 9:36; 12:9-13; 14:14; 18:27; 20:29-34; 29:34; Marcos 1:41; 3:1-5; 5:19; Lucas 6:6-10; 7:12-15; 10:33; 14:1-6; e João 11:38-44). Otras emoções que Jesus expresó em o ministério de cura foram afliccião, cólera, e lamento.

 

Jesus usó vários métodos de cura. A veces Jesus llamó o enfermo a Ele (Marcos 3:1-6). Otras veces eles o requirieron (veja a história do servo do Centurião em Mateus 8:5-13; Lucas 7:1-10 e a cura de a hija de Jairo em Mateus 9:18-19; 23-26).

 

Jesus trató com o homem entero, no só com  a condição física. Ele enseñó o perdão de pecado e cura juntos. A veces Ele curou primeiro, então perdonó o pecado (veja a Lucas 17:9 e João 5:14). Outros veces Ele perdonó os pecados primeiro, então curou (veja a Marcos 2:1-12).

 

A veces as curas ocurrieron sem a fé por parte de a pessoa enferma (por o menos no foi mencionado):

 

n  Lázaro: João 11:1-44

n  A oreja de Malco: Lucas 22:50-51

n  O maníaco Gadareno: Marcos 5:1-20

n  O homem sordo e mudo: Marcos 7:32-35

n  A suegra de Pedro: Lucas 4:38-39

n  O filho de a viuda: Lucas 7:12-15

n  O homem com a mano marchitada: Marcos 3:1-5

n  O homem nacido ciego: João 9:1-7

n  A hija de Abraham: Lucas 13:10-13

n  O filho do noble: João 4:46-50

n  O servo do centurião: Mateus 8:5-13

n  A hija de a mulher sirofenicia: Mateus 15:21-28

n  A hija de Jairo: Marcos 5:35-43

 

A veces as curas ocurrieron devido a a fé por parte de um individuo:

 

n  Dos homens ciegos: Mateus 9:27-31

n  Um leproso: Mateus 8:2-4; 20:29-34; Marcos 1:40-44

n  Dez leprosos: Lucas 17:11-19

n  Dos homens ciegos: Mateus 20:29-34

n  O ciego Bartimeo: Marcos 10:46-52; Lucas 18:35-43

n  A mulher com o problema de a sangue: Mateus 9:20-22; Marcos 5:25-34; Lucas 8:43-48

 

A veces as curas ocurrieron devido a a fé de outros:

 

n  O servo do Centurião: Mateus 8:5-13

n  O filho do noble: João 4:46-53

n  Quatro homens quién trajeron ao homem paralizado: Mateus 9:1-8; Marcos 2:1-12; Lucas 5:17-26

n  A hija de a mulher sirofenicia: Mateus 15:21-28

n  O mudo poseído por demônios: Mateus 9:32-33

n  O poseso sordo e mudo: Mateus 12:22-23

n  A hija de Jairo: Marcos 5:35-43

n  O homem sordo e mudo: Marcos 7:32

n  O homem ciego: Marcos 8:22-26

 

Jesus usó diferentes métodos verbales sanando. A veces Ele só habló a palavra de declaracião:

 

n  A hija de Abraham: Lucas 13:10-13

n  O filho do noble: João 4:46-50

n  O ciego Bartimeo: Marcos 10:46-52

n  Os dos homens ciegos: Mateus 9:27-31

n  O servo do centurião: Mateus 8:5-13

 

A veces Ele habló a Palavra de orden:

 

n  O homem com parálisis: Lucas 5:17-26

n  A hija de Jairo: Marcos 5:22-24, 35-43,

 

A veces Jesus combinó palavra de orden e toque:

 

n  O leproso: Mateus 8:2-4

n  Os dos homens ciegos: Mateus 9:27-31

n  A suegra de Pedro: Lucas 1:38-39

n  O homem sordo e mudo: Lucas 7:32-35

n  O filho de a viuda: Lucas 7:12-15

n  A hija de Abraham: Lucas 13:10-13

 

A veces Jesus orou:

 

n  A suegra de Pedro: Lucas 4:38-39

n  O homem sordo e mudo: Marcos 7:32-35

n  O filho de a viuda: Lucas 7:12-15

n  Lázaro: João 11:38-44

n  O homem com a mano marchitada: Marcos 3:1-5

 

No era necessário para Jesus estar físicamente presente com o enfermo para curar. Ele curou a a distância:

 

n  O servo do Centurião: Mateus 8:5-13

n  O filho do noble: João 4:46-50

n  A hija de a mulher de sirofenicia: Mateus 15:21-28

 

Jesus ordenó a menudo o enfermo para fazer algo como parte do processo de cura:

 

n  Ao homem com a mano marchitada foi dicho “Levántate e ponte em meio”: Lucas 6:6-11.

n  Ao homem paralizado em Betesda foi dicho “Levántate, toma tu cama e anda”: João 5:1-9.

n  Ao noble com um filho enfermo foi dicho, “Vé”: João 4:46-54.

n  Os dez leprosos foram mostrarse ao sacerdote: Lucas 17:11-19

n  A um homem ciego foi dicho para lavarse em o estanque de Siloé: João 9:7

 

Jesus ministró cura tanto em público (grupos e em a sinagoga) como em privado (casas e contactos individuais).

 

Jesus usó “material” poco común como:

 

n  Escupe

n  Barro

n  Dedos em as orejas

n  Dobladillo de Su vestido

n  Lavar em o agua

 

A veces o enfermo o tocó:

 

n  A hija de Jairo: Marcos 5:23-24

n  As multitudes: Lucas 6:17-19

n  As multitudes: Marcos 3:10

n  Quienquiera que o tocó: Marcos 6:56

 

A veces Ele tocó o enfermo:

 

n  Dos homens ciegos: Mateus 9:27-31

n  As pessoas com varias enfermidades: Lucas 4:40

n  O leproso: Lucas 5:13

n  A mulher com o espírito de enfermidade: Lucas 13:10-13

 

As instrucciones que Jesus dio depois de as curas fueran variadas. Por exemplo, a suegra de Pedro salió de su cama e ministró a aqueles em a casa. Jesus requirió comida a ser dada a a hija de Jairo.

 

As curas de Jesus ocurrieron em varias situaciones:

 

n  Em e ao redor de casas

n  Em reuniones abiertas: Em as calles, por as piscinas, as laderas, os barcos

n  Em entierros

n  Em cementerios

n  Em o Templo

n  Em a hora de comer

n  Em caminho a outros destinos

n  Em os jardines

 

Había respostas variadas a os milagros e curas:

 

n  Asombro

n  Miedo de Deus

n  Controversia

n  Rechazo por a familia e líderes religiosos

n  Demônios que claman

n  Enojo

n  Popularidad

n  Deus glorificado

n  Cuestionamiento: “Qué é isto?"

n  Discusião (informe e rumor)

n  Salvação de a casa

 

Em resumen, quando nós consideramos o ministério de cura de Jesus como exemplos para nossos propios ministérios nós encontramos que Jesus habló as palabras de Deus e fez as obras de Deus durante Su ministério terrenal. Cura e libertação seja parte de Sus palabras e trabajo.

 

A veces Jesus curou a todos presentes. Em outros momentos, Ele curou a os individuos específicos.

 

Ele curou muitos tipos diferentes de enfermidades e usó vários métodos de ministério. A veces as curas ocurrieron sem a fé por parte do enfermo. Em outros momentos ocurrió devido a a fé do enfermo o sus amigos o parientes. Jesus ministró a cura dondequiera que Ele foi e Su ministério era marcado por a compasião. Su ministério recibió uma variedad de reacciones de as pessoas e de os líderes religiosos e políticos do tempo.

 

Este mesmo Jesus se mueve entre nós para salvar e curar hoje. Recuerde que “todos os que lhe recibieron... les dio derecho de ser hechos filhos de Deus” (João 1:12-13) e “todos os que lhe tocaban quedaban curados” (Marcos 6:56).

 

O EXEMPLO DE A IGREJA PRIMITIVA:

 

O exemplo de a Igreja Primitiva também provê um modelo de nossa cura e ministério de libertação. Os discípulos fueran comisionados e enviados por Jesus ao ministério de cura.

 

Os discípulos hicieron según eles haviam sido comisionados para fazer, e esperó que Jesus hiciera o que Ele prometió (para exemplos veja Hechos 3:4-7; 8:4-8; 28:3-6).

 

O poder e a autoridade com que os discípulos ministraron cura no era de eles mismos porém de Cristo (Hechos 3:4-7; 9:17-18). A oração era parte de su ministério de cura (Hechos 4:23-31; 9:40-41; 28:8; e Tiago 5:16). Había oraciones intercesoras e de cura carismáticas (Hechos 3:4-7 e Tiago 5:14-16).

 

Os discípulos experimentaron curas tardadas. Estude os exemplos de Epafrodito em Filipenses 2:25-30; Timoteo em 1 Timoteo 5:23; e Trófimo em 2 Coríntios 8:18-22.

 

Como Jesus, os discípulos experimentaron a persecucião devido a su ministério de cura (Hechos 4:3,29; 5:17-18; 6:9-15; 7:1-60).

 

Había vários métodos de cura registrados em Hechos que incluían:

 

n  Imposicião de mãos: 5:12; 14:3; 19:11; 28:8.

n  Palabras combinaron com imposicião de mãos: O homem Cojo, 3:1-10; os olhos de Paulo, 9:17-19.

n  Palabras combinadas com levantar de mãos: O homem Cojo, 3:1-42; os olhos de Paulo, 9:36-43.

n  Hablar a Palavra (orden de autoridade): A muchacha esclava, 16:18; o cojo de Listra, 14:10.

n  Oração: os olhos de Paulo, 9:36-43; o pai de Publio, 28:8-9,

n  Vestes de oração: 19:11-12

n  Sombra: 5:12-16

n  Abrazo: 19:12

n  Rodear: 14:19-20

n  Ningún método em absoluto: 14:19-20

n  Palavra e um orden para actuar: Eneas, 9:33-34; o homem cojo, capítulo 3.

 

A veces a cura resultaba porque:

 

n  O enfermo tomó a iniciativa: o homem cojo em a verja do templo, Hechos 3:3.

n  Os amigos tomaron a iniciativa: Tabita, Hechos 9:38.

n  O apóstol tomó a iniciativa:

o    Pedro: Eneas em Lidia: Hechos 9:34

o    Paulo: O cojo em Listra: Hechos 14:9

o    Paulo: A muchacha esclava filipense: Hechos 16:18

o    Paulo: Eutico: Hechos 20:10

o    Paulo: O pai de Publio: Hechos 28:8

 

Os discípulos ministraron a os individuos. Estude o gráfico siguiente:

 

Curas Individuais Por os Discípulos

 

Evento                                                   Hechos                             Tipo

Cura do mendigo cojo                     3:1-4:22                      Física

Os olhos de Paulo                           9:10-19; 22:10-21         Física

Pedro cura Eneas                           9:32-35                       Física

Pedro cura a Dorcas (Tabita)            9:36-43                       Ressurreição

O homem cojo em Listra                 14:8-18                       Física

Paulo levantado em Listra                14:19-20                      Física

A muchacha esclava filipense            16:16-40                      Demoníaca

A libertação Eutico                          20:7-12                       Ressurreição

Paulo mordido de serpiente              28:3-6                         Física

O pai de Publio                               28:8-9                         Física

 

Os discípulos ministraron a os grupos. Estude o gráfico siguiente:

 

Curas Colectivas Por os Discípulos

 

                                                                                              Hechos

Muitas señales e maravillas                              2:42-47

Oração por a confianza e señales de cura          4:23-31

Muitos sanados em Jerusalén                                    5:12-16

Esteban realiza muitos milagros                                 6:8-15

Felipe cura muitos em Samaria                                  8:5-25

Paulo e Bernabé operam as señales e maravillas                    14:3

Paulo cura enfermos em Efeso                                  19:11-12

Pessoas enfermas sanadas em Malta                          28:8-9

 

Hubo muitos tipos de enfermidades sanadas. Estude o gráfico o siguiente:

 

Os tipos De Enfermidades Sanadas

 

Hechos

 

Fiebre e flujo de sangue: o pai de Publio   28:8

Ceguera: Paulo                                              9:8

Lesião de cabeza (o muerto): Eutico                  20:9

Enfermidade fatal: Tabita                                9:37

Parálisis: Eneas                                             9:33

Cojera: muitos cojos                                      3:2; 8:7; 14;8

A posesião demoníaca: Filipos                          16:16-40

A mordedura de serpiente: Paulo                      28:3-6

(Também se sanaron muitas otras enfermidades no identificadas em as muchedumbres.)

 

A veces se realizaron as curas em contestacião a uma demanda:

 

n  De um homem enfermo cojo: Hechos 3:2

n  De amigos (Tabita): Hechos 9:38

 

Curas resultaban como a contestacião a uma necesidad:

 

n  Eneas o paralítico: Hechos 9:33

n  Eutico: Hechos 20:10

n  O pai de Publio: Hechos 28:8

n  O enfermo em Malta: Hechos 28:9

 

Cura resultaba como uma contestacião a a fé:

 

n  O cojo em Listra: Hechos 14:9

 

Também cura resultaba como uma reaccião a a molestia:

 

n  A muchacha esclava de Filipos: Hechos 16:18

De os exemplos de os discípulos nós aprendemos que eles fueran comisionados e enviados por Jesus ao ministério de cura. Eles entendieron que su poder e autoridade era de Cristo. A oração era parte de su ministério de cura e eles experimentaron tanto retardos como resultados instantáneos.

 

Como Jesus, eles experimentaron a persecucião devido a su ministério de cura. Eles usaron vários métodos de curar e trataron com uma variedad de enfermidades. A veces cura resultaba porque o enfermo tomaba a iniciativa, os amigos tomaban a iniciativa, o os apóstoles tomaban a iniciativa. Os discípulos ministraron a grupos e individuos.

 

Do registro do Novo Testamento, está claro que os milagros, curas, e liberaciones no acabaron com o ministério de Jesus Cristo. Estas señales “seguirán a os que creen".

 

CURA E A EXPECIAÇÃO

 

Nós queremos considerar uma de as referencias bíblicas mais importantes sobre cura em detalhe:

 

“Ciertamente ele llevó nossas enfermidades e sufrió nossos dolores. Nós lhe tuvimos por azotado, como ferido por Deus, e afligido. Porém ele foi ferido por nossas transgresiones, molido por nossos pecados. O castigo que nos trajo paz foi sobre ele, e por sus heridas fuimos nós sanados” (Isaías 53:4-5).

 

Isaías 53 é um capítulo profético que se refere a Jesus Cristo. Os versículos quatro e cinco definitivamente unen a cura a a expeciação de Jesus por Su morte em a cruz. O único uso de a palavra “ciertamente” em este capítulo, que é uma palavra de énfasis, precede esta provisão para nossa salvação e cura.

 

O pecado e enfermidade são os males gemelos de Satanás. Salvação e cura são provisiones gemelos de Deus para a libertação. Antes do Calvario as pessoas fueran salvas e sanadas esperándolo em fé.

 

Depois, salvação e cura viene de mirar atrás a ele em fé.

 

A enfermidade e morte entró por o pecado e são penalidades para a iniquidad, assim que su remedio deve encontrarse em a expeciação de Cristo. Jesus salvó llevó dolencia e enfermidades ao mesmo tempo e de a misma maneira que Ele salvó sus pecados.

 

“De modo que se cumpliese o dicho por meio do profeta Isaías, quem disse: O mesmo tomó nossas debilidades e cargó com nossas enfermidades” (Mateus 8:17).

 

Deus puso os dos, o pecado e a enfermidade, sobre Jesus em a misma expeciação. Pedro fala de salvação e cura como sendo um feito cumplido:

 

“O mesmo llevó nossos pecados em su corpo sobre o madero a fin de que nós, habiendo muerto para os pecados, vivamos para a justicia. Por sus heridas habéis sido sanados” (1 Pedro 2:24).

 

Desde que Jesus llevó sus pecados, deve ser a vontade de Deus salvar quando você viene a Ele. Desde que Ele llevó sus enfermidades, também deve ser Su vontade curar quando você viene a Ele. O mesmo Deus que perdona todos sus pecados também cura todas sus enfermidades:

 

“Bendice, oh alma mía, a Jehová, e no olvides Nenhum de sus beneficios. O é quem perdona todas tus iniquidades, o que cura todas tus doenças” (Salmos 103:2-3).

 

O nombre redentor “Jehová-tsidkenu” revela a provisão redentora de Deus para su alma.

 

O nombre redentor “Jehová-rapha” revela Su provisão redentora para su corpo.

 

A palavra “salvo” em Romanos 10:9 é a misma palavra usada por Marcos quando ele disse, “todos que o tocado foram sanados”. A palavra griega “sozo” usada em estes pasajes significa salvação do pecado e de su castigo. A enfermidade é parte do castigo, assim que a salvação é parte de a expeciação para o pecado.

 

Enquanto a expeciação de Cristo tem garantizado a perfeccião final do crente, as imperfecciones humanas físicas e espirituais continuam. O crente continua sufriendo ataques de pecado e enfermidade. Os últimos beneficios de a expeciação de Cristo ainda serão revelados:

 

“Que sois guardados por o poder de Deus mediante a fé, para a salvação preparada para ser revelada em o tempo final” (1 Pedro 1:5).

 

Os beneficios de a salvação a ser revelados em a eternidad são aqueles de perfeccião física e espiritual.

 

Cuándo Jesus morreu em a cruz Ele llevó sus pecados? Como um crente, você ainda luta contra o pecado? O mesmo é verdade de a enfermidade. Jesus morreu por su enfermidade, porém com tal de que você esté em um mundo imperfecto e Satanás no está atado todavia, você também deve guerrear contra a enfermidade.

 

Há um tempo pasado, presente, e o futuro de salvação:

 

n  Pasado: Você é salvo do castigo de os pecados cometidos em o pasado.

n  Presente: Você é salvo do poder do pecado em o presente.

n  Futuro: Você se salvará de a presença do pecado em o futuro (a eternidad).

 

O mesmo é verdade de a cura. Você está salvo do castigo de a enfermidade por su pecado. Você pode vencer o poder de a enfermidade em o tempo presente e pode salvarse de a presença real de enfermidade em a eternidad.

 

Desde que cura é um beneficio de a expeciação, você no só deve aceitar a Jesus como Salvador, porém também como Curador. Como Ele pode mantenerlo alejado do pecado si você nunca o tem aceptado como o Salvador?

 

Como Ele pode mantenerlo alejado de a enfermidade si você nunca o tem aceptado como Curador?

 


A COMISSÃO PARA CURAR

 

Jesus comisisonou a Sus seguidores para pregar e enseñar o Evangelho do Reino de Deus e demonstrar su poder de cura e libertação. Estude o gráfico siguiente e busque cada referencia em su Bíblia:

 

                                          Mateus                    Marcos              Lucas              Hechos

Envío de 12                  10:1-42                6:7-13             9:1-6

Envío de 70                  10:1-24

Poder para atar e soltar  16:17-19

A comissão final            28:16-20              16:14-20          24:44-53       1:1-11

 

De os relatos de Mateus 10:1-42; Marcos 6:7-13; e Lucas 9:1-6, aquí está uma lista combinada de as instrucciones dadas a os primeros doze discípulos comisionados:

 

n  Vaya de dos em dos

n  Vaya a Israel

n  Predique o mensagem do Reino, inclusive o arrependimento

n  Sane o enfermo e cure todos os tipos de enfermidades

n  Levante o muerto

n  Limpie a os leprosos

n  Expulse os demônios

n  No espere preparar a ropa o o dinero para ir

n  Libremente você tem recibido, libremente dé

n  Recibieron poder e autoridade sobre os espíritos malignos e Satanás

 

Lucas 9:6 e Marcos 6:12-13 registran os resultados de su ministério.

 

Em Lucas 10:1-24, nós leímos de a comissão de os setenta discípulos. As instrucciones dadas fueran:

 

n  Vaya por su caminho: Su ministério no se restringió a Israel. Eles deberían ir a cada cidade adãode Ele iría depois.

n  Predique o mensagem do Reino.

n  Sane o enfermo.

n  No espere preparar a a ropa e ao dinero para ir.

n  Eles recibieron poder para pisar em as serpientes e sobre todo o poder do inimigo, e nada os herirían.

 

Se registran os resultados de su ministério em Lucas 10:17 e a contestacião de Jesus a ele em Lucas 10:18-20.

 

A comissão final de Jesus a Sus discípulos se registra em Mateus 28:18-20; Marcos 16:16-20 (conhecido como a Grande Comissão); e Lucas 24:44-53. Esta comissão será cumplida por todos os crentes. De as referencias combinadas, aquí está um resumen de as instrucciones:

 

n  Vaya e enseñe todas as nações; em todo o mundo; entre todas as nações, empezando em Jerusalén; a cada criatura viviente.

n  Predique o arrependimento e remisião de pecados em Su nombre.

n  Enseñe o Evangelho, então depois de a conversião enséñeles a os convertidos a observar todas as coisas que Jesus ordenó.

n  Poder para a tarea se promete. Estas señales seguirán aqueles que creen:

o    Expulsarán os diablos, hablarán em nuevas lenguas, as serpientes no os causará daño, beberán coisas mortales sem daño, pondrán as mãos sobre os enfermos e eles sanarán.

o    Jesus estará com aqueles que cumplen esta comissão.

 

Todo verdadeiro crente, nacido de novo, deve estar involucrado em cumplir esta comissão para alcançar as nações com o Evangelho de salvação, cura, e libertação. A cura e o ministério de libertação no são optativos para a Igreja. É uma parte vital de a Grande Comissão.

 

AS LLAVES AO REINO

 

Em as enseñanzas do Novo Testamento, Jesus dio muitas verdades o “llaves” para entender o Reino de Deus. Três de estas são vitales para ministrar e receber a cura. A primeiro é que si su preocupacião primaria está com o Reino de Deus, todas as otras coisas necesarias (inclusive a cura) se proporcionarán a você:

 

“Mais bem, buscad primeramente o reino de Deus e su justicia, e todas estas coisas os serão añadidas” (Mateus 6:33).

 

O segundo é que para receber, você deve dar:

 

“Dad, e se os dará...” (Lucas 6:38).

 

Si você quer receber a cura, comece a ministrar a cura. Enquanto você da, você recibirá.

 

Abraham orou por a esposa yerma de Abimelec e ela foi sanada a pesar do feito que su própria esposa, Sara, todavia era yerma. Depois, Sara concibió e generó a Isaac.

 

O tercio princípio importante é que nada é imposible para Deus:

 

“O les disse: --O que é imposible para os homens é posible para Deus” (Lucas 18:27).

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Resuma o que o Antigo Testamento ensina com respecto a a cura.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 


3. Usando os exemplos de Jesus e de a primeira Igreja, resuma o que o Novo Testamento ensina com respecto a a cura.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4. De as Escrituras, demonstre que cura é um beneficio de a expeciação de Jesus Cristo.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

5. Resuma A Grande Comissão com respecto a cura e libertação.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

6. Liste as referencias de a Bíblia discutidas em esta lição que comprueba que todos os crentes devem estar envolvidos em a cura e libertação.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

7. cuáles são as três “llaves ao Reino” relacionadas a a cura qué se discutió em esta lição?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Use o Apêndice de este manual para continuar su estudo de a base bíblica de a cura.

 

Quando você terminar as notas de investigacião em o Apêndice, continúe extendiendo este estudo agregando sus propias notas do estudo ao Apêndice.

 

2. Nossa consideracião de a base bíblica de a cura no estaría completa sem a consideracião a os registros de fracasos claros de aqueles envolvidos em o ministério de cura.

 

Sempre recuerde, ao tratar com tales situaciones, que a interpretacião de a Escritura reposa em sus promessas e enseñanzas, no em a experiência. Haverá sempre fracasos em a parte de homem.

 

Epafrodito (Filipenses 2:25-27) vino cerca de a morte com su afliccião. Ao que parece ele no experimentó a cura inmediata, ainda que pode asumirse que Paulo ministró a ele. Epafrodito eventualmente se recuperó, sem embargo. Recuerde que a toda cura legítima viene de Deus, si instantânea, gradual, o a través de os procesos naturais. Você simplesmente no tem fallado porque a cura divina no é inmediatamente evidente.

 

2 Timoteo 4:20 fala de tener que dejar atrás a um homem enfermo nombrado Trófimo. Su caso é tão breve que poco pode recogerse de ele. Paulo o dejó enfermo, porém no nos diz si ele se curou a uma fecha mais tarde.

 

Mateus 17:14-21; Marcos 9:14-29; e Lucas 9:37-45 registran o fracaso de os discípulos para ministrar a libertação a um joven que foi afligido por os poderes demoníacos. A descripcião combinada do muchacho de os três registros bíblicos revela que ele era:

 

n  Um loco (mentalmente desordenado).

n  Muy molestado.

n  Cayéndose a menudo em o fuego e em a agua.

n  Machucado e dañado por o espírito.

n  Mudo.

n  Roto por o espírito.

n  Rechinando sus dientes.

n  Afectado desde a niñez.

 

Según Jesus, os discípulos fallaron em este caso devido a a incredulidad e porque esse tipo particular de poder demoníaco só podría salir a través de a oração e ayuno. Pode haber habido também o factor de um ambiente incrédulo, pues os discípulos estaban rodeados por e em debate com os líderes religiosos em o momento. Esta história também demuestra que há poderes demoníacos diferentes, mais poderosos que outros. Também confirma que tratar com estes poderes demoníacos requiere preparação espiritual especial.

 

Aquí está como Jesus trató com esta situacião. Ele lhe preguntó primeiro ao pai, “Cuánto tempo ele tem estado de esta maneira?" O pai respondió que ele había sido afectado desde a niñez. Jesus reprendió o espírito mal e lhe disse para salir e no entrar em ninguém mais. O espírito derrumbó ao muchacho joven e ele cayó em a terra, revolcándose e espumando. Jesus llamó o espírito de inmundo, sordo, e mudo.

 

Alguns pensaron que o joven estava muerto, porém Jesus o tomó por a mano e o elevó.

 

O espírito partió, e ele foi curado em essa misma hora.

 

Um cuidado sobre este relato: Você deve tener o cuidado para no clasificar todo sordo e mudo e/o aqueles com a epilepsia como sendo poseídos de demonio. Todos que são sordos e mudos no são poseídos de demonio. Eles podem haber sufrido enfermidades o lesiones que causaron su condição.

 

Há também uma condição llamada “epilepsia” que no é ninguna posesião demoníaca. As señales de epilepsia são similares (veja o gráfico debajo). A epilepsia é um síntoma que é o resultado de uma descarga súbita de energía por as células nerviosas em o cerebro. Pode tener muitas causas. Há algunas vítimas de a epilepsia onde a causa pode descubrirse (é decir, pode ser um tumor cerebral) e ser corregida médicamente. Em outros, a causa é desconocida:

 

Ataque Epiléptico                                          Ataque do Muchacho

                                                                         

A menudo começa em a niñez                   Começou em a niñez

Começa de repente                                 Começa de repente

Pérdida de a conciencia                            Se puso inconsciente

Frecuentes lesiones                                 Ferido frecuente em o fuego e agua

Soñoliento e exhausto depois                    Exhausto... alguns pensaron que ele

                                                           estava muerto

 

3. Cura no só está disponible para as condições físicas. Em o registro bíblico nós encontramos:

 

n  Cura do coração roto: Salmos 147:3

n  Cura do alma pecadora: Salmos 41:4

n  Cura de os rebeldes: Jeremías 3:22; Oseas 14:4

n  Aguas sanadoras: 2 Reis 2:21,22; Ezequiel 47:8,9

n  Sanando o povo de Israel e a cidade de Jerusalén: 2 Crãoicas 7:14; 30:20; Isaías 30:26; 57:18; Oseas 11:3

n  Promessa de curar o Egipto e os Gentiles: Isaías 19:22; 57:19

 

4. Se discutió a natureza triuna do homem – corpo, alma, e espírito – brevemente em esta lição. Para aprender mais sobre este assunto, estude as palabras “corpo, alma, e espírito” em a Bíblia. É importante para você entender su corpo, alma, e espírito e sus funciones enquanto você busca ministrar e receber a cura.

 

5. Aquí está uma lista de algunas de as Escrituras principais sobre cura e libertação:

 

Referencias do Antigo Testamento

 

Gênesis 17:18-19: Deus prometió curar a esterilidad de Sara.

Gênesis 20:17: Deus curou Abimelec.

Êxodo 4:6-7: A mano leprosa de Moisés.

Êxodo 15:25-26: Deus revela Su nombre como “Jehová-Rapha" qué significa, “O Señor Tú Curador”. Ele prometió que ninguna de as enfermidades de Egipto vendría sobre Israel.

Êxodo 23:25: Deus prometió apartar a enfermidade de entre Su povo.

Levítico 13:1-46: Regulaciones com respecto a a lepra.

Levítico 14:1-32: Regulaciones com respecto a a lepra.

Levítico 15:1-33: Regulaciones de Saúde.

Levítico 16:29-30: Cura de pecados.

Números 12:1-15: A Lepra de María (Miriam) e Aarão.

Números 16:41-50: Uma plaga afecta Israel.

Números 21:5-9: Cura de a serpiente simbólica de latão.

Deuteronomio 7:15: A obediência a Deus produce a saúde.

Deuteronomio 28: A enfermidade resulta quando nós no observamos a ley de Deus.

Deuteronomio 29:22: O Señor pone a enfermidade em a terra.

Deuteronomio 30:20: Deus é a vida e a longitud de días.

Deuteronomio 32:39: Deus hiere e cura.

Deuteronomio 7:15; 28:60: As Enfermidades de Egipto.

Josué 5:8: A cura natural de heridas de a circuncisião.

1 Samuel 6:3: Uma violacião de ofrenda trajo a cura.

1 Samuel 16:14-23: Um espírito mal perturba a Saúl.

1 Reis 5:23; 2 Crãoicas 16:12: Enfermidades em os pies.

1 Reis 8:37-40: Plagas em a terra.

1 Reis 13:4-6: Um homem com uma mano marchita.

1 Reis 17:17-24: Elías resucita a um niño de a morte. (O mensajero e o mensagem se confirman por a cura.)

2 Reis 1:2; 8:8-9: Eu recuperaré de esta enfermidade?

2 Reis 2:19-22: Cura de aguas por Eliseu.

2 Reis 4:8-37: Ressurreição do filho de a Sunamita.

2 Reis 5:1-14: A cura de Naamán.

2 Reis 13:14,21: Eliseu está enfermo com uma enfermidade para a morte.

2 Reis 20:1-11: A enfermidade de Exequias.

2 Crãoicas 6:26-31: Oração de arrependimento e enfermidade.

2 Crãoicas 7:14: “eu sanaré su terra”.

2 Crãoicas 16:12: Um homem com uma grande enfermidade no busca Deus.

2 Crãoicas 20:9: Deus oye quando nós lloramos em afliccião.

2 Crãoicas 21:12-30: Uma enfermidade incurable de os intestinos.

2 Crãoicas 24:25: A enfermidade é llamada de grave.

2 Crãoicas 26:19: a lepra de Uzías.

2 Crãoicas 30:20: Cura do povo por as oraciones de Ezequías.

2 Crãoicas 32:24-26: a enfermidade de Ezequías.

Jó 1-2: Estes capítulos revelan as fuentes de os problemas de Jó, incluyendo su enfermidade.

Jó 5:18; 30:18: Jó fala sobre su enfermidade.

Salmos 6:2-3: “O Señor me cura”.

Salmos 27:1: “O Señor é a força de mi vida”.

Salmos 30:2: “Eu lloré e você me curou”.

Salmos 32:3-5: Reconhecer o pecado produce cura.

Salmos 34:19-20: “Muitos são as aflicciones do justo, porém o Señor o libra de elas todas”.

Salmos 38:3,7: O Enojo e o pecado afectan su saúde; a enfermidade se llama “aborrecible”.

Salmos 41:1-8: “Cura mi alma porque eu he pecado contra você”. A enfermidade se llama mal.

Salmos 42:11; 43:5: Deus é a saúde de nosso semblante.

Salmos 42:1-5: Cura para um espírito abatido.

Salmo 55:1-2: Oração perseverante e cura.

Salmos 60:2: “Sane as brechas de a terra”.

Salmos 67:2: “Para que seja reconhecido em a terra tu caminho, e em todas as nações tu salvação”.

Salmos 72:13: Nós devemos tener lástima do débil.

Salmos 91:9,10: “No te sobrevendrá mal, ni a plaga se acercará a tu tienda”.

Salmos 103:1-5: “No se olvide de Sus beneficios... o que cura todas tus doenças”.

Salmos 105:37: Israel caminó sem uma pessoa débil entre eles. Três millones de pessoas estaban todas bem e muy bem.

Salmos 107:17-20: “Ele envió Su Palavra e os curou”.

Salmos 119:25-28: Nós nos fortalecemos por a Palavra.

Salmos 119:67: “Antes de que eu fuera afligido, eu estava descaminado”.

Salmos 147:3: “Cura a os quebrantados de coração e venda sus heridas”.

Salmos 105:37: “Os sacó... no hubo entre sus tribos enfermo”.

Proverbios 3:7-8: Como ser saludable.

Proverbios 4:20-23: Os problemas de a vida são afectados por a actitud do coração.

As promessas de Deus são “vida a os que os hallan, e medicina para todo su corpo”.

Proverbios 12:18: A lengua do rei sabio trae a cura.

Proverbios 13:17: Um embajador fiel se compara a a saúde.

Proverbios 15:4, 30: Uma lengua cura é vida; uma boa noticia cura os huesos.

Proverbios 16:24: A Palavra de Deus trae cura a os huesos.

Proverbios 17:22: Um espírito roto afecta os huesos.

Eclesiastés 3:3: Há um tempo para curar.

Eclesiastés 5:17: Se relacionam o dolor e ira a a enfermidade.

Isaías 6:10: Entendimento, conversião, cura.

Isaías 19:22: Quando algum suplica a Deus, Ele cura. (Suplicar significa pedir seriamente e solicitar urgentemente.)

Isaías 32:3-4: Profecía de cura sendo parte do Reino de Deus.

Isaías 33:24: “Ningún morador dirá: Estoy enfermo”.

Isaías 35:5-6: Cura em o Milenio.

Isaías 38:1-12,16: a enfermidade de Exequias e su retorno a a saúde.

Isaías 53:5: Nós recibimos promessas de cura e libertação a través de a expeciação.

Isaías 57:18-19: Acercarse para cura.

Isaías 58:8: A saúde saltará.

Isaías 61:1: Jesus foi enviado para ligar ao coração destrozado (cura emocional).

Isaías 58:8: Saúde que brotará rápidamente.

Jeremías 3:22: Deus cura recayendo quando nós devolvemos a Ele.

Jeremías 8:14-15; 20-22: Um tempo de curar. O amargor do pecado está atado a a saúde física.

Jeremías 15:18: Como tratar com uma herida incurable.

Jeremías 14:19: No há ninguna cura para nós?

Jeremías 17:14: “Sáname e eu me sanaré”.

Jeremías 30:12-17: Deus restaurará a saúde.

Jeremías 33:6: “Eu os curaré”.

Jeremías 46:11: “No há cura para ti”.

Jeremías 51:8-9: Cura de Babilonia.

Lamentaciones 2:13: “Quién pode sanarla?”

Lamentaciones 3:33: “Deus no aflige de boa ganha”.

Ezequiel 14:19: “No há ninguna cura para nós?”

Ezequiel 17:14: “Sáneme e eu me sanaré”.

Ezequiel 30:17: “Eu restauraré a saúde”.

Ezequiel 30:12-13: Heridas incurable que as remedios no podem curar.

Ezequiel 30:21: O que Deus quebranta no pode sanarse.

Ezequiel 33:6: “Eu os sanaré”.

Ezequiel 34:4,16,21: Uma advertencia a os pastores que no tem curado.

Ezequiel 46:11: “Você nos será curado”.

Ezequiel 47:8-12: Cura de as aguas.

Daniel 4:34,36: A cura de Nabucodonosor.

Oseas 5:13: Yendo a outro lugar para cura. O homem no pode curar uma herida infligida por Deus.

Oseas 6:1: “Ele arrebató, porém nos curará; ele hirió, porém nos vendará”.

Oseas 7:1: Cura para Israel.

Oseas 11:3: “Eles no supieron que eu os sané”.

Oseas 14:4: “Eu os sanaré de su infidelidad”.

Nahúm 3:19: Uma condição terminal.

Zacarías 11:16: Uma advertencia a os pastores que no sanan.

Malaquías 4:2: Cura em Sus alas.

 

Referencias do Novo Testamento

 

Mateus 8:13: O punto de contacto establece o tempo.

Mateus 8:17: Jesus llevó nossas enfermidades.

Mateus 10:1: Poder sobre a enfermidade e os demônios se da a os discípulos.

Mateus 18:19-21: Cualquier dos estando de acuerdo reciben o que pidieron.

Marcos 2:17: Cristo vino a curar a os pecadores.

Marcos 3:15-17: Cristo da o poder para curar o enfermo.

Marcos 4:18-19: A cura é parte de a uncião; Jesus foi enviado a curar.

Marcos 11:24: Si nós creemos quando nós oramos (no depois de que você recibe), você recibirá. Marcos 16:18: Aqueles que creen em o nombre de Jesus sanarán a os enfermos e expulsarán os demônios.

Lucas 5:31: Os enfermos necesitan de um médico.

Lucas 7:6: Indignidad se ve por Jesus como fé.

Lucas 7:22-23: O argumento mais convincente é a experiência.

Lucas 17:6: A fé pequeña pode traer grandes resultados.

Lucas 18:7-8: No se rinda antes de que su respuesta venga.

(A história de Daniel em o Antigo Testamento também ilustra a importancia de prevalecer em a oração: Deus oyó a Daniel desde o primeiro día, porém Satanás impidió durante unos 21 días.)

João 6:53-58: O corpo e a sangue de Jesus trae vida.

João 10:10: Jesus vino para que nós pudiéramos tener vida. Satanás vino a matar, robar, e destruir.

João 11:1-45: Uma enfermidade no sanada em o momento da caminho a um milagro mayor.

João 14:12-13: As obras que Jesus fez, nós devemos fazer.

João 15:7: A importancia de permanecer pidiendo e recibiendo.

João 16:24: Pídale em Su nombre e você recibirá.

Romanos 2:4: A bondad de Deus leva ao arrependimento. (Nota que a enfermidade no leva ao arrependimento; é a bondad de Deus.)

Romanos 8:19-23: O mundo entero está em processo de decadência.

2 Coríntios 4:16: Nosso homem exterior perece, porém o homem interior pode renovarse.

Efesios 3:20-21: Deus tem o poder para trabalhar em nós mucho mais abundantemente de o que nós pedimos o pensamos.

Filipenses 2:25-27: A enfermidade de Epafrodito.

Colosenses 4:14: Lucas, um médico, era parte do equipo de evangelizacião de Paulo.

2 Timoteo 4:20: O caso de Trófimo é tão breve, poco pode descubrirse sobre ele. Paulo o dejó enfermo, porém no nos diz si ele fuera curado depois instantáneamente o gradualmente, o o que podría haber impedido su cura.

Hebreos 4:15: Ele se compadece com nossas enfermidades.

Hebreos 11:1: Fé é a evidencia de coisas (curas) no vistas.

Tiago 1:8: Nós devemos pedir em fé e no devemos vacilar.

Tiago 1:17: Cada boa dádiva (cura) é de Deus.

Cura 5:14-15: Chamar a os presbíteros para ungir com aceite, oração de fé, cura e perdão.

1 Pedro 2:24: Nós nos sanamos por Sus heridas.

1 João 3:22: Cualquier cosa que nós pedimos nós podemos receber si nós somos obedientes.

3 João 1:2: Se relaciona a saúde a a condição de su alma.

Marcos 7:36; 8:26; Mateus 8:4: No transforme a cura em espectáculo.

Apocalipse 20:2-3: Quando Satanás é atado, no há mais ninguna enfermidade e morte.

Apocalipse 21:4: A última cura: Ninguna enfermidade e morte.

 

6. Deus tem prometido cura e libertação. Aquí são alguns versículos com respecto a as promessas de Deus: Romanos 1:16; 1 Reis 8:56; Proverbios 4:22; 2 Coríntios 1:20.


Capítulo Nove

 

OS PROPÓSITOS DE A CURA

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Identificar nove propósitos para a cura.

 

PROMESSAS DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Ao atardecer, trajeron a ele muitos endemoniados. Com su palavra echó fuera a os espíritos e curou a todos os enfermos, de modo que se cumpliese o dicho por meio do profeta Isaías, quem disse: O mesmo tomó nossas debilidades e cargó com nossas enfermidades” (Mateus 8:16-17).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

O propósito mais obvio de a cura está em fazer o enfermo bem. Porém a cura e libertação sirven a outros propósitos mais allá de fazer as pessoas sanas. Cura também:

 

DEMUESTRA O CARÁCTER DE DEUS

 

Cura demuestra que Deus é cortés, bueno, misericordioso, e compasivo:

 

“Clemente e compasivo é Jehová, lento para a ira e grande em misericórdia. Bueno é Jehová para com todos, e su misericórdia está em todas sus obras” (Salmos 145:8-9).

 

“Jesus, movido a compasião, extendió a mano, lhe tocó e lhe disse: --Quiero; sei limpio” (Marcos 1:41).

 

GLORIFICA A DEUS

 

Cura resulta em alabanza e glória a Deus:

 

“Então se acercaron a ele grandes multitudes que tenían consigo cojos, ciegos, mancos, mudos e muitos outros enfermos. Os pusieron a os pies de Jesus, e ele os curou; de maneira que a gente se maravillaba ao ver a os mudos hablar, a os mancos curados, a os cojos andar e a os ciegos ver. E glorificaban ao Deus de Israel” (Mateus 15:30-31).

 

“... porque todos glorificaban a Deus por o que había acontecido” (Hechos 4:21).

 

CONFIRMA A JESUS COMO O SALVADOR E MESÍAS

 

Leia Mateus 8:14-17 em su Bíblia. As curas registradas aquí confirman as palabras do profeta:

 

“... O mesmo tomó nossas debilidades e cargó com nossas enfermidades” (Mateus 8:17).

 

Em Lucas 5:18-26 a cura de um homem cojo e o perdão de sus pecados confirman a Jesus como o Salvador assim como curador. Aquí estão algunas otras referencias onde cura e libertação confirmaron a Jesus como o Salvador:

 

“Si no hago as obras de mi Pai, no me creáis. Porém si as hago, ainda que a mim no me creáis, creed a as obras; para que conozcáis e creáis que o Pai está em mim, e eu em o Pai” (João 10:37-38).

 

“Por certo Jesus fez muitas otras señales em presença de sus discípulos, as quais no estão escritas em este libro. Porém estas coisas tem sido escritas para que creáis que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que creyendo tengáis vida em su nombre” (João 20:30-31)

 

 

CONFIRMA O MENSAJERO E O MENSAGEM

 

Leia a história de a cura do joven em 1 Reis 17. Quando este muchacho foi curado, su madre disse a a profeta Elías:

 

“Então a mulher disse a Elías: ¡Agora reconheço que tú eres um homem de Deus e que a palavra de Jehová é verdade em tu boca!” (1 Reis 17:24).

 

A cura verificó ao mensagem e o mensajero.

 

“Com todo isso, eles continuaron mucho tempo falando com valentía, confiados em o Señor, quem daba testimonio a a palavra de su gracia concediendo que se hiciesen señales e prodigios por meio de as mãos de eles” (Hechos 14:3).

 

“Com todo isso, eles continuaron mucho tempo falando com valentía, confiados em o Señor, quem daba testimonio a a palavra de su gracia concediendo que se hiciesen señales e prodigios por meio de as mãos de eles” (Hechos 4:13)

 

A Bíblia registra que depois de um grande milagro de cura, os líderes espirituais e políticos...

 

“E viendo a valentía de Pedro e de João, e teniendo em cuenta que eram homens sem letras e indoctos, se asombraban e reconocían que haviam estado com Jesus” (Hechos 4:13).

ANIMA A RECEPTIVIDAD AO EVANGELHO

 

É fácil de decirles a as pessoas sobre o Evangelho depois de que elas se tem curado. Há vários exemplos de isto em o libro de Hechos. As curas abrieron a puerta para o Evangelho ser compartido para a salvação, a llenura do Espírito Santo, e ao crecimiento de a igreja. Veja Hechos 2:42-47 e 5:14 para exemplos.

 

Ainda que cura anima a receptividad ao Evangelho, sempre recuerde que no se reemplaza a predicacião do Evangelho de salvação. A Palavra deve enseñarse juntamente com a demostracião de poder a través de curas e liberaciones para traer as pessoas a uma relacião correcta com Deus. Sempre recuerde que é a Palavra que crea a fé para a salvação, cura, e libertação.

 

Cura é uma herramienta poderosa de evangelizacião. Em as curas registradas em a Escritura:

 

1. Em 17 casos, as curas sucedieron em ocasiones de evangelizacião:

 

n  Mateus 4:24; 8:16; 9:2-8; 9:32-33

n  Marcos 1:23-28; 9:14-27; 10:46-52

n  Lucas 8:42-48; 13:10-13,16; 14:1-4; 17:11-19

n  João 4:28-30; 5:1-9, 14; 9:1-7

n  Hechos 3:1-10; 8:5-8; 14:8-10

 

2. Em 16 casos, as curas tuvieron um resultado evangelista:

 

n  Mateus 9:2-8; 9:32-33; 12:9-13

n  Marcos 1:23-28; 5:1-13, 18-20; 7:32-37; 9:14-27

n  Lucas 5:12-14; 13:10-13,16; 17:11-19

n  João 4:28-30; 9:1-7

n  Hechos 3:1-8; 8:5-8; 9:32-35; 14:8-10

 

3. Em 21 de 26 curas, hubo uma ocasião o resultado evangelista.

 

ESTABLECE O REINO DE DEUS

 

As curas e liberaciones hechas por Jesus e Sus discípulos foram a primeira fase do establecimiento do Reino de Deus:

 

“Sanad a os enfermos que haja allí e decidles: 'O reino de Deus se tem acercado a vosotros” (Lucas 10:9).

 

 “Porém si por o Espírito de Deus eu echo fuera os demônios, ciertamente tem llegado a vosotros o reino de Deus” (Mateus 12:28).

 

Enquanto você ministra a cura, recuerde que o Reino no está presente ainda em su llenura. Em a llenura do Reino haverá ausencia completa de enfermidade e morte. O corpo, assim como o alma, no está redimido agora como estará em a llenura do Reino.

 

Você está salvo de a penalidad do pecado em o pasado e pode ser salvo de su poder em o presente. Em o futuro, você será salvo de a presença do pecado. O mesmo é verdade de a enfermidade. A enfermidade no é uma penalidad para nossos pecados pasados. Nós podemos ser redimidos de su poder em o presente, porém no de su presença até a eternidad futura.

 

DEMUESTRA O JUICIO SOBRE O INIMIGO

 

Quando você pone as mãos sobre o enfermo você está declarando que o príncipe de este mundo se tem juzgado e o poder de a dolencia e enfermidade tem sido destruído (João 16.11). Recuerde que é o poder de a enfermidade que se destruye, no su presença. Nós só seremos redimidos de su presença quando adentrarnos em a llenura do Reino de Deus.

 

AUMENTA A OS LÍDERES ESPIRITUAIS

 

Cura se tem usado para levantar a os grandes líderes espirituais. Paulo foi chamado para ser um apóstol do Evangelho em o momento de Su cura (Hechos 9).

 

RESULTA EM GRANDE ALEGRÍA

 

Leia Hechos 8:5-25. Este pasaje explica a grande alegría que vino a os individuos e comunidades onde a cura e a libertação haviam sido ministradas.

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Cuáles são os nove outros propósitos de a cura además de a cura física, discutidos em esta lição?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

Deus tem outros propósitos em su cura además de a cura física. Entender estes propósitos lhe ayudará a pedir a cura em confianza, conociendo que ela é a vontade de Deus. Piense sobre como su cura...

 

Demostraría o carácter de Deus:

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Glorificaría a Deus:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Confirmaría a Jesus como o Salvador e Mesías:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Confirmaría o mensajero e o mensagem que você ensina:

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Animaría a receptividad ao Evangelho:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Establecería o Reino de Deus:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Demostraría o juicio sobre o inimigo:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Produciría grande alegría:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 


Capítulo Dez

 

OS DONS DE CURAS

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Identificar o Espírito Santo como parte de a Trinidad de Deus.

n  Resumir o ministério do Espírito Santo.

n  Definir “don espiritual”.

n  Definir os “dons de curas”.

n  Listar os dons espirituais específicos que complementan o don de curas.

n  Identificar quién deve estar involucrado em o ministério de cura.

 

PROMESSAS DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Porém a cada qual lhe é dada a manifestação do Espírito para provecho mutuo. Porque a um se lhe da palavra de sabiduría por meio do Espírito; porém a outro, palavra de conhecimento según o mesmo Espírito;  outro, fé por o mesmo Espírito; e a outro, dons de curas por um solo Espírito” (1 Coríntios 12:7-9).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

A Bíblia comisiona a todas os crentes a estar envolvidos em o ministério de a cura e libertação, porém a Palavra também confirma que há dons especiales de curas dados a alguns crentes por o Espírito Santo. Esta lição introduz o Espírito Santo como a parte de a Trinidad de Deus, resume Sus ministérios, define os dons espirituais, e específicamente enfoca em os dons de curas e os dons espirituais relacionados.

 

O ESPÍRITO SANTO

 

O Espírito santo é parte do Trinidad de Deus que consiste em Deus o Pai, o Filho Jesus Cristo, e o Espírito Santo. Se revela a natureza triuna de Deus em os siguientes pasajes:

 

Mateus 3:16-17; João 15:26; Romanos 8:2-3; 2 Coríntios 13:14; Efesios 2:18; 1 Pedro 4:14; e Hechos 2:33. O Espírito Santo é omnipresente, o que significa que Ele está presente por todas partes (Salmos 139:7). Ele é omnisciente, o que significa que Ele sabe todas as coisas (1 Coríntios 2:10-11).

 

Ele é omnipotente, o que significa que Ele é todo poderoso (Salmos 62:11). Ele é eterno, o que significa que Ele é para todo sempre (Hebreos 9:14).

 

O MINISTÉRIO DO ESPÍRITO SANTO

 

O Espírito santo tem muitos ministérios. Aquí está um resumen de o em que a Bíblia diz sobre Su papel:

 

Creacião: Ele estava activo em a creacião de a terra.

 

Escrituras: Ele ministró por originalmente revelar e inspirar as Escrituras e continua ministrando e iluminando nossos corações para entender a Palavra.

 

Israel: O Espírito Santo vino sobre os líderes de Israel, os guió a a terra prometida, lleno sus lugares de adoração, e vendrá sobre eles em o futuro durante a tribulacião e milenio.

 

Jesus: Jesus foi concebido, ungido, sellado, guiado, capacitado, lleno, ofrecido a a morte, e levantado de os muertos por o Espírito Santo.

 

Pecadores: Os pecadores são convencidos de pecado e levados ao Evangelho por o Espírito Santo.

 

Satanás: O poder de Satanás é reprimido por o poder do Espírito Santo.

 

Igreja: O Espírito Santo formó a Igreja, Ele inspira su culto, dirige sus atividades misioneras, selecciona su ministério, unge a sus predicadores, guías sus decisiones, e a bautiza com poder.

 

Crentes: O Espírito Santo convence a os crentes de pecado, santifica, bautiza com poder, mora dentro de, fortalece, une, intercede, guías, demuestra o amor, conforma a a imagem de Cristo, revela a verdade, ensina, da conviccião de salvação, da libertad, consuela, vivifica, fala a través de e a eles, demuestra o poder de Deus, inspira a adoração, capacita para dar testimonio, e desenvolve o fruto espiritual e os dons espirituais. Uma funcião importante do Espírito Santo em a vida do crente e de a Igreja que se relaciona a cura e libertação é dar os dons espirituais.

 

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO

 

Os dons espirituais são habilidades sobrenaturais dadas por o Espírito Santo a um crente para ministrar como parte do Corpo de Cristo. Há uma diferencia entre o “don” do Espírito Santo e os “dons” do Espírito Santo. O “don” do Espírito Santo se dio em Pentecostés e se registra em Hechos 2. Os “dons” do Espírito Santo são habilidades sobrenaturais dadas a aqueles que tem recibido o don do Espírito Santo. Estes dons les permiten a os crentes que ministren eficazmente tanto dentro do Corpo de Cristo como a os incrédulos.

 

Um don espiritual no é um talento o habilidade natural. É uma habilidade sobrenatural dada por o Espírito Santo. Uma pessoa no opera o desenvolve os propios dons espirituais em ele. Os dons são habilidades sobrenaturais dadas a e operadas a través de ele por o Espírito Santo. Você pode ler sobre os dons espirituais em os siguientes pasajes:

 

n  Romanos 12:1-8 1

n  1 Coríntios 12:1-31

n  Efesios 4:1-16

n  1 Pedro 4:7-11

 

Como você descubrirá em estes versículos, há muitos dons espirituais dados a a Igreja. Nosso enfoque do estudo presente, sem embargo, é os dons de curas.

 

OS DONS DE CURAS

 

Porém a manifestação do Espírito se da a cada homem para o provecho de todos.

 

“Porém a cada qual lhe é dada a manifestação do Espírito para provecho mutuo. Porque a um se lhe da palavra de sabiduría por meio do Espírito; porém a outro, palavra de conhecimento según o mesmo Espírito; a outro, fé por o mesmo Espírito; e a outro, dons de curas por um solo Espírito” (1 Coríntios 12:7-9).

 

Um crente com os dons de curar tem a habilidade de permitir o poder de Deus fluir a través de ele para restaurar a saúde aparte do uso de métodos naturais. Todos os crentes são comisionados para orar por o enfermo, porém um crente com os dons de curas é usado específicamente e de forma consistente por Deus em esta área de ministério.

 

Há uma variedad de dons de curas porque a palavra “dons” é plural. Há maneras diferentes em que a cura viene e vários métodos de usar os dons. Piense em as varias maneras que Deus trabaja para traer a uma pessoa a a salvação. No pode ser que Ele também trabaja de varias maneras para traer a cura?

 

Métodos o dons em sí mismos no sanan mais que eles salvan. Eles são só canales a través de que o poder de Deus se manifesta.

 

Em a Bíblia nós encontramos dons de curas manifestados por:

 

1. O ministro tocando ao enfermo.

2. As pessoas tocando ao ministro.

3. Falando a Palavra de cura de uma distância.

4. Falando a Palavra de cura em a presença do enfermo.

5. Tratando directamente com uma pessoa.

6. Cura devido a a intercesião por outro.

7. Orando.

8. Cura que ocurrió a través de um acto de fé por a pessoa enferma.

9. Os vários tipos de fé:

 

n  A fé de um que ministra.

n  A fé de um buscando cura.

n  A fé de amigos.

n  A fé de parientes.

 

10. Agentes diferentes de cura. No há nada sagrado sobre eles, porém eles foram usados como um punto de contacto:

 

n  Escupe

n  Barro

n  A ropa de oração

n  Uma cataplasma de higos

n  O dobladillo do vestido do ministro

n  As sombras do ministro

n  Aceite

n  Dedos em a oreja

n  Agua

 

11. Os milagros especiales:

 

Deus unge a algunas pessoas com a por curas especiales. Por exemplo, Deus usa a algunas pessoas para ministrar sobre todo a os pacientes de cáncer. Isto no significa você no deve ministrar em todas as áreas de cura, pues o orden é curar o enfermo em general. Porém o Espírito Santo pode ministrar de forma consistente a través de você a as enfermidades particulares.

 

OS DONS ESPIRITUAIS RELACIONADOS

 

Todos os dons espirituais são importantes e necesarios em o Corpo de Cristo, porém aquí está uma lista de alguns de os dons espirituais que sobre todo complementan os dons de cura:

 

Enseñando E Exhortacião: Basado em a Palavra, eles aumentan a fé por cura.

 

Profecía, Lenguas, Interpretacião: Pode traer uma palavra directa de Deus com respecto a a enfermidade e/o cura.

 

Don de Discernimento de espíritos: Permite determinar si cura o libertação se necessita e conhecimento de os espíritos em funcionamiento.

 

Don De Fé: Imparte uma confianza especial para actuar em o conhecimento proporcionado por o discernimento e orar a oração de fé.

 

Palavra De Conhecimento: Da conhecimento de a causa raíz de a enfermidade. É especialmente útil com a cura emocional o quando se relaciona a enfermidade física a um problema demoníaco. Pode dar a visião sobre pecados que necesitan ser confesado, as forças demoníacas involucradas, e as actitudes mentais que podem estar bloqueando a cura.

 

Palavra De Sabiduría: Lhe permite usar o conhecimento que Deus cede em uma “palavra de sabiduría” (instruções) a a pessoa enferma.

 

Don De Milagros: As curas instantâneas e creativas, é decir, o crecimiento de um miembro, etc. Eles são eventos para os quais ninguna explicacião natural pode darse, algo que de ninguna maneira podría ocorrer por os meios naturais. Você pode aprender mais sobre estes dons em o curso do Instituto Internacional Tempo de Colheita intitulado “O Ministério Do Espírito Santo”.

 

BUSCANDO OS DONS ESPIRITUAIS

 

A Bíblia ensina que por o menos cada crente tem um don espiritual:

 

“Cada um ponga ao servicio de os demás o don que tem recibido, como buenos administradores de a multiforme gracia de Deus” (1 Pedro 4:10).

 

“Porém a cada qual lhe é dada a manifestação do Espírito para provecho mutuo. Porém todas estas coisas as realiza o único e o mesmo Espírito, repartiendo a cada um em particular como ele designa” (1 Coríntios 12:7,11).

 

Porque cada crente tem por o menos um don espiritual, cada um de nós tem uma responsabilidad para descubrir e usar su don. A Bíblia diz que nós devemos buscar os dons espirituais:

 

“Com todo, anhelad os melhores dons” (1 Coríntios 12:31).

 

Quando você ora por os dons de curas, você está preguntándole a Deus para desarrollar o que já está em você, pues todos os crentes têm o potencial e a autoridade para poner as mãos sobre o enfermo para cura. Jesus aumentó os recursos que a Ele foi dado (Lucas 5:22) e a Timoteo foi dicho para avivar o don dentro de ele (2 Timoteo 1:3).

 

O MINISTÉRIO DE A IGREJA

 

Todos os crentes são comisionados para curar o enfermo, e ainda que Deus mueve a través de alguns em os dons especiales de cura, todos os crentes devem estar envolvidos em o ministério de cura. Aquí está uma lista de aqueles que a Bíblia diz que devem estar envolvidos ao em a ministrar a cura:

 

n  Pastores e pastores (os líderes espirituais): Ezequiel 34

n  Presbíteros / diáconos: Tiago 5:14

n  Crentes comuns: Lucas 16:15-18; Tiago 5:16

n  Aqueles com os dons especiales de curar: 1 Coríntios 12:9

n  A Igreja inteira (deve ser um centro curador): Lucas 14:16-24

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Quién o Espírito Santo é?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

3. Resuma o que você aprendió sobre o ministério do Espírito Santo em esta lição.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

4. Qué é um don espiritual?

_____________________________________________________________________

 

5. Defina os “dons de curas”.

_____________________________________________________________________

 

6. Qué dons espirituais específicos complementan sobre todo o don de cura?

_____________________________________________________________________

 

7. Quién deberá estar involucrado em ministrar a cura?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Você tem dificultad em cree para um milagro para su própria condição física o de alguém a quem você está ministrado? Deus tem criado um orden natural, porém Ele no está limitado por tal orden. Os milagros ocurren quando Deus sobrenaturalmente se mueve mais allá de os límites do orden natural. Realmente, as curas milagrosas são uma restauracião a a normalidad. É a enfermidade e a posesião demoníaca que são antinaturales e contrarias a as leyes originales de Deus. Assim realmente, curas milagrosas, liberaciones, etc., é um retorno a a normalidad. Em a realidad, no é milagros que são raros, porém su ausencia de nosso ministério.

 

2. Em o libro de Hechos, note as pessoas diferentes que Deus usó em os dons de curas:

 

n  Hechos 3:1-11: Pedro e João (apóstoles)

n  Hechos 5:15; 9:32-34: Pedro (apóstol)

n  Hechos 8:5-7: Felipe (evangelista e diácono)

n  Hechos 9:17-18: Ananías (um crente desconocido)

n  Hechos 14:8-10; 28:7-9: Paulo (apóstol)

 

3. O Espírito Santo é o dador de dons espirituais. Aquí está como receber o bautismo do Espírito Santo:

 

n  Arrepiéntase e seja bautizado: Hechos 2:38

n  Crea que é para você: Hechos 2:39

n  Deséelo: João 7:37-39

n  Acéptelo como um don: Hechos 2:38

n  Ríndase a Deus: Isaías 28:11; Hechos 2:4

n  Pida as oraciones de outros crentes: Hechos 2,4,10

 

4. Reveja os pasajes de novo sobre os dons espirituais:

 

n  Romanos 12:1-8

n  1 Coríntios 12:1-31

n  Efesios 4:1-16

n  1 Pedro 4:7-11

 

Você tem descubierto su próprio don(é) espiritual(é)? ________ Em esse caso, você está usándolo para ministrar a outros activamente? ________ Si você no está usando su don, como você pode empezar a usarlo? ________________________________

 

5. Para estudo adicional do Espírito Santo e os dons espirituais, obtenha o curso de a Red Internacional Tempo de Colheita intitulado “O Ministério Do Espírito Santo”.


Capítulo Onze

 

AS TRADIÇÕES DE HOMENS

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Responda a as siguientes tradições de os homens acerca de a cura:

 

o    Cura e os milagros no são para hoje.

o    Por qué no se levantan todos os muertos?

o    Por qué Cristianos mueren?

o    A medicina moderna hace a cura divina innecesaria.

o    A cura divina é enseñada por os cultos falsos.

o    O corpo é mais enfatizado o alma.

o    Você está enfermo devido a su pecado.

o    É a vontade de Deus para você estar enfermo.

o    Esta é uma afliccião do justo.

o    A cura divina é rara.

o    Su enfermidade é su cruz.

 

PROMESSAS DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Mi alma está pegada ao polvo; vivifícame según tu palavra. Mis caminos te declaré, e me respondiste; enséñame tus leyes. Hazme entender o caminho de tus ordenanzas, e meditaré em tus maravillas. Mi alma llora de ansiedad; sostenme conforme a tu palavra” (Salmos 119:25-28).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Tradições são creencias, reglas, e princípios de os homens. Nossas tradições e creencias impiden a obra de a Palavra de Deus. Jesus les disse a os líderes religiosos de Su tempo:

 

“... Assim habéis invalidado a palavra de Deus por causa de vuestra tradicião” (Mateus 15:6).

 

Si a fé viene por ouvir a Palavra de Deus, então ela irse por ouvir e aceitar as tradições e doctrinas de os homens que destruyen a fé.

 

Esta lição discute tradições comuns de os homens acerca de a cura. Uma contestacião bíblica a cada tradicião se presenta desde que o melhor remedio contra o error no é o silencio, porém a proclamacião de a verdade de a Palavra de Deus. Quando nós quitamos as tradições e objeciones acerca de a cura nós quitamos as barreras que bloquean a cura divina de ocorrer.

 

O Salmista David indicó que ainda que ele previamente declaró sus propios caminos agora ele deseaba aprender os caminos de Deus:

 

“Mi alma está pegada ao polvo; vivifícame según tu palavra. Mis caminos te declaré, e me respondiste; enséñame tus leyes. Hazme entender o caminho de tus ordenanzas, e meditaré em tus maravillas. Mi alma llora de ansiedad; sostenme conforme a tu palavra” (Salmos 119:25-28).

 

David reemplazó as tradições com a Palavra de Deus, e fazendo assim, su alma foi vivificada (sanada e renovada).

 

Aquí estão algunas tradições comuns de os homens acerca de a cura:

 

"CURA E MILAGROS NO SÃO PARA HOJE"

 

Algunas pessoas reivindican que a cura só era para os tempos de a Bíblia o para o futuro quando Jesus retornar.

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

Deus diz:

 

“... Eu soy Jehová tu curador” (Êxodo 15:26).

 

“Eu soy” está em o tempo presente. Como nós podemos cambiarlo a “Eu foi” em o pasado o “Eu seré” em o futuro? A Bíblia ensina que Deus no cambia:

 

“Toda boa dádiva e todo don perfecto proviene de o alto e desciende do Pai de as luces, em quem no há cambio ni sombra de variacião” (Tiago 1:17).

 

“Porque eu, Jehová, no cambio; por isso vosotros, oh filhos de Jacob, no habéis sido consumidos!” (Malaquías 3:6).

 

Deus no tem cambiado desde o princípio de os tempos:

 

“Jesus Cristo é o mesmo ayer, hoje e por os siglos!” (Hebreos 13:8).

 

Si o día de os milagros é pasado, então o mesmo sucedió com o día de salvação, pues no há ningún milagro mayor que a salvação. Alguns dicen que a cura é para o futuro quando Jesus retornar a a terra. Si isto é verdade, então o ministério de maestros, pastores e outros líderes também devem ser para esse tempo futuro porque o don de cura é um don espiritual assim como estes outros dons.

 

O argumento mais convincente contra as demandas que os milagros no são para hoje é o registro documentado de a experiência. Há sete “dispensaciones” o “edades” em que Deus tem tratado com o homem de maneras especiales. Estas são:

 

n  A edad de a inocencia: Gênesis 1:28

n  A edad de a conciencia: Gênesis 3:23

n  A edad do gobierno humano: Gênesis 8:20

n  A edad de a promessa: Gênesis 12:1

n  A edad de a ley: Êxodo 19:8

n  A edad de a gracia: João 1:17

n  A edad do Reino: Efesios 1:10

 

A venida de Jesus introdujo a última edad, a edad do Reino. Ao princípio de esta edad, Jesus realizó milagros e curas:

 

“E respondiendo les disse: --Id e haced saber a João o que habéis visto e oído: Os ciegos ven, os cojos andan, os leprosos são hechos limpios, os sordos oyen, os muertos são resucitados, e a os pobres se les anuncia o evangelho” (Lucas 7:22).

 

O libro de Hechos registra os milagros e curas em a Igreja Primitiva. O registro documentado de a história de a Igreja moderna também confirma muitas curas e milagros.

 

"POR QUÉ NO SE LEVANTAN TODOS OS MUERTOS?”

 

Algunas pessoas preguntan, “Si curar é para hoje, por qué os crentes no pasan levantando todos aqueles que estão enfermos e muertos?”

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

Levantar o muerto no foi parte de a Grande Comissão dada a a Igreja. Se ordenó a os discípulos quando eles foram enviados em um viaje de predicacião para anunciar o Reino. A ressurreição de os muertos foi as primicias de a ressurreição de Jesus que estava para venir.

 

Há uma diferencia entre os milagros especiales e os milagros do pacto. Se realizaron milagros especiales como uma señal em circunstâncias especiales, como volver o agua em vino, caminando sobre o mar, multiplicar os panes e peces, abrir o Mar Rojo, e levantar os muertos.

 

Cura é um milagro do pacto do Antigo Testamento, no um milagro especial. Deus todavia levanta os muertos, porém isto é determinado por Su soberanía e no é uma parte general de nossa comissão para curar.

 

"POR QUÉ CRISTIANOS MUEREN?"

 

Enquanto nós estamos em o assunto de ao morte, alguns escépticos reivindican que si a cura divina sempre funcionase, ningún cristiano moriría.

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

As Escrituras no fazem tal demanda. A Bíblia só provê a saúde divina dentro de a duracião de a vida normal. Ainda que a expeciação de Cristo compró nossa redencião eterna de a morte, estes corpos mortales morirán em o futuro a menos que Jesus vuelva primeiro e o rapto ocurra. A misma Bíblia que ensina a cura também establece um límite em a longitud de a vida do homem:

 

“Os días de nossa vida são setenta años; e em os mais robustos, ochenta años” (Salmos 90:10).

 

“Então, tal como está establecido que os homens mueran uma sola vez, e depois o juicio” (Hebreos 9:27).

 

 

“A MEDICINA MODERNA HACE A CURA DIVINA INNECESARIA”

 

A tradicião diz: “No había ayuda médica competente por o tempo de Jesus. Agora que a ayuda está disponible, se espera que nós a usemos em lugar de orar a Deus por cura”.

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

Já em 400 a.C. había uma ciencia médica de cura. Hipócrates (460-370 a.C.), o pai de a medicina, desarrolló a ciencia de medicina a um estado relativamente alto. Algunas de sus técnicas ainda se usan hoje. Grecia, Egipto, e Roma tenían muitos practicantes competentes por o tempo de Jesus.

 

A cura divina no tem nada que fazer com a competencia o incompetencia de a ciencia médica. É uma bendicião proporcionada em a expeciação. Cada boa dádiva viene de Deus, assim é aceptable usar os recursos médicos legítimos. Recuerde, sem embargo, que a medicina no é uma suplente para a promessa do pacto de cura.

 

A pesar de os progresos de a medicina há ainda muitas enfermidades incurables, assim a cura divina ainda se necessita. Também muitas pessoas estão mais allá do alcance de a ayuda médica. Por exemplo, em África se tem estimado que unos 80% de as pessoas no têm siquiera o cuidado médico elemental.

 

“A CURA DIVINA É ENSEÑADA POR OS CULTOS FALSOS”

 

A tradicião diz: “A cura divina só se ensina por os cultos falsos”.

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

Wesley, Lutero, e Zinzendorf, líderes de as igrejas Metodista, Luterana, e Moravia, respectivamente, todos eles enseñaron a cura divina. Aqueles que o enseñan hoje, junto com o poder salvador de a sangue de Jesus e a deidad de Cristo, nos são menos ortodoxos que estes líderes.

 

Alguns cultos falsos enseñan a cura, porém no é ninguna verdadeira cura bíblica. É cura “psíquica” o de a “mente sobre a materia” que cura de outra fonte que Deus a través de Jesus Cristo.

 

Satanás é um engañador e imitador. Nós no eliminamos a cura divina simplesmente porque ele engaña e cura a través de os poderes malos. Satanás engaña muitos a creer que lavándose em o Río Ganges em India eles se limpiarán do pecado. Nós dejaremos de pregar a salvação só porque Satanás a imita? O feito de Satanás imitar a cura divina é outra indicacião de que há uma verdadeira cura.

 


"O CORPO É MAIS ENFATIZADO QUE O ALMA"

 

A tradicião exige: “A cura divina pone mais énfasis em o corpo que em o alma”.

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

Alguns em os ministérios de cura tem entrado em este modelo porém este no é o modelo bíblico de curar. O modelo bíblico trata do homem entero, corpo, alma, e espírito.

 

Cura no é um Evangelho de sí misma, é um aspecto do Evangelho de Cristo. Nunca deve predicarse aparte de a expeciação para a salvação de as almas de os pecadores. A concentracião de a igreja em o espírito e a preocupacião de a medicina com o corpo os dos tem perdido o concepto de a pessoa inteira como é presentado em a Bíblia.

 

"VOCÊ ESTÁ ENFERMO DEVIDO A SU PECADO"

 

Uma demanda a menudo oída é que “você está enfermo porque você pecó o tem pecado em su vida”.

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

Nós já temos cubierto este assunto em a discusião sobre a fonte e razões para a enfermidade em Capítulo Dezesseis. Enquanto toda a enfermidade está em o mundo devido ao pecado, uma pessoa no está necesariamente enferma devido ao pecado pessoal.

 

"É A VONTADE DE DEUS PARA VOCÊ ESTAR ENFERMO"

 

“É a vontade de Deus para você estar enfermo. É para Su glória”. Você tem oído esta demanda alguma vez?

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

Muitos no cuestionan si Deus pode o no curar, porém si Ele está deseoso. A Bíblia indica que nós somos imprudentes si nós no entendemos a vontade de Deus:

 

“Por tanto, no seáis insensatos, sino comprended Qual é a vontade do Señor” (Efesios 5:17).

 

Conhecer a vontade de Deus acerca de a enfermidade proporciona uma terra fecunda em que a fé pode crecer. A oração de fé é a única oração que é eficaz para obtener a cura. No podemos orar enquanto estejamos preguntándonos si curar é a vontade de Deus.

 

Si você realmente cree que é a vontade de Deus para você estar enfermo, então é equivocado pedir a alguém para orar por su cura. Si a enfermidade fuese de Deus, então os doctores serían do diablo porque eles estão intentando librar as pessoas de a enfermidade. Os hospitales estarían em pecado porque eles estão buscando librarse de as enfermidades em rebelião contra a vontade de Deus. Cada enfermera estaría desafiando a Deus com cada esfuerzo para aliviar o sufrimiento.

 

Aqueles que creen a enfermidade é a vontade de Deus no devem aceitar tratamiento médico para librarse de ela.

 

Eles no devem permitir a um doctor operar e quitar a vontade de Deus de su corpo. Si você realmente cree que a enfermidade é a vontade de Deus para você como um crente, você deve detenerse de tomar os remedios e ver os doctores porque você está luchando contra a vontade de Deus.

 

Porém nós sabemos que os doctores, remedios, hospitales, e a ciencia médica são uma extensião legítima de a bondad de Deus. Desde que a enfermidade é de Satanás, cada maneira legítima de aliviar o sufrimiento é de nosso Pai Celestial. (Por legítimo nós queremos decir os métodos que no involucran meios Satânicos o violan a Palavra de Deus.)

 

É verdade que nossos corpos foram comprados com um precio e nós devemos glorificar a Deus em eles, si nós estamos enfermos o bem. Porém em o registro bíblico, Deus se glorificó quando se as pessoas foram sanadas. Si a enfermidade glorifica Deus, então Cristo robó a glória de Deus sanando o enfermo. Si a enfermidade glorifica Deus, nós todos devemos orar para estar enfermos. Deus no se glorifica por a enfermidade em o corpo assim como no se glorifica por a enfermidade do pecado em o espírito.

 

A veces Deus permite que um crente tenga uma enfermidade, porém sempre recuerde que Satanás é a fonte. (Jó é um exemplo de isto.)

 

A veces Deus permite que um crente tenga uma enfermidade, porém sempre recuerde que Satanás é a fonte. (Jó é um exemplo de isto.) Deus no colocará a enfermidade em um crente. Ele tem conhecimento do ataque por Satanás e Ele usa todas as coisas (inclusive o mal) para cooperar para su bem. Por isto inclusive durante a enfermidade você pode estar mais próximo ao Señor. Deus sempre está buscando sacar o bem do mal.

 

Deus sempre está buscando sacar o bem do mal. Ele usó os efectos do pecado para remediarlo por a morte de Jesus. Deus no é a fonte de a enfermidade em a vida de um crente, porém Ele toma algo que Satanás intenta para o mal e trabaja em você para alcançar vitórias espirituais enquanto você sufre o ataque.

 

Paulo predicó em Galacia por primeira vez devido a um cambio em a agenda devido a a enfermidade (Gálatas 4:13-15).

 

A enfermidade de Trófimo o impidió de ir a Roma com Paulo e sufrir um destino similar (2 Timoteo 4:20). Se usó a enfermidade para impedir o pecado em Gênesis 12 e 20. Ainda que estes exemplos ilustran como Deus o usa, recorda que...

 

“Porque no aflige ni entristece por gusto a os filhos do homem” (Lamentaciones 3:33).

 

A enfermidade sola no produce a santos. Pode produzir amargor, quejas, pessoas descreídas. É a Palavra que santifica e produce o crecimiento (João 17:17). Enquanto é verdade que você se acerca mais a a Palavra durante uma enfermidade, no é necessário tener a enfermidade para crecer espiritualmente.

 

É útil recordar isto: A vontade de Deus para os crentes é a semejanza com Cristo em carácter.

 

Todo o demás, inclusive a enfermidade e saúde, deriva su importancia com respecto a esta meta divina (Romanos 8:28-29).

 

Em o caso de os incrédulos, a enfermidade é o resultado do pecado e o juicio inherente de Deus que viene do pecado. Porém Deus pode usar isto inclusive para o bem, pues quando a cura e a libertação são ministradas, a salvação pode resultar. Deus tem dado muitas promessas em Su Palavra com respecto a a cura e libertação. Por qué Deus daría estas em Su Palavra si Su vontade para você é a enfermidade? Si um crente diz, “eu no sei si é a vontade de Deus para sanarme”, pregúntele, “É a vontade de Deus manter Sus promessas?”

 

Jesus disse, “Si você me tem visto, você tem visto o Pai”. Ele disse isto porque Ele fez a obra e a vontade do Pai (João 14:9). Si você alguma vez se pregunta si Deus quer o no curar, você só tem que mirar as acciones de nosso Señor.

 

Quando você ora por cura, ore “Tu vontade se hará” o “Según Tu vontade”. No diga “Si é Tu vontade” quando você está orando por cura e libertação. ¡Um pecador no ora, “Señor, si é Tu vontade, sálvame!”. Cura é parte de a expeciação assim como a salvação. “Si” implica em duda que Deus quiera hacernos curados. “Según Tu vontade” proyecta a fé segura, enquanto dejamos o método, alcance, e o momento adecuado a Ele.

 

Inclusive em os casos de enfermidade para a morte, ore “Según Tu vontade” no “Si é Tu vontade curar”. "Según Tu vontade” deja o tempo e as condições com Deus. Ele pode escoger a última cura a través de morte que libra a um crente de a presença de a enfermidade para toda a eternidad.

 

Jesus nos enseñó a orar “Seja hecha Tu vontade, como em o céu assim também em a terra”. No há dolencia e enfermidade em o Céu, por isto nós podemos orar confiadamente contra eles em a terra conociendo que eles no são Su vontade em o Céu. Jesus nunca orou, “cura si é tu vontade, Deus”. A única vez que Ele orou “Si é Tu vontade” foi com relacião a Su própria sumisião ao plano de Deus para Su vida - no por cura.

 

"Si é Tu vontade” destruye a fé. Quando se usó por um leproso que no conocías a vontade de Cristo sobre a cura, Jesus corrigió su incertidumbre asegurándolo, “Eu quiero”.

 

Nunca convierta os hechos de Deus em esperanzas o perguntas. Actúe sobre eles como realidades e você descubrirá que eles são poderosos.

 

Simplesmente porque alguém no se cura inmediatamente o porque ele muere de uma enfermidade para a morte no significa que no era a vontade de Deus sanarlo. Nós vemos as coisas por o que se refere ao tempo, enquanto Deus as ve por o que se refere a a eternidad. Você deve recordar que há curas que são tardadas. Algunas são:

 

Tardadas em o tempo mortal: Sara no se curou inmediatamente de su esterilidad. Jó no foi curado inmediatamente. O pai de João Bautista no se curou de su mudez até um tempo fijo. Jesus orou dos veces por um homem ciego que recibió só a cura parcial em a primeira vez.

 

A veces se tardan as curaciones para traer uma glória mayor a Deus. Um exemplo bueno de isto é a história de a ressurreição de Lázaro.

 

Tardadas em a eternidad: A morte é simplesmente um evento dentro do reino de a eternidad em a vida de um crente. Inclusive uma enfermidade para a morte é sorbida em vitória porque a morte para um crente é a última cura. Quando nós entramos em a presença do Señor nós somos hechos curados e já no padecemos de pecado o enfermidade. Falando de a morte, Paulo diz que nós estamos preparados para este propósito: “Pues confiamos e consideramos melhor estar ausentes do corpo, e estar presentes delante do Señor” (2 Coríntios 5:6-9).

 

Si você no cree que a cura é para todos, então você deve creer que a cura se gobierna por a revelacião directa em cada caso acerca de si é o no a vontade de Deus curar. Você está então confiando em a revelacião directa para o homem em lugar de a Palavra escrita de Deus. Você no tendrá ninguna base para a fé até que você reciba uma revelacião especial em cada caso que o enfermo está entre os favorecidos a ser sanados.

 

"ESTA É UMA AFLICCIÃO DO JUSTO"

 

Algunas pessoas exigen: "Muitas são as aflicciones do justo. Su enfermidade é uma afliccião que você deve levar porque você é justo”.

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

O significado de a palavra “aflicciones” usadas em Salmos 34:19, de onde esta tradicião desarrolló, no se refería a a enfermidade, porém a as pruebas, penalidades, persecuciones, o tentaciones. Aun quando se refirió a a enfermidade, o resto do versículo indica que o Señor quer librarnos.

 

Em Tiago 5:13-16 uma diferencia é nombrada entre as aflicciones e enfermidades. Si você se aflige com as pruebas, persecuciones, e tentaciones, você deve orar por você (Tiago 5:13).

 

Ainda que você pueda pedir a outros para orar com você, eles no são chamados a orar para que todos sus problemas se vayan.

 

A Escritura lhe diz que ore quando você está afligido porque você necessita aprender a ser um victorioso que ora a través de as pruebas e tentaciones. Em os casos de enfermidade, sem embargo, os ancianos serão chamados para orar (Tiago 5:14). O enfermo será salvo (de su enfermidade física), levantado (o retorno de a força), e perdonado de pecado (a cura espiritual).

 

“A CURA DIVINA É RARA”

 

Alguns objetan que a cura divina é rara. Eles preguntan, “Por qué só se levanta a esperanza de pessoas para defraudarlas?"

 


NOSSA CONTESTACIÃO:

 

A cura divina no é rara. As páginas do Novo Testamento estão llenas com historias de curas e liberaciones. O registro de história de a igreja também tem médicamente muitos documentado as curas divinas.

 

"SU ENFERMIDADE É SU CRUZ"

 

"Su enfermidade é su cruz. Você deve aprender a vivir com ela”. Você tem oído esta demanda alguma vez?

 

NOSSA CONTESTACIÃO:

 

A demanda que a enfermidade é su cruz é fácilmente tratada. A cruz no é os problemas, doenças, e aflicciones que vienen sobre nós sem ninguna opcião de nossa parte. Jesus aclaró que “tomar a cruz” é um acto voluntario, no algo que nós aceptamos porque nós no tenemos opcião. Jesus no trató a enfermidade e a morte como uma cruz enviada de Deus. Ele os trató como um inimigo. Si você cree que a enfermidade é su cruz, então por qué você busca ayuda médica para librarse de ela?

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

 

2. Escreva su contestacião a o siguientes tradições de homens:

 

Cura e milagros no são para hoje:

_____________________________________________________________________

 

Por qué todos os muertos no se levantan?

_____________________________________________________________________

 

Si a cura divina sempre funciona, por qué os Cristianos mueren?

_____________________________________________________________________

 

A medicina moderna hace a cura divina innecesaria:

_____________________________________________________________________

 

A cura divina é enseñada por os cultos falsos:

_____________________________________________________________________

 

Em a cura divina, o corpo recibe mais énfasis que o alma:

_____________________________________________________________________

 

Você está enfermo devido a su pecado:

_____________________________________________________________________

 

É a vontade de Deus para você estar enfermo:

_____________________________________________________________________

Esta é uma afliccião do justo:

_____________________________________________________________________

 

A cura divina é rara:

_____________________________________________________________________

 

Su enfermidade é su cruz:

_____________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

Cuáles de as siguientes tradições você tem oído que expresa su própria enfermidade o de alguém a quem você está ministrando? Marque aquelas que aplican:

 

___ Cura e milagros no são para hoje.

___ Por qué todos os muertos no são resucitados?

___ Si cura divina funciona, por qué os Cristianos mueren?

___ A medicina moderna hace a cura divina innecesaria.

___ Cura divina é enseñada por os cultos falsos.

___ O corpo recibe mais énfasis que o alma.

___ Você está enfermo devido a su pecado.

___ É a vontade de Deus para você estar enfermo.

___ Esta é uma afliccião do justo.

___ Cura Divina é rara.

____ A enfermidade é su cruz.

 

Escreva a contestacião que você usará contra estes desafios quando eles se expresaren de novo em o futuro:

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 


Capítulo Doze

 

UM ESPINHO EM A CARNE

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Identificar qué era o agujão em a carne de Paulo.

n  Identificar o que a Bíblia indica que era o espinho.

n  Explicar por qué foi permitido.

n  Describir o que fez.

n  Resumir como foi manifestado.

n  Explicar os resultados do espinho em a carne de Paulo.

 

PROMESSA DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“... Se convertirán a Jehová, quem atenderá a sus súplicas e os curará” (Isaías 19:22).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Em a última lição você estudió algunas tradições de os homens que crean problemas para os crentes que buscan cura e libertação. Esta lição involucra uma tradicião que centra em o espinho em a carne de Paulo descrita em 2 Coríntios 12. Porque ele é a menudo debatido e tão crítico ao problema de a cura, nós temos consagrado uma lição inteira a ele.

 

Se tem enseñado muitas pessoas que o espinho de Paulo era a enfermidade e que assim como ele orou três veces por ele sem resultados, eles se destinan a tener su próprio “espinho em a carne” de enfermidade. A tradicião diz, “Su enfermidade é um espinho  em a carne como Paulo e você tendrá que aprender a vivir com ele”. 

 

A tradicião do “espinho em a carne” é um bloqueo mayor que impide muitos de receber a cura. Se tem empleado mal para intentar explicar por qué as pessoas no recibieron uma cura visível e como uma excusa para nossa ineficacia. Enquanto você começa esta lição, coloque ao lado todo o que você tem aprendido do homem acerca de este problema pues nós examinamos exactamente o que as Escrituras enseñan.

 

O ESPINHO EM A CARNE DE PAULO

 

Aquí está o que a Bíblia ensina sobre o espino em a carne de Paulo:

 


O Que Era:

 

A Bíblia diz que era “um mensajero”. A palavra griega “mensajero” aparece sete veces em o Novo Testamento. Se traduce “anjo” 181 veces. Todo as 188 veces está falando de uma personalidad, no uma dolencia o enfermidade. Um “mensajero” é uma personalidad.

 

O uso de a palavra “espinho” em o Antigo Testamento também apoya isto. A palavra espinho é usada em Números 33:55 e Josué 23:13 para describir a os habitantes de a terra de Canaán. Em os dos casos no era uma afliccião física, porém um golpe por um inimigo.

 

De Quién Era:

 

A Bíblia diz que era um mensajero de Satanás.

 

POR QUÉ FOI PERMITIDO:

 

O espinho se permitiu por três razões principais:

 

1. Prevenir o Pecado:

 

Paulo disse que espinho se permitiu devido a a abundancia de as revelações que ele recibió e su tendencia para o orgullo. Antes de cualquiera reivindicar tener um espinho em a carne ele deve considerar cuántas revelações e visiones ele tem tenido. Ele se califica para um espinho? A mayoría de as pessoas que pensam que eles têm um espinho em a carne no tem tenido cualquier clase de revelacião o visião.

 

2. Cumplir a Profecía:

 

O espinho também era parte de um cumplimiento profético. Quando Paulo se convirtió, Deus disse...

 

“Porque eu lhe mostraré cuánto lhe é necessário padecer por mi nombre” (Hechos 9:16).

 

3. Proporcionar Força:

 

Os problemas creados por o “espinho” proveyeron a oportunidade para a força de Deus ser manifestada.

 

O QUE FEZ:

 

O espinho golpeaba Paulo. “Golpear” significa “dar golpes repetidos, uma e outra vez”. A palavra “golpear” no se refere a um estado permanente de enfermidade porém a os golpes repetidos. O mensajero foi enviado para golpear a Paulo para intentar detener a Palavra de Deus de predicarse.

 

COMO FOI MANIFESTADO:

 

Aquí estão alguns exemplos de as varias maneras que este espinho avivó a oposicião

para golpear a Paulo:

 

1.    Os judíos determinaron matar a Paulo poco depois de su conversião: Hechos 9:23.

2.    Paulo se uniu a os crentes: Hechos 9:26-29.

3.    Ele sufrió oposicião por Satanás: Hechos 13:6-12.

4.    Ele sufrió oposicião por os judíos em uma chusma: Hechos 13:44-49.

5.    Ele foi expulso de Antioquia em Pisidia: Hechos 13:50.

6.    Ele foi asaltado e expelido de Iconio: Hechos 14:1-5.

7.    Ele huyó de Listra e Derbe onde ele foi apedreado e dejado como muerto: Hechos 14:6-19.

8.    Ele estava disputando continuamente com os hermanos falsos: Hechos 19:8.

9.    Ele foi rendido e encarcelado em Filipos: Hechos 16:12-40.

10. Ele foi agredido e expelido de Tesalãoica: Hechos 17:1-10.

11. Ele foi agredido e expelido de Berea: Hechos 17:10-14.

12. Ele foi agredido em Corinto: Hechos 18:1-23.

13. Ele foi agredido em Efeso: Hechos 19:23-31.

14. Hube um complot contra su vida por os judíos: Hechos 20:3.

15. Ele foi agarrado por os judíos, agredido, probado em a corte cinco veces, e sufrió otras penalidades: 2 Coríntios 11:23-33.

 

Nunca uma vez, em todos sus escritos, Paulo nombró a enfermidade como um golpe que ele sufrió. Em 1 Coríntios 4:11, Paulo mostró que su idea de golpear no era uma enfermidade permanente. Ele disse, “Até a hora presente sufrimos hambre e sed, nos falta ropa, andamos feridos de golpes e sem onde morar”. Paulo experimentó a enfermidade como indicado em Gálatas 4:13-16, porém esta no era su espinho porque no era uma condição permanente. Ele disse que ele só o tenía ao princípio.

 

Alguns creen que o espinho de Paulo era os olhos defectivos, porém sus olhos se sanaron de ceguedad (Hechos 9:18). Creer que ele continuó teniendo problemas em os olhos desacredita o poder curador de Deus. Também, tendría razão chamar os problemas de os olhos de Paulo, que eram o resultado de ver a glória de Deus, de mensajero de Satanás? O próprio Paulo nos diz em o año 60 d.C., quando ele escribió esta epístola, que foi circa de 14 años atrás que ele recibió a revelacião abundante que produjo o espinho em a carne. Isto foi 12 años depois de su experiência de conversião em que ele viu a glória de Deus.

 

Quando Paulo usa a frase em Gálatas 4:15, “habríais sacado vuestros olhos para dármelos”, é uma figura hebrea de lenguaje. É similar a frases usadas em alguns lugares hoje para expresar intenso deseo. Por exemplo, “Eu daría mi brazo derecho”. Si Paulo tuviera a enfermidade oriental de oftalmia com pus corriendo de sus olhos como alguns reivindican, é extraño que isto inspirase as pessoas a a fé por milagros especiales.

 

SUS RESULTADOS:

 

Paulo fala de su “debilidad física” que significa, “carencia de força, debilidad, uma incapacidad para produzir resultados a través de sus propias habilidades naturais”. A través de esta debilidad, se manifestaron o poder e a força de Deus.

 

CONCLUSÃO

 

A conclusão com respecto ao espinho de Paulo é que ainda que nós no podemos saber com toda seguridad exactamente o que o espinho era, si você foi enseñado que era uma enfermidade, tenga em a mente o siguiente: O espinho de Paulo produjo o poder de Deus demostrándose em Su vida. Algunas pessoas usan “o espinho em a carne” como excusa para postrarse em enfermidade. Elas devem recordar que o único exemplo bíblico de tal espinho em a carne escribió, predicó, e viajó com todos sus compañeros em o ministério. O espinho no impedía su servicio dinámico para o Reino ni a demostracião do poder de Deus a través de ele.

 

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Qué era o espinho em a carne de Paulo?

_____________________________________________________________________

 

3. Según a Bíblia, o que era o espinho em a carne de Paulo?

_____________________________________________________________________

 

4. Por qué este espinho em a carne foi permitido?

_____________________________________________________________________

 

5. Qué o espinho fez a Paulo?

_____________________________________________________________________

 

6. Como o espinho em a carne de Paulo foi manifestado?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

7. Qual foi os resultados do espinho em a carne de Paulo?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Usando o que você aprendió em esta lição, como você respondería a alguém que reivindica que su enfermidade é uma “espinho em a carne” de a parte Deus?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Estude a promessa de cura:

 

“... Se convertirán a Jehová, quem atenderá a sus súplicas e os curará” (Isaías 19:22).

 

“Suplicar" significa pedir seriamente e solicitar urgentemente. Deus promete que Ele curará aqueles que o ruegan.

 

3. Ainda que o espinho de Paulo no era ninguna enfermidade, você pode reivindicar a misma força que Deus proporcionó a ele si em golpear externo o a debilidad física enquanto você espera a cura total. Deus lhe disse a Paulo:

 

“E me tem dicho: Bástate mi gracia, porque mi poder se perfecciona em tu debilidad. Por tanto, de boa ganha me gloriaré mais bem em mis debilidades, para que habite em mim o poder de Cristo” (2 Coríntios 12.9).

 

A contestacião de Paulo a isto foi...

 

“Por isso me complazco em as debilidades, afrentas, necesidades, persecuciones e angustias por a causa de Cristo; porque quando soy débil, então soy fuerte” (2 Coríntios 12:9-10).

 

4. Piense sobre su própria condição física o de alguém a quem você está ministrando a cura:

 

Cuáles são sus debilidades presentes?

_____________________________________________________________________

 

Como a força de Deus pode manifestarse em estas debilidades?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Enquanto esperando a cura, o que pode hacerse para traer a glória a Deus? (Inclusive si postrado o em uma silla de ruedas algo pode ser feito – eles podem tornar-se um intercesor em a oração.)

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

5. Está você experimentando o golpear externo de Satanás además de sus problemas físico? Qué problemas você está experimentando presentemente?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

Como a glória de Deus pode manifestarse em estas circunstâncias?

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 


Capítulo Treze

 

AS PERGUNTAS SEM RESPOSTAS

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Definir “variables”.

n  Discutir as siguientes variables que afectan a cura:

 

o    Falta de ensino

o    Incredulidad

o    Falta de fé

o    Falta de poder

o    Pecado pessoal no confesado

o    Rechazo para ser feito são

o    Falta de decisião e deseo

o    Problemas com a peticião

o    Falta de perseverancia

o    Desobediencia em o processo de cura

o    Discernir inadecuadamente o Corpo de Cristo

o    O espírito maligno no expulso

o    Neutralizando a obra de Deus

o    A violacião de as leyes naturais

o    O tempo fijado para morirse

 

n  Responder a estas variables.

 

PROMESSAS DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“As coisas secretas pertencem a Jehová nosso Deus, porém as reveladas são para nós e para nossos filhos, para sempre, a fin de que cumplamos todas as palabras de esta ley” (Deuteronomio 29:29).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Por qué mais pessoas no se sanan? Por qué alguns se sanan enquanto outros no são sanados? Por qué os cristianos superficiales e mundanos se cura a veces enquanto as pessoas mais sinceras e capacitadas no tem recibido ainda a cura divina?

 

Estas são algunas de as perguntas que você enfrenta quando você começa a ministrar cura e libertação. Esta lição trata com as variables que afectan a cura. Uma “variable” é um factor que causa variaciones o resultados diferentes.

 

Deus prometió curar em Su Palavra. Nós devemos recordar, sem embargo, que cada promessa de Deus é condicional a a contestacião do homem. Por isto é importante entender as variables que afectan a cura.

 

 

ENTENDIENDO E RESPONDIENDO A AS VARIABLES

 

As variables em o ministério de cura são as razões por qué algunas pessoas se sanan e otras no. Antes que você comece este estudo, é importante recordar que você nunca tendrá as respostas a cada pregunta que você encuentra em a cura e libertação.

 

É a natureza humana querer entender todo. A primeira tentação centró em este mesmo problema. Este deseo de saber todo fluye de a rebelião de tener perguntas sem respostas. Este problema de a natureza humana é um que você deve vencer para ministrar cura e libertação eficazmente.

 

A Bíblia revela algunas variables que afectan a cura e libertação, porém você nunca tendrá as respostas a cada pregunta. Si você hiciera, você tendría ninguna necesidad de Deus o de fé. A Bíblia é clara em que algunas coisas se revelan a nós, enquanto otras no são:

 

“As coisas secretas pertencem a Jehová nosso Deus, porém as reveladas são para nós e para nossos filhos, para sempre, a fin de que cumplamos todas as palabras de esta ley” (Deuteronomio 29:29).

 

Cura e libertação, você deve aprender a colocar ao lado as perguntas sem respostas e dejar as coisas secretas com o Señor.

 

Cura e a libertação são parte do Evangelho assim como a salvação. Quando você ministra cura e libertação e alguns no reciben, você será tentado a desistir. Porém considera esta pregunta: Você deja de pregar a salvação só porque todos que oyen o mensagem no se salvan? Por qué nós devemos tão rápidamente então dejar de ministrar cura e libertação porque no todos as reciben? É probablemente que seja porque em a cura e libertação, o orgullo entra em escena. Nós tememos ser avergonzados quando nós oramos para uma pessoa visivelmente enferma e ela no se cura. Outros podem ver isto porque é externo. Si alguém responde a a salvação porém realmente no se salva, as pessoas no podem verlo porque é interior. Nosso orgullo é afectado por qué as pessoas pode ver externamente.

 

Você nunca tendrá as respostas para todas as variables que afectan a cura mais que você tendrá para os factores que afectan as respostas a a salvação. Alguns se salvan e alguns no. Alguns se sanan, alguns no.

 

A Bíblia revela algunas variables que afectan a cura e libertação, sem embargo. É importante para você entender estes para que você pueda ayudar a outros a trabalhar a través de elas para receber a cura.

 

Aquí estão algunas de estas variables:

 


FALTA DE ENSINO

 

Falta de conhecimento sobre cura, sus princípios, fonte, como exercer a fé, e receber, todos estes podem afectar a cura. Deus disse:

 

“Mi povo é destruído porque carece de conhecimento” (Oseas 4:6).

 

Jesus disse que nós erramos quando nós no entendemos a Palavra de Deus e Su poder:

 

“Então respondió Jesus e les disse: --Erráis porque no conocéis as Escrituras, ni tampoco o poder de Deus” (Mateus 22:29).

 

Algunas pessoas no reciben a cura porque elas no entienden a Palavra de Deus e Su poder. A fé para cura viene por ouvir a Palavra de Deus acerca de a cura (Romanos 10:17). A Bíblia llama a Palavra de Deus de semente. Algunas pessoas intentan segar uma colheita de cura sem a Palavra de cura ao ser plantada em sus corações. A semente no pode trabalhar a menos que esté em nós. Antes de decir, “Eu soy o Señor tu curador”, Deus disse primeiro, “Si escuchas atentamente a voz de Jehová tu Deus e haces o recto ante sus olhos; si prestas atencião a sus mandamientos e guardas todas sus leyes”. A Palavra precedió a cura.

 

Cuántas pessoas se salvarían si elas nunca escuchasen um mensagem sobre a salvação? O cuántos si salvarían si os puntos principais de um mensagem de a salvação fuesen:

 

n  Tal vez no seja a vontade de Deus salvá-lo.

n  Su pecado é para a glória de Deus.

n  O día de salvação é pasado.

 

Todavia nós oímos hablar estas declaraciones sobre a cura qué também é parte de a expeciação de Cristo:

 

n  Tal vez no seja a vontade de Deus sanarlo.

n  Su enfermidade é para a glória de Deus.

n  O día de cura é pasado.

 

Devem enseñarse as pessoas em a Palavra de Deus com respecto a a cura assim como elas são enseñadas sobre a salvação. É a semente de a Palavra que trae a colheita de cura.

 

INCREDULIDAD

 

Outra variable que afecta a cura é a incredulidad. A incredulidad pode resultar de...

 

n  Pensar que Deus no pode curar.

n  Pensar que Deus pode curar, porém Ele no pode escoger sanarme.

n  Pensar que Deus pode curar, e que Ele pode sanarme, porém no agora.

n  Um ambiente de incredulidad que impide a cura.

 

Há vários exemplos Bíblicos de como a incredulidad impidió o trabajo de Deus. Em a cidade de Nazaret Jesus...

 

“E no fez allí muitos milagros a causa de a incredulidad de eles” (Mateus 13:58).

 

Jesus se maravilló, o estava asombrado, que as pessoas no creerían:

 

“Estava asombrado a causa de a incredulidad de eles...” (Marcos 6:5-6).

 

A Bíblia diz:

“Porém pida com fé, no dudando nada. Porque o que duda é semejante a uma ola do mar movida por o viento e echada de um lado a outro. No piense tal homem que recibirá cosa alguma do Señor. O homem de doble ánimo é inestable em todos sus caminos” (Tiago 1:6-8).

 

Leia a história de a cura de a hija de Jairo em Marcos 5:35-40. Você descubrirá que aqueles que impedirían o ambiente de fé foram colocados para fuera do cuarto enquanto Jesus ministraba a cura.

 

A incredulidad colectiva é uma de as razões principais que nós no vemos a cura e libertação fluyendo em nossas igrejas como Deus piensa. Nós somos membros unos de os outros. Si parte de nosso Corpo no cree em cura, esta incredulidad pode impedir o flujo de su poder em nosso meio.

 

A Bíblia diz, “Estas señales seguirán a OS que creen”. Este versículo está falando de crentes (a igreja). O versículo no o diz “o que cree”, refiriéndose a um individuo. No foi a fé de um o dos evangelistas solitarios que produjo as curas registradas em Hechos. Foi a fé de uma Igreja llena do Espírito como um todo.

 

Si Jesus no pudesse fazer obras poderosas em Nazaret devido a su (colectiva) incredulidad, também no é nossa incredulidad colectiva impide a cura? Hoje uma parte grande de a Igreja está oponiéndose a o que a Igreja temprana prevaleció em oração. Eles no tem aceptado a actitud bíblica para a enfermidade. Eles no tem sido ensinados em a Palavra de Deus sobre curar. Todavia, eles apuntan a aqueles que no reciben a cura para acusar a os que tem intentado ministrar cura. Porém é um fracaso por o que eles – colectivamente – são grandemente responsables.

 

Aqueles que predican o Evangelho lleno de salvação com cura e libertação são frecuentemente obligados a laborar em uma “Nazaret” de incredulidad. Nós vemos mais salvaciones porque há uma aceptacião casi universal de a doctrina de salvação em as igrejas fundamentales. Porém nós no vemos muitas curas porque nós nos compelemos para laborar ante a tradicião, rechazo, e incredulidad em muitas denominações. Si a incredulidad colectiva no afecta o flujo do ministério de cura, por qué Jesus no prosiguió e ministró em llenura em Nazaret?

 

FALTE DE FÉ

 

A incredulidad é a actitud de que Deus no pode o no hará algo. A ausencia de incredulidad necesariamente no significa que você tem fé. Por exemplo, um ateo no cree em Deus. Um agnóstico é neutro. Um crente tem fé. A falta de incredulidad por parte de um agnóstico no significa que ele tem fé.

 

Você deve reemplazar a incredulidad com a fé em Deus porque é a oração de fé que levanta o enfermo (Tiago 5:15). Você deve apelar em fé, deve hablar palabras de fé, e deve actuar em fé. Você deve caminhar por a fé e no por a vista (mirando a a condição do corpo o síntomas).

 

Satanás intenta impedir a cura consiguiendo que você camine por a vista em lugar de a fé. Ele hace você mirar a os síntomas. Ele hace você mirar a outros que reivindican que foram sanados, porém no foram. No é a fé em su fé o fé em a fé de outro. A fé solo no cura. É Deus que cura. Paulo percibió que o cojo tenía fé para ser curado por Deus (Hechos 14:8-10).

 

No tome uma grande cantidad de fé para ser curado. Jesus disse que até a fé do tamaño de uma semente de mostaza era muy poderosa. Jesus se encuentra com as pessoas ao nivel de su fé. Onde elas sintieron que era necessário tener Su presença corporal, Ele foi. Onde elas tenían a fé que no era necessário, Ele habló a Palavra de uma distância e curas ocurrieron.

 

Quando o enfermo no se cura, as pessoas normalmente intentan culpar a falte de fé como a razão. Porém como você está aprendiendo em esta lição, há muitas otras variables para considerar. Jesus nunca condenó a as pessoas que buscaron cura por su falta de fé.

 

A veces em o registro Bíblico, a fé era um factor de cura, enquanto otras veces no parece ser um factor.

_______________________

(Nota: (Hoje, generalmente nós damos testimonio de mais curas em nações do Tercero Mundo que em as nações Occidentales porque há uma actitud de creencia colectiva. O que Deus tem dicho, eles creen. Eles esperan o sobrenatural como parte de sus vidas cotidianas. Muitas pessoas em o mundo Occidental no são tão receptivas devido a su orientacião materialista e razonamiento humanístico.)

 

FALTA DE PODER

 

Jesus les disse a Sus discípulos que esperaran em Jerusalén até que eles fueran dotados com o poder por o Espírito Santo. A veces a cura no ocorre devido a a falta de poder de quem ministra.

 

Talvez eles no tem recibido o revestimiento de poder por o Espírito Santo descrito em Hechos 4. Talvez eles sustituyen o amor e a simpatía por o enfermo em lugar do poder. Eles podem orar oraciones de consuelo em lugar de oraciones curas. Su falta de poder pode ser o resultado de error doctrinal o tradicião.

 

O PECADO PESSOAL NO CONFESADO

 

A Bíblia confirma uma relacião directa entre o pecado individual e a enfermidade em alguns casos:

 

“Por tanto, confesaos unos a outros vuestros pecados, e orad unos por outros de maneira que seáis sanados. A ferviente oração do justo, obrando eficazmente, pode mucho” (Tiago 5:16).

 

David disse, “Si eu considero a iniquidad em mi coração, o Señor no me oirá”. Deus no tem prometido destruir as obras do Diablo em o corpo enquanto nós estamos aferrándonos a as obras do Diablo em nossa alma. Si há iniquidad em o coração do que está enfermo, ele no pode sanarse. Si há iniquidad em o coração do que ministra, a cura no pode ocorrer porque o Señor no está oyéndolo.

 

Um espírito rencoroso o guardar rencor impide a cura. Jesus disse, “si perdonáis a os homens sus ofensas, vuestro Pai celestial também os perdonará a vosotros”. Si Deus no pode perdonarnos quando nós no perdonamos a outros, Ele tampoco pode sanarnos, pues a cura involucra a totalidad do alma , espírito, e corpo.

 

RECHAZO PARA SER FEITO SÃO

 

Jesus preguntó ao homem cojo em o pozo de Betesda:

 

“Quando Jesus o viu tendido e supo que já había pasado tanto tempo assim, lhe preguntó: --Quieres ser são?” (João 5:6).

 

A menudo, nós buscamos só a cura o libertação. Deus quer tratar com o homem entero e curar corpo, alma, e espírito. Porque o homem é corpo, alma, e espírito, o concepto de totalidad implica o trato com todos estes. Nós no podemos dar énfasis a a saúde física aparte do alma e do espírito, cura aparte de a salvação.

 

Deus é um espírito. Ele se relaciona com você a través de su espírito. Su espírito gobierna su vida física, mental, espiritual, e emocional. Su vida inteira é espiritualmente basada. Porque você é um ser básicamente espiritual, cura do corpo começa em o espírito.

 

Quando Deus creó ao homem, Su espírito debería ser o poder governante de su vida em a terra. Debería tener a supremacía sobre a mente e corpo e reunirlos em um homem unificado são em que Deus viviría. Originalmente, em o Jardim de Edén, o homem estava em relacião espiritual íntima com Deus.

 

Prohibiendo o árbol de conhecimento em o Jardim, Deus estava prohibiendo ao homem vivir ao nivel do conhecimento físico e intelectual. Quando o homem pecó, su espírito foi sumergido e ele escogió vivir por su intelecto. Quando a mente ascendió sobre o espírito e tomó o controle, a parte espiritual do homem morreu (o dejó de funcionar como a fonte de su contestacião a Deus e a a vida). Desde esse tempo, hube uma separacião de espírito, mente, e corpo, o que produjo uma falta de armonía em o ser humano entre o homem, su ambiente, e su Creador.

 

FALTA DE DECISIÃO E DESEO

 

Jesus lhe pregunta ao homem cojo a Betesda:

 

“Quieres ser são?” (João 5:6).

 

A estas alturas, o homem cojo tenía que tomar uma decisião. Algunas pessoas no quieren ser sanadas. Elas disfrutan de a simpatía e de a atencião que elas reciben de estar enfermo. Alguns reciben os beneficios médicos a través de as pensiones o os pagos legales e eles no quieren perderlos. Outros têm um grande deseo de ir estar com o Señor e no quieren ser sanados.

 


PROBLEMAS COM NOSSA PETICIÃO

 

Há vários problemas com nossas peticiones por cura que podem impedir su manifestação:

 

NO PEDIR:

 

Primeiro, e o mais básico, a veces é que nós no pedimos por cura. Nós nos volvemos a a medicina para ayuda o a os amigos para consuelo:

 

“No tenéis, porque no pedís” (Tiago 4:2).

 

NO PEDIR ESPECÍFICAMENTE:

 

A veces, se impiden as oraciones porque elas no são específicas:

 

“Pedís, e no recibís; porque pedís mal...” (Tiago 4:3).

 

Quando você está mal, você no é específico em sus oraciones. Você no da em o blanco.

 

PEDIR COM O MOTIVO ERRADO:

 

A veces, nós oramos com o motivo errado:

 

“Pedís, e no recibís; porque pedís mal, para gastarlo em vuestros placeres” (Tiago 4:3).

 

Algunas pessoas quieren ser sanadas, porém no quer cambiar su estilo de vida pecador, mundano, imparcial. Elas quieren estar bem para que elas puedan depois regresar a sus caminos. As pessoas devem considerar estas perguntas: “Qual é su motivo para querer sanarse? É para que você pueda volver a su vivir egoísta? Assim que você pueda apresurarse ao redor para fazer buenas obras em lugar de alcançar o propósito específico de Deus para você?”

 

SU ORAÇÃO SE IMPIDE:

 

A Bíblia identifica vários outros factores que impedirán receber as respostas a sus oraciones:

 

n  O pecado de cualquier categoría: Salmos 66:18; Proverbios 28:9; Isaías 1:15; 59:1-2.

n  Os ídolos em o coração: Ezequiel 14:1-3.

n  Um espírito rencoroso: Marcos 11:25; Mateus 5:23.

n  Egoísmo, motivos malos: Proverbios 21:13; Tiago 4:3.

n  Hambre de Poder, oraciones manipuladoras: Tiago 4:2-3.

n  Tratamiento mal do cãoyuge: 1 Pedro 3:7

n  Auto justicia: Lucas 18:10-14.

n  Incredulidad: Tiago 1:6-7.

n  No permanecer em Cristo e Su Palavra: João 15:7.

n  Falta de compasião: Proverbios 21:13.

n  Hipocresía, orgullo, repeticião sem sentido: Mateus 6:5; Jó 35:12-13.

n  No pedir según a vontade de Deus: Tiago 4:3.

n  No pedir em o nombre de Jesus: João 16:24.

n  Os estorbos Satânicos: Daniel 10:10-13; Efesios 6:12.

n  No buscar o Reino em primeiro lugar: Mateus 6:33.

 

FALTA DE PERSEVERANCIA

 

A veces nós no perseveramos (continuamos) em a oração tempo bastante. O próprio Paulo había predicado ao princípio “enquanto estando enfermo” (Gálatas 4:13- 14) e se curou depois. A oração aparentemente no tuvo o efecto inmediato em Epafrodito que casi morreu (Filipenses 2:27) e Trófimo que foi dejado atrás enfermo (2 Timoteo 4:20). Todavia eles se recuperaron em o futuro. (Também note que Paulo continuó orando por o enfermo a pesar de que em estes casos no hube ninguna cura inmediata).

 

Algunas pessoas pensam que si você pide a cura mais de uma vez é falta de fé. Jesus no enseñó que persistir em oração era mostrar incredulidad o falta de fé. Ele o animó. Lucas 11:1-13 ensina a importancia de persistir em a oração em as parábolas do amigo inoportuno (versículo 5-8) e a viuda e o juez (versículos 1-8). O exemplo de Daniel também anima a perseverancia. Deus oyó sus oraciones de a primeira vez ele orou, porém Satanás impidió o anjo traer a respuesta.

 

No se rinda si a cura no ocorre em a primeira vez que você ora. Recuerde que há niveles de oração de “pedir, chamar, buscar”. A veces você pide e consigue uma respuesta inmediata. A veces você tem que buscar e continuar chamando antes de receber uma respuesta a otras oraciones. O Profeta Elías orou um tempo para o fuego caer do Céu. Ele tuvo que orar sete veces para a lluvia caer.

 

Continúe perseverando em a oração até que você sepa que su peticião foi oída. Quando você tem a confirmacião em su espírito, então comece a alabar a Deus aun quando você ainda no ve os resultados visíveis:

 

n  Josafat e os filhos de Israel empezaron alabando a Deus em uma voz fuerte antes de que eles realmente recibiesen a respuesta a sus oraciones.

n  Jesus agradeció a Deus antes de que hubiera levantado Lázaro.

n  Uma vez que Abraham tuvo conviccião de a promessa de um filho, ele no siguió orando. Ele creyó e glorificó Deus.

 

A DESOBEDIENCIA EM O PROCESSO DE CURA

 

A veces Deus da instrucciones especiales em o processo de cura. Por exemplo, a través do profeta Eliseu, Deus disse a Naamán ir lavarse em o río barroso para receber a cura (2 Reis 5:1-14). A veces um acto muy simple de obediência é todo que está entre você e um milagro.

 

DISCERNIR INADECUADAMENTE O CORPO DE CRISTO

 

A debilidad e enfermidade resultan porque nós no discernimos o Corpo de Cristo propiamente. Discernir é “aprender e entender algo examinando, investigando, e diferenciando”.Leia 1 Coríntios 11:27-30. Para o fondo adicional também leia a Lucas 22:2-20, Mateus 26:27-29, e Marcos 14:22-25.  Nós no podemos discernir o Corpo de Cristo de três maneras:

 


O SIGNIFICADO DE A SANGUE E CARNE:

 

Nós no discernimos quando nós no entendemos que o significado do fruto de a vid e do pão simboliza Su sangue e carne. Isto é o que pasó quando Jesus dio esta ensino em João 6:66 e muitos retrocedieron de seguirlo. Eles no entendieron o significado espiritual de o que Ele estava enseñando. Enquanto muitos disciernen a sangue para a remisião de pecados, eles no entienden a menudo o verdadeiro significado do corpo. O corpo era para cura, para que nós pudiéramos comer de ele e ser sanados. (Veja a João 6:48-58 e Lucas 6:48-51.)

 

A DIVISÃO EM O CORPO:

 

Nós a veces no discernimos a nossos hermanos e hermanas que são parte do Corpo de Cristo e divisões ocurren em a igreja. Nós comemos e bebemos indignamente si nós no discernimos propiamente (entendemos realmente) nossa união com nossos hermanos e hermanas em o Señor. Paulo explica em 1 Coríntios 3:1-13 que os Cristianos carnales envolvidos em a divisão no podem comer a carne (a carne, corpo) de a Palavra devido a su carnalidad.

 

COMER INDIGNAMENTE:

 

Nós comemos indignamente quando nós tomamos a comunião com uma vida sem examinar. O resultado é debilidad e enfermidade. Por isto Paulo diz para examinarse espiritualmente e arrepender-se antes de tomar a Comunião.

 

O ESPÍRITO MAL NO SE EXPULSA

 

Alguns no reciben a cura porque su enfermidade é obra de um espírito mal que deve lanzarse fuera. Eles necesitan mais de uma oração por cura. Em condições causadas por um espírito mal, a Bíblia registra que o inimigo foi lanzado para que a cura pueda ocorrer.

 

NEUTRALIZANDO A OBRA DE DEUS

 

Si você está orando por cura enquanto complaciendo em prácticas dañosas, você pode estar neutralizando a obra de Deus. Por exemplo, si você retiene o amargor e cólera, isso pode afectar a cura de desórdenes físicas relacionadas, como as úlceras, a tensião arterial alta, a tensião nerviosa, etc.

 

A VIOLACIÃO DE AS LEYES NATURAIS

 

O mesmo Deus que disse, “eu soy o Señor Tu curador” também dio muitas leyes naturais de saúde e limpieza a Su povo. Algunas pessoas no reciben a cura porque elas violan estas leyes naturais. Por exemplo, uma pessoa pode continuar bebiendo alcohol e maravillarse por qué ela no se cura de su hígado enfermo. Muitos podem continuar fumando cigarros e maravillarse por qué Deus no cura su cáncer pulmonar.

 

O TEMPO FIJADO PARA MORIR

 

A Bíblia ensina que há um tempo designado para morir (Eclesiastés 3:2 e Hebreos 9:27). Inclusive o grande profeta Eliseu que fez muitos milagros de cura e libertação, se puso “enfermo com a enfermidade de a que moriría” (2 Reis 13:14). Você aprenderá a tratar com esta variable quando você aprender a ministrar ao terminalmente enfermo como parte de as instrucciones sobre ministrar a cura em Capítulo Dezoito.

 

UM ÚLTIMO RECUERDO

 

Nós abrimos esta lição com varias perguntas:

 

Por qué mais pessoas no se sanan? Por qué alguns se sanan enquanto outros no são sanados? Por qué os cristianos superficiales e mundanos se cura a veces enquanto as pessoas mais sinceras e capacitadas no tem recibido ainda a cura divina?

 

As variables que você estudió em esta lição são simplesmente alguns de os factores que podem afectar a cura e libertação. Sempre recuerde, sem embargo...

 

“As coisas secretas pertencem a Jehová nosso Deus, porém as reveladas são para nós e para nossos filhos, para sempre, a fin de que cumplamos todas as palabras de esta ley” (Deuteronomio 29:29).

 

A fé simplesmente requiere isso: Fé. Si você tem todas as respostas, você no necessita de fé. Deus só pide que você actúe basando em a fé em Su palavra, no que proporcione as respostas.

 

Para concluir, aquí está uma declaracião importante com respecto a as variables de a cura. Foi hecha por um famoso ministro que ministró durante muitos años cura e libertação:

 

"Eu, somente por um, predicaré todo o Evangelho mesmo si eu nunca mirar a outro homem salvo o curado enquanto eu vivir. Eu me determino a basar mis doctrinas em a Palavra inmutable de Deus, no em os fenómenos (a experiência).”

 

F.F. Bosworth

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Defina “variables”. 

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

3. Resuma em uma hoja de papel separada as siguientes variables que afectan a cura:

 

Falta de ensino:

Incredulidad:

Falta de fé:

Falta de poder:

O pecado pessoal no confesado:

Rechazo para ser feito são:

Falta de decisião e deseo:

Problemas com a peticião:

Falta de perseverancia:

Desobediencia em o processo de cura:

Discernir inadecuadamente o Corpo de Cristo:

O espírito mal no se expulsa:

Neutralizar a obra de Deus:

Violacião de as leyes naturais:

O tempo fijado para morir:

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Aprenda mais sobre o interés bíblico com a saúde:

 

n  Enquanto os homens quisieron só curar, Jesus quiso tratar com o homem entero. Ele disse ao homem cojo em Betesda, “Quieres ser são?” (João 5:6).

n  Jesus vino a ministrar a aqueles que no estaban curados, ao roto, enfermo, oprimido: Mateus 9:12; Marcos 2:17; Lucas 5:31.

n  Jesus era a fonte de a saúde: João 5:15; Hechos 9:34.

n  Tantos cuantos Jesus tocó fueran hechos absolutamente curados: Mateus 9:21-22; 14:36; Marcos 5:28-34.

n  Jesus fez a um servo que estava em su lecho de morte são: Lucas 7:10.

n  Ele fez o cojo são: João 5:9.

n  A través do poder de Deus, os discípulos hicieron o cojo são: Hechos 9:34.

n  Jesus fez o mutilado são: Mateus 5:31.

n  Ele restauró as mãos: Mateus 12:13; Marcos 3:5; Lucas 6:10.

n  Ele fez a as pessoas sanas de a enfermidade que elas tenían: João 5:6.

n  Elas eram hechas completamente sanas: João 7:23.

n  Jesus acreditó a fé de as pessoas como uma parte ativa em ser hechas sanas. "Tu fé te tem salvado”: Mateus 9:22; Marcos 5:34; 10:52; Lucas 8:48-50; 17:19.

 

2. Estude as palabras griegas do Novo Testamento que significan “são”:

 

ADJETIVOS:

 

Holos: Todo, todo junto, absolutamente.

 

Pas: Todo.

 

Hapas: Todo, entero.

 

Holokleros: São, entero.

 

Hugies: Fazer as pessoas enfermas enteras, sanas: Mateus 12:13; 15:31; Marcos 3:5; 5:34; Lucas 6:10; João 5:4,6,9,11,14,15; 7:23; Hechos 4:10.

 

Holoteles: Completamente, são, completo, plenamente: 1 Tesalonicenses 5:23. Extender a cada parte do ser.

 

VERBOS:

 

Hugiaino: Estar em Boa saúde; aqueles que são curados; curados, saludables.

 

Sozo: Salvar, fazer são.

 

Iaomai: Curar, tornar são.

 

Ischuo: Ser fuerte.

 

Diasozo: Salvar completamente.

 

3. Considere esta pregunta: Qué é que mantiene você alejado de a cura em o corpo, alma, e espírito?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4. Você cree que cualquiera de as siguientes variables tem afectado su cura o de alguém a quem você está ministrando? Maque aquelas que se aplican:

 

___ Falta de ensino

___ Incredulidad

___ Falta de fé

___ Falta de poder

___ Pecado pessoal no confesado

___ Rechazo em ser feito são

___ Falta de decisião e deseo

___ Problemas com a peticião

___ Falta de perseverancia

___ Desobediencia em o processo de cura

___ Discernir inadecuadamente o Corpo de Cristo

___ O espírito mal no expulso

___ Neutralizar a obra de Deus

___ Violacião de as leyes naturais

___ O tempo determinado para morir

 

5. Basado em o que você tem aprendido em esta lição, regrese a a lista 4 arriba e registre como você responderá a cada variable que você marcó.

 

6. Você alguma vez tem tenido uma pregunta sem respuesta com respecto a a cura e libertação? Em esse caso, Qual foi?

_____________________________________________________________________

 

Depois você foi capaz de entender? _____

 

Em esse caso, explique como su pregunta foi contestada:

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

Si no e/o você tem perguntas que involucran su condição física presente, recuerde a promessa de esta lição:

 

“As coisas secretas pertencem a Jehová nosso Deus, porém as reveladas são para nós e para nossos filhos, para sempre, a fin de que cumplamos todas as palabras de esta ley” (Deuteronomio 29:29).

 

7. Há cualquiera cosa abajo que impida su oração por cura? Marque aqueles que se aplican:

 

___ Pecado de cualquier categoría

___ Ídolos em o coração

___ Um espírito rencoroso

___ Egoísmo, motivos malos

___ Hambre de poder, oraciones manipuladoras

___ Tratamiento mal do cãoyuge

___ Auto justifica

___ Incredulidad

___ No permanecer em Cristo e Su Palavra

___ Falta de compasião

___ Hipocresía, orgullo, repeticião sem sentido

___ No pedir según a vontade de Deus

___ No pedir em o nombre de Jesus

___ Os estorbos de Satanás 

___ No buscar o Reino em primeiro lugar

 

Qué você pode fazer para corrigir estes problemas? ________________________

 


PARTE CINCO

 

AS ESTRATÉGIAS PARA CURAR

 

Em esta seção você aprenderá as estratégias por ministrar e receber a cura. Você estudará sobre:

 

n  COMO MINISTRAR E RECEBER A CURA.

n  A CONTINUAÇÃO DO MINISTÉRIO DE CURA.

n  A CURA ÚLTIMA.

 

Recuerde a paradoja do Reino de Deus você aprendió ao princípio de este curso: Quando você começa a ministra a cura, a cura se ministrará a você.


Capítulo Quatorze

 

MINISTRANDO A CURA

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Discutir as preparaciones preliminares para o ministério de cura.

n  Resumir as diretrizes para ministrar a cura.

 

PROMESSAS DE CURA PAA REIVINDICAR:

 

“E quando vayáis, predicad diciendo: O reino de os cielos se tem acercado. Sanad enfermos, resucitad muertos, limpiad leprosos, echad fuera demônios. De gracia habéis recibido; dad de gracia” (Mateus 10:7-8).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

Em esta lição, a batalha por o corpo intensifica enquanto você aprende a ministrar a cura. Em Capítulo Dezoito você aprenderá a ministrar a libertação.

 

AS PREPARACIONES PRELIMINARES

 

Há algunas preparaciones importantes antes de que você comece a ministrar a cura. Estas incluyen preparar a sí mesmo, como o canal do poder curador de Deus, e a pessoa a quem você ministrará a cura.

 

PREPARANDO A SÍ MESMO:

 

A fé viene de ouvir a Palavra de Deus sobre cura. Para aumentar su própria fé, estude todo em a Bíblia sobre cura. Leia a través do Novo Testamento com uma nueva actitud. Cualquier cosa que Jesus les disse a Sus seguidores que hicieran, você começa a fazer. Cualquier cosa que Ele disse que Ele haría, espera que Ele o faça.

 

Si Ele disse que você pode curar o enfermo a través de Su poder, então espere verlos sanados. Si Ele disse para expulsar os demônios, então o faça em Su nombre e espere que eles o obedezcan. Desatienda todas as instrucciones de os homens e as experiencias personales que você tem tenido alguma vez. Acepte que o Novo Testamento significa exactamente o que diz. Acéptelo como verdadeiro e actúe de acuerdo. Você é um embajador para Cristo (2 Coríntios 5:20). Um embajador nunca duda que o país que ele representa apoyara su palavra.

 

Ayune e ore antes de que você ministre. Veja o exemplo de Paulo em Hechos 28:8. ¡Desde que o poder e a autoridade para curar vienen de Deus, você deve estar em contacto! Algunas aflicciones demoníacas só se sanarán por a oração e ayunando.

 

Isaías 58 ensina que Deus honra a um ayuno que enfoca em ministrar a as necesidades de outros.

 

Comece a ministrar ao enfermo ainda que você no entienda todo sobre a cura divina, assim como você começou a dar testimonio depois de ser salvo ainda que em a realidad você tenía mucho que aprender sobre a vida cristã. Comece a ministrar basándose em o que você sabe sobre curar. Enquanto você camina em a luz que você tem recibido, você recibirá mais luz. Adopte a actitud de que no há ninguna situacião desesperada. Há só pessoas que se tem puesta desesperadas sobre elas.

 

PREPARAÇÃO PRELIMINAR EM OUTROS:

 

Si você anima o enfermo para receber oração sem a instruções apropiada, é como animar o no-salvo para aceitar a Jesus como o Salvador sem saber quién Ele é, reconociendo su pecado, e su necesidad para a salvação.

 

A veces, Deus cura sem tal instruções. Porém recorda: ao ministrar a cura, você quer usar cada canal prescrito por a Palavra de Deus para ver a obra hecha adecuadamente. A fé é um canal para o poder curador de Deus e viene por ouvir a Palavra de Deus, por isto a instruções é importante. Jesus combinó predicacião e ensino com cura e les disse a Sus seguidores que hicieran também.

 

A fé viene por ouvir a Palavra de Deus sobre cura. Predique isto basado em o que Deus diz, no em tradicião o experiência. A fé no é construida somente dando testimonios. Os testimonios confirman a Palavra e animan a fé, porém a Bíblia declara com seguridad que a fé viene por ouvir a Palavra de Deus. (Ainda que uma pessoa sorda no pueda ouvir um sermão em o natural, o espírito sordo pode oírlo.) As pessoas necesitan saber o que a Palavra de Deus diz sobre a fonte de cura, a fonte e as causas de a enfermidade, promessas sobre cura, e as diretrizes bíblicas para receber e manter a saúde.

 

Em um servicio de cura para os crentes, o ayuno e a oração por o enfermo pode ser útil. Isto no se requiere para curar, porém recorda - nós queremos usar cada canal bíblico disponible. Deus enfatiza nosso pedir e Isaías 58:6-8 enfatiza a importancia de ayuno e oração como relacionado a a saúde.

 

O TEMPO DE MINISTÉRIO

 

Aquí estão algunas sugerencias durante o tempo de ministério ao enfermo. Recuerde que estas são simplesmente diretrizes generales. Você sempre deve estar abierto a as direcciones diferentes do Espírito Santo. Algunas de estas sugerencias só são aplicables ao ministério individual, enquanto otras podem usarse para ministrar a os grupos grandes:

 

CREE UM AMBIENTE DE FÉ:

 

Cree um ambiente de fé. Você já começou a fazer isto quando você ministró a Palavra sobre cura, porém você também pode necesitar tomar os pasos adicionais para criar um ambiente de fé. Rodee o enfermo com pessoas de fé e confianza. Permítales ouvir testimonios de aqueles que tem sido sanados. Recuerde que incredulidad impedía o ministério de Jesus inclusive em Nazaret.

 

Uma atmósfera de fé é uma de adoração e alabanza. Nós entramos em a presença de Deus (onde há cura) a través de a adoração e alabanza. Cura pode venir a través de a adoração e alabanza - inclusive sem uma oração de cura - porque Deus habita e as alabanzas de Su povo. Quando nós alabamos, Ele está presente para curar. Traiga as pessoas a um punto de decisião com respecto a su cura, assim como você hace com respecto a a salvação. Recuerde como Jesus lhe preguntó ao homem cojo, “Quieres ser são?” (João 5:6).

 

Pídale a a pessoa que demonstre su deseo por cura. Você podría pedirles que se levanten em meio de uma muchedumbre, venga a frente, levante su mano, o ponga su mano em a parte afectada de su corpo. Isto les ayuda a mostrar su deseo para ser curado. É um acto de fé para eles, enquanto também lhe ayuda a identificar aqueles que necesitan do ministério.

 

ORE POR DISCERNIMENTO:

 

Ore por sabiduría e discernimento antes de você ministrar a cura. Compartilhe cualquier sabiduría divina que Ele lhe da. Deus pode revelar a você:

 

Uma Palavra De Conhecimento: Uma palavra de conhecimento proporciona os hechos específicos sobre uma pessoa o condição assim você sabrá como orar. Uma palavra de conhecimento pode incluir um sentido profundo de conhecimento o uma impresião em su espírito, pensamientos, palabras, o sentimientos. A Palavra de conhecimento pode revelar o que a enfermidade é o por qué a pessoa tem tal condição.

 

Um Verso De A Escritura: Deus pode darle um Palavra “Rhema” (específica) de Deus para essa situacião, enfermidade, pessoa, o grupo.

 

Uma Visião: São cuadros em o ojo de a mente relativos a quem você está ministrando.

 

Palabras De Fé: Estas são específicamente palabras especiales de estímulo e fé para o individuo.

 

Uma Uncião Especial: Uma infusião súbita de poder, Talvez sentida como um hormigueo, calor, o confianza sobrenatural. A veces uma uncião especial viene, e si ela viene, fluya com ela. Porém no espere por uma uncião especial para orar por o enfermo. Você deve seguir as instrucciones de Jesus si você o sente o no.

 

Um Acto Especial De Fé: A veces Deus o llevará a decirle a a pessoa para realizar um acto especial de fé que producirá a cura.

 

DIRIJA UMA ENTREVISTA: (Optativo)

 

Si você está tratando individualmente de uma pessoa, você pode querer dirigir uma entrevista breve. Deus pode darle palabras específicas de sabiduría sobre uma enfermidade e você no necesitará entrevistar. Porém si Deus no revela a enfermidade sobrenaturalmente a você, no dude em usar a entrevista.

 

Uma entrevista no é exigida para ministrar a cura, porém lhe ayuda a ganhar informaciones para que você pueda orar específicamente. Também lhe ayuda a determinar si uma pessoa necessita de instruções mais extensa antes de que você ore.

 

Jesus usó a entrevista. Ele les preguntó o que as pessoas querían, inquirió com respecto a su fé, e trató com as forças negativas de incredulidad antes de ministrar a eles.

 

Pregúntele a a pessoa, “Qué é o problema?” Jesus fez uma pregunta similar a muitos que vinieron a ele para cura. Poner em palabras a demanda para a oração é importante para o enfermo. Ao enfermo se diz para chamar a os presbíteros para ministrar a cura. Quando a Bíblia da uma directiva, é por uma razão. O pedir é um acto de fé que pone em movimiento os procesos de cura (Tiago 5:14-15).

(A excepcião a isto, claro, é quando uma pessoa no pode fazer uma peticião. Por exemplo, o niño muerto que Jesus resucitó. Porém inclusive então, sus padres lhe pidieron que ministrara a cura.)

 

Pida uma declaracião específica. Si uma peticião é demasiada general, você no sabrá para qué orar e a pessoa afectada no pode reconhecer a cura quando ela viene. Você necessita só de hechos breves: “Eu tengo cáncer do estómago”. Você no necessita uma história médica completa. No intente analizar a informação que você recibe. Su funcião é orar, no proporcionar consejo. Alguns casos únicos podem requerir reserva e mais tempo para aconsejar com um consejero especializado. Tenga consejeros disponíveis para este propósito.

 

Pregúntele a a pessoa que recibirá oração, “Você cree que Jesus pode curar?” Si ela contesta positivamente, então pregunte, “Você cree que Jesus o hará agora?” Si a respuesta é “no” a ambas estas perguntas, a instruções mais extensa de a Palavra de Deus se necessita.

 

Quando você ministra a uma muchedumbre grande, você no podrá hablar com cada pessoa. Deus pode revelar enfermidades específicas de as pessoas em público o pode levá-lo a fazer oraciones de masa por ciertas enfermidades, como a sordera, a ceguedad, etc. A veces você pode sentirse llevado a fazer uma oração de cura general o tener crentes em o público para ministrar individualmente a aqueles que estão enfermos.

 

É melhor enseñar a outros crentes como ministrar em lugar de fazer todo o ministério solo. A comissão de Jesus era que estas señales seguirían a OS que creerían, no “ao” que cree. A obra do ministério sería hecha por o Corpo entero, no só por um o dos crentes.

 

DETERMINE O PROBLEMA:

 

Use a informação de a entrevista e a sabiduría que Deus o da para determinar si o problema está em a:

 

Esfera Espiritual: Estes são os problemas relacionados com o pecado e eles requieren um ministério de cura espiritual (salvação, arrependimento e perdão de pecados).

 

Si há uma relacião entre o pecado e a enfermidade (e nós temos visto que há), há uma relacião então entre o perdão e a cura. Muitos se sanan físicamente quando eles piden o perdão o pecado.

No seja demasiado rápido para atribuir a enfermidade ao pecado. Recuerde que você aprendió que toda a enfermidade no é o resultado de pecado individual. Si há pecado, é a responsabilidad do Espírito Santo fazê-lo conhecido desde que um de Sus propósitos é convencer e corrigir.

 

Esfera Física: Estes são a dolencia corporal, lesião, o enfermidade. Ore por a cura física.

 

Esfera Emocional: Estes incluyen os problemas como a ansiedad, miedo, enojo, amargor, resentimiento, culpa, duda, fracaso, celos, egoísmo, confusião, frustracião, falta de perdão, e os efectos emocionais de problemas do pasado. Estas pessoas necesitan curar em o reino emocional. Isto se llama a menudo de “cura interna”, porém algunas pessoas tem abusado do termo. No é necessário volver a repasar todos os hechos e experimentar as emoções originales. No é necessário pasarse semanas, meses, o años para recuperarse de tales traumas. Si você hace isto, você está intentando curar a vieja pessoa em lugar de ayudarla a tornar-se uma nueva creacião em Cristo.

 

A menudo se relacionam os problemas em o reino emocional ao reino social de a vida de uma pessoa. Eles afectan e são resultado de as relaciones familiares e sociales. A cura viene por identificar o problema, pedir o perdão, e perdonar os outros envolvidos.

 

A mais grande barrera a a cura emocional normalmente é o perdão, assim a cura emocional inclui a cura de as relaciones sociales. Nós somos chamados para ser ministros de a reconciliacião (2 Coríntios 5:18-21). As pessoas necesitan reconciliarse tanto com Deus como com o homem, e aquí é onde a cura emocional, mental, interior entra. Todos são títulos similares para o mesmo tipo de cura.

 

Você pode necesitar enseñar a a pessoa sobre o perdão. O perdão no é:

 

n  Justificar a outros de os errores que tem feito a você. (Por exemplo, diciendo, “Eles estaban sob mucha presião”.)

n  Negar que você está em o primer lugar ferido.

n  Aceitar com resignacião o que se fez a você.

n  Esperar por o tempo para curar a herida. (Isto no sucede).

 

O verdadeiro perdão viene:

 

(1) De reconhecer que o que se fez a você foi errado, o resultado de homens pecadores em um mundo pecador. No é necessário volver e revivir o evento mentalmente, porém você no pode tratar de ele negándolo. Reconozca o que pasó e como o afectó.

 

(2) De confesar a herida a Deus e pedirle que sane as emoções dañosas em você. Você pode nunca olvidar do feito que sucedió, porém o qué você necessita é de cura para as emoções erradas que se relacionam a ele.

 

(3) De pedir a Deus para ajudá-lo a perdonar os outros envolvidos, perdonándolos assim como então Cristo o perdona. Reconozca que Deus extiende o perdão a você assim como você perdona a outros: “Perdãoanos nossas deudas, COMO também nós perdonamos a nossos deudores”. A pessoa também pode necesitar perdonarse (a culpa sobre su próprio mal) e definitivamente necesitará orar por a cura emocional.

 

Aquí está como perdonar a sí mesmo:

 

n  Reconozca que o pecado causa culpa e emoções pecadoras, confiéselo a Deus, e arrepiéntase. Pídale para perdonar su pecado e curar sus emoções.

n  Reconozca que quando Deus perdona, Ele se olvida (Ele lanza nossos pecados tão lejano quanto o Oriente está do Occidente).

n  Reivindique 1 João 1:8-9 e Romanos 8:1.

n  Por um acto de su própria vontade, libere a sí mesmo de a condenacião. Controle os futuros modelos de pensamiento por expulsar as imaginaciones vanas e dejando esas coisas atrás.

 

Esfera Mental: Estes são problemas que fluyen de pensamientos negativos, ataques de Satanás em a mente, retraso mental, etc. Ore por cura.

 

Esfera Demoníaca: Estas são condições que resultan de a actividad demoníaca directa como a posesião de demônios. Você aprenderá a tratar com estes em a próxima lição sobre ministrar libertação.

 

Sempre recuerde que os problemas em um reino afectan a a pessoa inteira. Enquanto você ministra, trate com o homem entero como Jesus fez, no só com a enfermidade. O homem é corpo, alma, espírito. A cura integral implica o trato com todos estes.

 

ORE A ORAÇÃO DE CURA:

 

Depois de que você determina a condição, você normalmente orará a oração de cura. Porém a veces, no se sorprenda si o Señor o dirige a no orar o a tardar a oração. Por exemplo, a través de uma entrevista você pode descubrir que a pessoa no quer curar porque ela perderá uma pensião de invalidez. (Isto realmente já pasó em um servicio de cura!)

 

O Señor também pode dirigirlo a tardar a oração por a cura física até que a instruções mais extensa se dé o a pessoa trate com um problema de pecado. Quando você ora, ore uma oração de fé que enfoque em o problema específico. Recuerde que você no tem que persuadir Deus para curar por a longitud o intensidad de su oração. Assim como a salvação já está disponible, o mesmo é verdade de a cura.

 

Assim como a salvação é basada em a condição de fé, assim é a cura. Deus quer curar, assim como Ele quer salvar. Ainda que o poder de Deus a veces está presente de uma maneira especial para curar (Lucas 5:17), você todavia pode orar por cura sem a uncião especial porque Jesus lhe ordenó que o hiciera assim como Ele lhe disse que extendiera o Evangelho.

 

A chave a a oração contestada é orar según a vontade de Deus. No ore, “Si é Tu vontade”. Jesus nunca orou, “cura si é Tu volunta”. Ore uma oração positiva para a vontade de Deus ser hecha “como em o Céu” o “Según Tu vontade”. Isto ainda reconoce a soberanía de Deus.

Quando posible, use a outros crentes para ministrar com você. Há multiplicacião de poder espiritual quando mais pessoas estão orando (veja Mateus 18:19). O ministério do Corpo também descorazona a individuos que experimentan o éxito em os dons de cura e aqueles que reciben cura a dar a glória ao ego o ao homem.

 

Cada miembro do Corpo de Cristo tem por o menos um don espiritual. O ministério mais eficaz é quando...

“Cada um ponga ao servicio de os demás o don que tem recibido, como buenos administradores de a multiforme gracia de Deus” (1 Pedro 4:10).

 

Su oração de cura pode ser uma de:

 

n  Peticião: Marcos 7:32-35.

n  Orden: Lucas 4:38-39; Marcos 7:32-35; João 5:8; Hechos 3:6; 9:40.

n  Intercesião: Êxodo 32.

n  Reproche E Expulsião: Marcos 9:25.

 

Su oração também pode involucrar instrucciones para fazer atos específicos, quando o Señor dirige (veja a João 9:1-7). (Note: Nunca diga a as pessoas que detengan a medicacião de toman. Permita a Deus guiarlas em esta área.) Sempre ore em o nombre de Jesus. Também, recuerde que no é falta de fé orar mais de uma vez. (Reveja o que Jesus enseñó sobre a oração perseverante.)

 

ALABE A DEUS POR A RESPUESTA:

 

Siga a oração com alabanza a Deus por a cura. Recuerde que em o caso de os dez leprosos a quem Jesus ministró, todos foram sanados porém só o que volvió para alabar foi feito integralmente são. Alabe a Deus por a fé e no por a vista. Você tem feito o que a Palavra de Deus disse para fazer.

 

Crea que Ele tem feito o que Ele disse que Ele haría. Agradézcale por isso. Jesus agradeció a Deus que había oído Su oração antes de ressurreição de Lázaro.

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Discuta as preparaciones preliminares para o ministério de cura.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

3. Resuma as diretrizes para ministrar a cura.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Estude estes exemplos de Jesus entrevistando ao enfermo antes de ministrar a cura:

 

n  Marcos 5:1-20: Jesus cuestiona ao homem endemoniado.

n  Marcos 8:22-26: Cuestionando ao homem ciego.

n  Marcos 9:14-27: Entrevista sobre o muchacho com um espírito mal.

n  Marcos 10:46-52: Perguntas ao ciego Bartimeo.

 

2. Jesus entrenó a Sus seguidores em o ministério de curar (Mateus 10:18). Aquí está como desarrollar um equipo de obreros para ministrar cura com você:

 

n  Seleccione um equipo de obreros. Os membros devem ser enseñables, tener o deseo de ministrar, tener a habilidade de tomar a direccião, ser pessoas de amor e compasião, e tener a vida espiritual e emocional saludables.

n  Use as lições em este manual e a Palavra de Deus para instruir e edificar a fé.

n  Gaste tempo ayunando e orando juntos.

n  Determine quién hará o qué em o servicio de cura para que os membros do equipo puedan ministrar em armonía unos com os outros. Uma pessoa deve coordinar o servicio para prevenir a confusião.

n  Use a os membros do equipo para ayudar a entrenar otras equipes para o ministério de cura. No tenga mais servicios de cura que servicios de equipamiento onde outros puedan aprender a usar o poder que Deus tem feito disponible a todo o Corpo de Cristo.

 

3. Aquí estão algunas sugerencias adicionais sobre como introducir um ministério de cura em su igreja:

 

Eduque: Predique mensajes sobre cura. Enseñe cura em a escuela dominical e estudos de a Bíblia. Invite a predicadores a venir e ministrar sobre o assunto. Use este manual, “Batalha Por O Corpo”, como uma guía do estudo.

 

Ilustre: Tenga pessoas que tem sido sanadas para dar testimonios. Incluya aqueles que tem experimentado as curas visíveis e invisíveis, graduales e instantâneas, curas de desórdenes serias e comuns.

 

Penetre: Integre o ministério de cura em cada área de vida de a igreja. Envíe os equipos do ministério de cura a os hospitales e casas. Involucre a os ancianos e líderes primeiro e então úselos em o ministério de cura para involucrar a congregacião inteira.

 

Demonstre: Provea a oportunidade para o poder de Deus ser demostrado. Planeé e conduzca servicios de cura e libertação.

 

4. A siguiente lista de verificacião se desarrolló de a discusião em esta lição para você usar ministrando a cura:

 

A PREPARAÇÃO PRELIMINAR:

 

Em Você:

___ Estude a Palavra de Deus sobre cura.

___ Oração e ayuno preliminar.

Em Outros:

___ Instruções apropiada com respecto a a cura.

___ Estudo de a Palavra de Deus sobre cura.

___ Oração e ayuno preliminar.

 

O TEMPO DE MINISTÉRIO:

___ Cree um ambiente de fé.

___ Ore por discernimento. Deus pode darlo:

 

n  Uma palavra de conhecimento

n  Um versículo de a Escritura

n  Uma visião

n  Palabras de fé

n  Uma uncião especial

n  Um acto especial de fé

 

___ Conduzca uma entrevista (optativo)

___ Determine o problema. Está o problema em a...

 

___ Esfera Espiritual

___ Esfera Física

___ Esfera Emocional

___ Esfera Mental

___ Esfera Demoníaca

 

___ Ore a oração de cura.

___ Alabe a Deus por a respuesta.

 


Capítulo Quinze

CONTINUAÇÃO DO MINISTÉRIO DE CURA

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Discutir o cuidado de continuação para aqueles que foram sanados.

n  Discutir o cuidado de continuação para aqueles no sanados.

 

PROMESSAS DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Então les mandaron que saliesen fuera do Sanedrín e deliberaban entre sí, diciendo: --Qué temos de fazer com estes homens? Porque de certo, é evidente a todos os que habitan em Jerusalén que uma señal notable tem sido hecha por meio de eles, e no o podemos negar” (Hebreos 4:15-16).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

É importante que aqueles que tem sido sanados reciban o ministério de a continuação. Jesus dio as instrucciones de a continuação a aqueles que experimentaron cura e libertação.

 

Ele habló ao homem que había sido curado de lepra:

 

“E Jesus lhe mandó que no se o dijera a ninguém; mais bem, lhe disse: --Vé e muéstrate ao sacerdote e da por tu purificacião a ofrenda que mandó Moisés, para testimonio a eles” (Lucas 5:14).

 

Ele disse a uma mulher pecadora que había sido sanada:

 

“Vuelve a tu casa e cuenta cuán grandes coisas tem feito Deus por ti. E ele se foi, proclamando por toda a cidade cuán grandes coisas Jesus había feito por ele” (Lucas 8:39).

 

Ele lhe disse ao homem em o estanque de Betesda:

 

“Depois Jesus lhe halló em o templo e lhe disse: --He aquí, has sido curado; no peques mais, para que no te ocurra algo peor” (João 5:14).

 

A a mulher cogida em adulterio Ele disse:

 

“... Ni eu te condeno. Vete e desde agora no peques mais” (João 8:11).

 

Si você está ministrando individualmente a uma pessoa, você pode querer darlo as instrucciones de acompanhamento. Si você está ministrando em uma cruzada de masa, proporcione consejo depois do servicio o em mañana siguiente. Si você está ministrando em uma igreja local, pida ao pastor que provea o cuidado de acompanhamento a aqueles que são sanados.

 

A instruções de acompanhamento deve tratar com:

 

n  Qué fazer para permanecer curado.

n  Qué fazer com os que no são sanados.

 

O QUE FAZER PARA PERMANECER CURADO

 

Enseñe aqueles que tem sido sanados a...

 

Reconhecer Os Ataques De Satanás:

 

Assim como Satanás tienta a cada convertido que é salvo, Ele tentará a cada pessoa que é sanada. Assim como você pode perder a vitória espiritual, você pode perder a vitória física. Cualquier cosa que você confía a Deus em su caminada espiritual, você será probado em essa área. Satanás o tentará por:

 

n  Síntomas: A cura a veces é gradual. Todos sus síntomas podem no haber ido inmediatamente. Sus síntomas podem tornarse peores. Você pode tener uma fiebre, porém isto pode ser que o processo do corpo luchando para expeler a infeccião como parte do processo curativo. Camine com sus sentidos espirituais, no com os sentidos naturais. No pase ofreciendo informaciones sobre sus síntomas, que eles devem volver. Por outro lado, no mienta sobre eles. Si preguntado, conteste, “Sí, eu tengo os síntomas de ______________, porém por Sus heridas eu estoy curado”. Enfoque su atencião em as coisas no vistas em lugar de os síntomas. Os síntomas podem distraerlo de a Palavra de Deus, Su presença, promessas, e poder. No hable palabras negativas que glorifican a habilidade de Satanás de atacar su corpo. Qué o anima mais - falta de síntomas o a Palavra de Deus que declara que Ele é su curador? Qué é su enfoque?

 

n  Poner Su Mirada Em Outros: Apuntando a aqueles que pensaron que eles foram sanados, porém agora estão enfermos de novo. Você mira aqueles que dijeron que foram salvos porém estão vivendo agora em pecado e usa tal exemplo para negar a realidad de a salvação?

 

n  Miedo: Temeroso que su enfermidade volverá.

 

n  Pessoas Negativas Ao redor De Você: Aqueles llenos de incredulidad que plantaron dudas em su mente.

 

ResistIR A Os Ataques De Satanás:

 

Mantenga uma atmósfera de fé continuando estudando a Palavra de Deus sobre a cura. Alabe a Deus por su cura. Mantenga buenas relaciones de contacto com su Curador por a oração. Testifique sobre su cura a outros, dando a glória a Deus. Uma maneira de vencer a Satanás é por a Palavra de su testimonio. Resista a os ataques de Satanás com a Palavra “Rhema” de Deus citando versículos específicos sobre a cura. No vacile em su creencia, pues um homem que vacila no recibirá de Deus (Tiago 1:6-8). Contienda (luche) seriamente em fé por su cura (Romanos 10:9).

 

Rodee a sí mesmo com um ambiente positivo de fé, aqueles que continuarán alabando a Deus com você por a cura e para ajudá-lo a resistir a os ataques do inimigo. Vuélvase parte de uma Igreja local.

 

Você resiste a os ataques de Satanás quando você usa su autoridade espiritual que inclui:

 

n  A Palavra de Deus.

n  A sangue de Jesus.

n  A palavra de su próprio testimonio.

n  A Autoridade para atar e desatar.

n  A oração e alabanza.

n  As armas de guerra listadas em Efesios 6:10-18.

n  A autoridade e poder do Espírito Santo.

 

(Si você no tem experimentado o bautismo do Espírito Santo você deve buscarlo. O Espírito Santo proporciona poder que o ayudará a manter su cura.)

 

 

Cambie Su Estilo de Vida:

 

Um retorno a as prácticas pecadoras pode significar um retorno de a enfermidade (João 8:11). Camine em obediência a Deus e Su Palavra. O pecado voluntarioso pode resultar em perder a cura (João 5:14). Um retorno a as prácticas no saludables também pode traer o retorno de a enfermidade. As prácticas no saludables realmente são pecado, pues você está manchando o templo de Deus.

 

Siga As Pautas Bíblicas Para a Saúde E Cura:

 

Capítulo Vinte de este manual proporciona estas pautas.

 

Vuelva Para A Comprobacião Médica:

 

Si você tem estado sob o cuidado médico, vuelva a su doctor para a comprobacião de su cura. Sob a ley do Viejo Testamento, os sacerdotes eram como médicos. Eles diagnosticaban enfermidades e pronunciaban as curas.

 

Jesus lhe disse ao leproso que Ele curou:

 

“Vé e muéstrate ao sacerdote e da por tu purificacião a ofrenda que mandó Moisés, para testimonio a eles” (Lucas 5:14).

 

QUÉ FAZER COM OS QUE NO SÃO SANADOS

 

No permita as pessoas descorazonarlo o culparlo porque elas no se sanaron. Evite a tentação de inventar uma razão para su falta de cura (a menos que Deus revele específicamente). Antes de que elas dejen o servicio, avíselas que simplesmente porque elas no ven resultados visíveis no significa que elas no se sanaron. Cura começa em o espírito. Há curas que são tardadas, é decir, como a esterilidad de Abraham e Sara, mesmo quando a Palavra foi dada años antes.

 

Há também o tempo envuelto. Considere ao homem cojo em a puerta do templo em Hechos 5. Jesus atravesó as puertas do templo muitas veces, todavia nos dicen que um homem paralítico había estado allí durante años. Ele foi curado depois por Pedro e João (Hechos 5:15-16). Hubo também um momento adecuado establecido em os casos de Jó e Lázaro.

 

Você pode querer asignar a alguém para continuar trabajando com a pessoa enferma em estes pasos de a continuação:

 

1. Continúe perseverando em a oração por cura: Jesus enseñó a oração perseverante. Ele no descorazonó. Requiera a líderes de a Igreja para orar sobre você.

 

2. Continúe edificando su fé: Você pode fazer isto a través de estudiar de a Palavra

“Rhema” de Deus sobre a cura.

 

3. Continúe confesando sus pecados: Confiese sus pecados em uma base diaria para que eles no agraven su condição física. Viva e camine em obediência a a Palavra de Deus.

 

4. Use su poder espiritual: Todos os crentes poseen os elementos esenciales para curar e liberar. Comece a usarlos. Eles são:

 

n  A Palavra de Deus.

n  A sangue de Jesus.

n  A palavra de su próprio testimonio.

n  A Autoridade para atar e desatar.

n  A oração e alabanza.

n  As armas de guerra listadas em Efesios 6:10-18.

n  A autoridade e poder do Espírito Santo.

 

5. Onde aplicable, cambie su estilo de vida: Elimine as prácticas pecadoras e enfermas. Curar a menudo viene quando você trae su estilo de vida em armonía e obediência com a Palavra de Deus.

 

6. Siga as directivas bíblicas para a vida e saúde.

 

7. Cree uma atmósfera de fé: Rodee a sí mesmo com uma atmósfera de fé volviéndose parte de um compañerismo de crentes.

 

8. Comprométase para total confianza em Deus: Total confianza significa que em a vida e em a morte, enfermidade o saúde, você sabe que você está em Sus mãos: João 10:29; Jó 13:15; 19:26

 

9. Reaccione positivamente ao sufrimiento: Enquanto você está esperando por a cura total, reaccione a su sufrimiento de tal maneira que outros sejam afectados de uma maneira positiva. Você pode fazer isto por:

 

n  Dar gracias: 1 Tesalonicenses 5:16-18.

n  Permitir a Deus perfeccionar Su força em a debilidad: 2 Coríntios 12:9-10.

n  Demonstrar paciencia enquanto você espera. As pessoas esperan em as oficinas de os doctores para os resultados de as pruebas médicas.

n  Nós esperamos a medicina funcionar. Por qué nós no podemos esperar a Deus? Aqueles com paciencia heredan as promessas: Hebreos 6:12; 12:2-3; Tiago 1:2-4; 5:10-11; Salmos 27:14; 37:34; Isaías 40:31; Romanos 5:3-5

n  Reconhecer que ningún sufrimiento é sem propósito. Estude o registro Bíblico de aqueles que sufrieron.

 

10. Reivindique as promessas de Deus: Ainda quando você sente que Deus o tem desamparado, continúe reivindicando estas promessas e a orar estas oraciones: Salmos 5:1-3; 6:2-9; 13:1-6; 22:19; 27:7; 31:21-22; 42:9-11; 54:1-2; 55:1-2; 70:1; 71:9- 21; 86:6-7; 94:19; 102:1-7; 2 Coríntios 4:17-18.

 

11. Dé e você recibirá: A Bíblia ensina que um princípio importante em o Reino de Deus é que nós recibimos quando nós damos. Si você é um crente, comece a ministrar o poder curador de Deus a outros. Enquanto você da, você recibirá.

 

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Discuta o cuidado de a continuação para aqueles que são sanados.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Discuta o cuidado de a continuação para aqueles que no recibieron su cura  todavia.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Você tem recibido a oração o tem orado por alguém e a cura no se manifesta todavia?

 

Escreva sus planes por seguir cada um de estes pasos:

 

Continúe perseverando por a cura:

_____________________________________________________________________

Continúe edificando su fé:

_____________________________________________________________________

 

Continúe confesando sus pecados:

_____________________________________________________________________

 

Use su poder espiritual:

_____________________________________________________________________

 

Cambie su estilo de vida:

_____________________________________________________________________

 

Siga as directivas bíblicas para a saúde:

_____________________________________________________________________

 

Cree uma atmósfera de fé:

_____________________________________________________________________

 

Comprométase a sí mesmo em total confianza em Deus:

_____________________________________________________________________

 

Reaccione positivamente ao sufrimiento:

_____________________________________________________________________

 

Reivindique as promessas de Deus:

_____________________________________________________________________

 

Dé e você recibirá:

_____________________________________________________________________

 

2. Si você no tem recibido su cura todavia, estude João 11. A história de a ressurreição de Lázaro revela que curas tardadas a menudo proveen uma oportunidade para uma demostracião mayor do poder de Deus.

 

3. Você tem recibido o tem orado para alguém que tem recibido a cura? Escreva sus planes para cada um de estes pasos para acompañar essa cura:

 

Reconozca os ataques de Satanás:

_____________________________________________________________________

 

Resista a os ataques de Satanás:

_____________________________________________________________________

 


Capítulo Dezesseis

 

A CURA FINAL

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Proveer diretrizes específicas para ministrar ao terminalmente enfermo.

 

PROMESSAS DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Por tanto, no desmayamos; mais bem, ainda que se va desgastando nosso homem exterior, o interior, sem embargo, se va renovando de día em día. Porque nossa momentánea e leve tribulacião produce para nós um eterno peso de glória mais que incomparable; no fijando nós a vista em as coisas que se ven, sino em as que no se ven; porque as que se ven são temporales, enquanto que as que no se ven são eternas” (2 Coríntios 4:16-18).

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

A Bíblia indica que há um tempo designado por cada pessoa morir:

 

“Então, tal como está establecido que os homens mueran uma sola vez, e depois o juicio” (Hebreos 9:27).

 

Estude o siguiente esbozo si você está terminalmente enfermo e/o o usa para ajudar-lhe a ministrar a alguém que está terminalmente enfermo:

 

Ministrando AO TERMINALMENTE ENFERMO

 

I. Há enfermidade para a morte: Em João 11:4 Jesus disse que a enfermidade de Lázaro no era para a morte. Isto significa que há doenças para a morte.

 

II. Há dos tipos de morte natural:

 

A. Morte Prematura: Volver a a destruccião de a carne para que o espírito se salve.

 

B. Morte Determinada: Devido a os procesos naturais de a vida (Hebreos 9:27; Eclesiastés 3:2; 2 Reis 13:14; Isaías 38; 2 Reis 20).

 

III. A meta de a cura no é a inmortalidad:

 

A. Mesmo aqueles que Jesus resucitó eventualmente murieron.

 

B. Algunas pessoas são sobrenaturalmente guardadas de os efectos de a vejez como Moisés foi. Outros seguem a maneira natural de envejecer, como Josué.

 

C. A Bíblia no promete a inmortalidad em este mundo como parte do pacto de a cura. No se perturbe quando Cristianos que cree e tem ministrado a cura divina tem murieron de enfermidade. Isto sucedió a Eliseu, todavia años depois sus huesos ainda tenían o poder para resucitar a um homem muerto. ¡Isto confirma que ele no podría morir devido a a falta de fé!

 

IV. Ao ministrar ao terminalmente enfermo busque Deus por sabiduría: Está a pessoa em o tempo determinado para morir?

 

A. Si Deus revela que é o tempo designado de a pessoa, então ayúdele a prepararse como Jesus feito ao ladrão em a cruz:

 

1. Asegúrese que ela conhece a Jesus como su Salvador.

 

2. Si ela é crente, esté seguro que no há ningún pecado no confesado.

 

3. Anime que ela ponga sus asuntos em orden.

 

4. Anime que ela faça a restitucião si há problemas entre ela e outra pessoa.

 

5. Ayúdeles a entender que a morte viene a todos. Para o crente, a morte está dentro de os parámetros de a vida eterna que nós já tenemos. Nós necesitamos cambiar nossa actitud sobre ela. Nós no devemos buscar a morte, porém nós devemos no poner uma tal énfasis indebida em a vida presente que nós a prefiramos para algum que está para venir. Estar ausente do corpo é estar presente com o Señor (2 Coríntios 5:8). A morte é uma inimiga, e é o último inimigo que se destruirá (1 Coríntios 15:26). A ressurreição de Jesus foi as “primicias” para mostrar que a morte foi conquistada porém no foi destruida todavia. É o terror de isto inimigo que se desarma para o crente (1 Coríntios 15:55).

 

6. Ayúdeles a entender que Deus é soberano. Ele todavia pode intervenir em cualquier tempo para permitirles vivir mucho mais tempo.

 

7. Recuérdelos que a morte é a última cura. No há mais dolor o enfermidade. Nós entramos em a presença de Deus integralmente curados. A enfermidade é como o pecado: Nós somos salvos de a penalidad do pecado (a enfermidade) quando nós aceptamos a Jesus como o Salvador e Curador. Nós podemos continuamente librarnos de su poder como crentes, porém só em o futuro quando nós vamos a estar com o Señor é que nós seremos salvos de su presença. Deus tem uma maneira de usar as coisas que Satanás intenta para o mal e volverlas para o bueno. A morte é a penalidad para o pecado, e por a morte de Cristo a vida vino. Por isto a morte é sorbida em vitória. Em a morte, Deus realiza o último sanando.

 

8. Enfoque su atencião em a eternidad e em a ressurreição. Use as siguiente referencias: João 11:5-6; Jó 19:25-27; Romanos 8:10-11,17- 18, 22-23; 10:11; 1 Coríntios 15:42-44, 54-58; 2 Coríntios 4:16-18; 5:1; 1 Tesalonicenses 4:13-18.

 

B. Si você no recibe uma Palavra “Rhema” de Deus acerca de si isto é o designado tempo de a morte:

 

1. Continúe orando por cura según a vontade de Deus. Isto no é exigir o que deseamos, porém dejar Deus fazer según Su vontade, si é tomarlos o levantarlos.

 

2. Também é bueno orar em o Espírito, desde que o Espírito Santo sabe a vontade de Deus e hará a intercesião adecuada (Romanos 8:26).

 

3. Anime ao enfermo para comprometerse totalmente a a confianza em Deus, si em vivir o morir, eles sabem que eles estão em Sus mãos: João 10:29; Jó 13:15.

 

4. Enfoque em ministrar em preparação para a morte assim como a cura física.

 

V. A Morte É A Cura Última: Para o crente, a morte é a última cura. Allí no há mais dolor o enfermidade e você entra em a presença de Deus. A enfermidade e o pecado são similares: Nós somos guardados do castigo do pecado (a enfermidade) quando nós aceptamos a Jesus como o Salvador e Curador. Nós podemos ser continuamente libertos de su poder como crentes, porém só em o futuro quando nós vamos a estar com o Señor é que nós seremos salvos de su presença. Deus tem uma maneira de usar as coisas que Satanás intenta para o mal e tornarlas em bem. A morte era o castigo para o pecado, e de a morte de Cristo a vida vino. Isto é por qué a morte é sorbida em vitória. Em a morte, Deus realiza a cura última. A morte é sorbida em a vitória porque os muertos em Cristo resucitarán:

 

“He aquí, os digo um misterio: No todos dormiremos, porém todos seremos  transformados em um instante, em um abrir e cerrar de olhos, a a trombeta final. Porque sonará a trombeta, e os muertos serão resucitados sem corrupcião; e nós seremos transformados. Porque é necessário que isto corruptible seja vestido de incorrupcião, e que isto mortal seja vestido de inmortalidad. E quando isto corruptible se vista de incorrupcião e isto mortal se vista de inmortalidad, então se cumplirá a palavra que está escrita: ­Sorbida é a morte em vitória!  Onde está, oh morte, tu vitória? Onde está, oh morte, tu espinho?” (1 Coríntios 15:51-55).

 

Quando um crente muere, regocija, porque algo precioso tem ocurrido:

 

“Estimada é em os olhos de Jehová a morte de sus fieles” (Salmos 116:15).

 

Para o crente, a morte viene como uma libertação de este mundo de pecado:

 

“Porque sabemos que si nossa casa terrenal, esta tienda temporal, se deshace, tenemos um edificio de parte de Deus, uma casa no hecha de mãos, eterna em os cielos. Pues em esta tienda gemimos deseando ser sobrevestidos de nossa habitacião celestial; Porque os que estamos em esta tienda gemimos agobiados, porque no quisiéramos ser desvestidos, sino sobrevestidos, para que o mortal seja absorbido por a vida” (2 Coríntios 5:1-2, 4).

 

Em a morte, o crente tem entrado em a presença do Señor:

 

“Pues confiamos e consideramos melhor estar ausentes do corpo, e estar presentes delante do Señor” (2 Coríntios 5:8).

 

Um homem nombrado Arthur Brisbane imaginó o entierro de um crente como uma muchedumbre de orugas tristes em trajes negros desgastados, lamentando enquanto eles llevaban um capullo a su lugar de descanso final. Sobre eles uma mariposa increíblemente bonita fluctuaba.

 

 

 

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva a Promessa de Cura de memória.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

 

2. Discuta as diretrizes cedidas em esta lição para ministrar ao terminalmente enfermo.

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

(As respostas se encontram ao final do último capítulo em este manual.)

 

 

 

COLOCANDO EM AÇÃO

 

1. Estude a promessa de cura para esta lição:

 

“Por tanto, no desmayamos; mais bem, ainda que se va desgastando nosso homem exterior, o interior, sem embargo, se va renovando de día em día. Porque nossa momentánea e leve tribulacião produce para nós um eterno peso de glória mais que incomparable; no fijando nós a vista em as coisas que se ven, sino em as que no se ven; porque as que se ven são temporales, enquanto que as que no se ven são eternas’ (2 Coríntios 4:16-18).

 

Si você tem o está ministrando a alguém com uma enfermidade terminal, faça estas perguntas: esta condição está causándolo desmayar espiritualmente?

_____________________________________________________________________

 

Su homem interior se renueva periódicamente, a pesar de a condição do homem exterior?

_____________________________________________________________________

 

Como você podría renovar a su homem interior?

_____________________________________________________________________

 

Você está enfocando su atencião em su condição temporal o em os valores eternos?

_____________________________________________________________________

 

Como você podría cambiar su enfoque do temporal ao eterno?

_____________________________________________________________________

 

2. Si você está ministrando a alguém que está terminalmente enfermo e Deus tem revelado que é su tempo designado para morir, trabaje a través de estes pasos:

 

Você conhece a Jesus como Salvador?

_____________________________________________________________________

 

Si você é um crente, você tem cualquier pecado no confesado? Ore por o pecado no confesado, como o enojo, amargor, etc. Confiese e reciba o perdão (1 João 1:8-9).

_____________________________________________________________________

 

Você tem posto sus asuntos comerciales em orden? Si no, faça uma lista de coisas que você necessita fazer:

_____________________________________________________________________

 

Há aqueles a quem você necessita fazer a restitucião, pedir o perdão, o resolver problemas? Si assim, escreva sus nombres abajo:

_____________________________________________________________________

 

3. Si você no recibe o conhecimento de Deus acerca de que si este é o tempo designado de a morte, siga estes pasos:

 

n  Continúe orando por a cura según a vontade de Deus.

n  Ore em o Espírito pues Ele conhece a vontade de Deus e hará a intercesião apropiada.

n  Anime o enfermo para comprometerse em total confianza em Deus, para que vivendo o muriendo, ele conozca que está em Sus mãos.

 

4. Si você, o alguém a quem você está ministrando, está terminalmente enfermo, reivindique esta promessa:

 

“Jesus os miró e les disse: --Para os homens isto é imposible, porém para Deus todo é posible” (Mateus 19:26).

 

5. Sempre recuerde que Deus é soberano, e ainda que uma pessoa se declara enferma terminalmente, Ele pode intervenir quando quiera e pode extender su vida. Leia a história do Rei Ezequías em Isaías 37:1 a 38:22. Quando Exequias estava muriendo, ele se volvió a Deus e recibió a cura. Em este relato note suyo:

 

n  Condição: Isaías 38:1

n  Oração: Isaías 38:2-3

n  Promessa: Isaías 38:4-6

n  Alabanza: Isaías 38:9-20

 


PARTE SEIS

 

AS ESTRATÉGIAS PARA A LIBERTAÇÃO

 

Em esta seção você aprenderá as estratégias para ministrar e receber a libertação. Você aprenderá sobre:

 

n  A QUEM SATANÁS TEM TENIDO ATADO.

n  MINISTRAR A LIBERTAÇÃO.

n  A CONTINUAÇÃO DO MINISTÉRIO DE LIBERTAÇÃO.

 


Capítulo Dezessete

 

"A QUEM SATANÁS TEM TENIDO ATADO"

 

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir esta lição você será capaz de:

 

n  Escrever a Promessa de Cura de memória.

n  Identificar três tipos principais de demônios que atacan o corpo, alma, e espírito do homem.

n  Explicar o valor do don de discernir espíritos tratando com os poderes demoníacos.

n  Explicar o que significa opressão demoníaca.

n  Identificar as características de uma pessoa oprimida de demônios.

n  Explicar o que significa obsesião demoníaca.

n  Identificar as características de uma pessoa obcecada de demônios.

n  Explicar o que significa ser poseído de demonio.

n  Identificar as características de uma pessoa poseída de demônios.

n  Explicar como os demônios ganan o controle.

 

PROMESSAS DE CURA PARA REIVINDICAR:

 

“Reuniendo a os doze, les dio poder e autoridade sobre todos os demônios e para curar enfermidades” (Lucas 9.1).

 

 

 

 INTRODUÇÃO

 

Por mucho tempo a obra de os demônios se tem descartada por muitos como uma práctica curiosa em as culturas paganas. No tem sido considerada como um problema que invade vidas, casas, igrejas, e nações. Porém há pessoas por todas partes que são atormentadas, afligidas, e inclusive poseídas por os poderes de a oscuridad conocidos como os demônios. Jesus ministró a aqueles afectados por os poderes demoníacos (Hechos 10:38) e Ele comisisonou a Sus seguidores para fazer de a misma maneira quando eles extendieran o Evangelho do Reino (Mateus 10:1).

 

Este capítulo presenta as diretrizes para ministrar a aqueles afectados por os poderes demoníacos. Para receber o Evangelho estes cativos devem primeiro ser libertos de a escravidão. (O Instituto Internacional Tempo de Colheita ofrece um curso intitulado “Estratégias Espirituais: Um Manual De Guerra Espiritual” que detalla as atividades de Satanás e sus forças demoníacas. Si você no está familiarizado com a guerra espiritual, você deve obtener este curso antes de que você comece o ministério de libertação.)

 


JESUS E DEMÔNIOS

 

A ensino e ministério de Jesus demostraron que os espíritos demoníacos são uma força real do mal. O que Jesus enseñó sobre os demônios e como Ele trató de eles rinde valiosa informação sobre as estratégias de Satanás.

 

Jesus aceptó o feito que Satanás é o governante de uma organização de demônios. Ele enseñó sobre a realidad e poder de os demônios. Ele disse que expulsar os demônios era uma de as señales que o Reino de Deus había vindo. Leia Mateus 12:22-30, Marcos 3:22-27, e Lucas 11:14-23 para um resumen de o que Jesus enseñó acerca de os demônios.

 

Uma porcião grande do ministério de Jesus involucró o trato com os demônios. É o exemplo de Jesus e a autoridade de Su nombre que provê a base bíblica para tratar com os poderes demoníacos. Jesus ministró a todos que vinieron com problemas demoníacos. Pedro disse de Jesus:

 

“Me refiero a Jesus de Nazaret, e a como Deus lhe ungió com o Espírito Santo e com poder. O anduvo fazendo o bem e sanando a todos os oprimidos por o diablo, porque Deus estava com ele” (Hechos 10:38).

 

COMO OS DEMÔNIOS OPERAN

 

Os demônios são usados por Satanás para oponerse a Deus, Su plano e propósitos, e a Su povo. Eles também guerrean contra os incrédulos para mantenerlos alejado de a verdade do Evangelho. Os demônios controlan territorios específicos (principados) como o príncipe de Persia mencionado em Daniel 10:12-13.

 

Os demônios também trabajan a través de pessoas – a través de os homens e mulheres – para alcançar os objetivos Satânicos em o mundo.

 

A oposicião a a vontade de Deus é o objetivo principal de Satanás. A palavra “Satanás” quer decir ao “adversario”.

 

Satanás é principalmente o adversario de Deus (Jó 1:6; Mateus 13:39). Ele é secundariamente, o adversario de homem (Zacarías 3:1; 1 Pedro 5:8).

 

Os demônios têm naturalezas diferentes. Um demonio se identificó em 1 Reis 22:23 como um “espírito mentiroso”. Um “espírito sordo e mudo” se identifica em Marcos 9:25. Os demônios de varias naturalezas operan como espíritos de enfermidade, espíritos seductores, e espíritos sucios. Satanás os usa para guerrear contra o homem em o corpo, alma, e espírito:

 

OS ESPÍRITOS DE ENFERMIDADE:

 

Estes são espíritos que afligen os corpos de os crentes assim como os incrédulos. Leia a Lucas 13:10-17. Esta mulher estava afligida com um espírito de enfermidade. Ela estava presente em os servicios Sabáticos e Jesus a llamó “uma hija de Abraham”. Os dos de estes hechos indican que ela probablemente era uma seguidora de Deus, todavia Satanás había afligido su corpo durante dezoito años.

 

Para outros exemplos de poderes demoníacos que afligen o corpo veja Mateus 12:22; 17:15-18; Hechos 10:38; 2 Coríntios 12:7.

 

OS ESPÍRITOS SEDUCTORES:

 

Estes espíritos afligen o espírito do homem, seduciéndolos para creer em as mentiras doctrinales e ser condenados ao castigo eterno. Eles são espíritos de doctrinas falsas, cultos, falsos Cristos, e falsos maestros:

 

“Porém o Espírito diz claramente que em os últimos tempos alguns se apartarán de a fé, prestando atencião a espíritos enganosos e a doctrinas de demônios” (1 Timoteo 4:1).

 

“O tercer anjo derramó su copa sobre os ríos e sobre as fuentes de as aguas, e se convirtieron em sangue” (Apocalipse 16:14).

 

“O advenimiento do inicuo é por operacião de Satanás, com todo poder, señales e prodigios falsos, e com todo engaño de injusticia entre os que perecen, por quanto no recibieron o amor de a verdade para ser salvos” (2 Tesalonicenses 2:9-10).

 

Os espíritos seductores incluyen o “espírito de adivinacião” mencionados em Hechos:

 

“Aconteció que, enquanto íbamos ao lugar de oração, nos salió ao encuentro uma joven esclava que tenía espírito de adivinacião, a qual producía grande ganancia a sus amos, adivinando” (Hechos 16:16).

 

Tales espíritos de adivinacião o “espíritos familiares” operan em cajeros de fortuna, brujas, e palma, pelotas de cristal, e lectores de hoja de té. A través de os métodos no bíblicos, estes espíritos de adivinacião predicen o futuro o coisas naturalmente desconocidas. Se dan advertencias contra os espíritos familiares em Levítico 19:31; 20:6; Deuteronomio 5:9; 18:10; Levítico 20:27; e 1 Samuel 28:3.

 

Os espíritos seductores chamuscan a conciencia, seducen, incitan, tientan, ganan o interés, fascinan, excitan, despiertan, atraen, e engañan. Os espíritos seductores são activos causando a “maldad em os lugares celestiales”. Eles estão presentes e operantes em cada culto e dondequiera que o error doctrinal existe. Recuerde que Satanás pide adoração e ele a tomará de cualquier maneira que pueda.

 

Os espíritos seductores incitan a os homens e mulheres para rendir adoração a os ídolos e ao próprio Satanás.

 

OS ESPÍRITOS INMUNDOS:

 

Estes poderes demoníacos afligen a natureza do alma do homem. Eles são responsables por os atos inmorales, pensamientos sucios, tentaciones e otras estratégias de Satanás para atar a os homens e mulheres. Quando Satanás controla a os individuos com os espíritos inmundos, ele também pode operar em casas, igrejas, e nações enteras pues estes grupos são compuestos de individuos. Isto é como Satanás trabaja em os vários niveles de estructura em a sociedad. Para exemplos de espíritos inmundos veja Mateus 10:1; 12:43; e Marcos 1:23-26.

 

OPRESSÃO, OBSESIÃO, POSESIÃO

 

Os espíritos malignos podem oprimir as pessoas. Oprimir significa levar abajo, venir contra, o ligar desde o exterior. Esta opressão é cumplida por os espíritos malignos de varias maneras. Eles causan a depresião, crean circunstâncias negativas, e insertan pensamientos malos em a mente como os pensamientos de suicidio, a inmoralidad, incredulidad, miedo, etc. Os demônios crean as circunstâncias Satánicas e situaciones que tientan a os homens para pecar:

 

“Me refiero a Jesus de Nazaret, e a como Deus lhe ungió com o Espírito Santo e com  poder. O anduvo fazendo o bem e sanando a todos os oprimidos por o diablo, porque Deus estava com ele” (Hechos 10:38).

 

Os demônios também podem poseer a os seres humanos. A posesião demoníaca é uma condição em a Qual os espíritos mais malignos (demônios) habitan o corpo de um ser humano e toma a vontade o controle completo de su vítima. Algunas pessoas prefieren usar a palavra “demonisado” em lugar de posesião, porém sem tener em cuenta o termo, a pessoa poseída é hospedera de os demônios residentes. “Posesião” no significa que uma pessoa no é responsable por su próprio pecado. Su responsabilidad reposa em os factores que llevaron a su condição.

 

A posesião pode venir de boa ganha. Uma pessoa pode desear ser tomada por os poderes do espírito para dirigir sesiones de espiritismo, pronunciar maldiciones, tornarse uma bruja, o obtener algum outro poder sobrenatural. A posesião também pode ocorrer involuntariamente. Um individuo no pide para ser poseído, porém a través de pensamientos pecadores, acciones, o contacto com o oculto resulta em a posesião.

 

Poderes demoníacos que operan em os padres e os pecados de os padres podem afectar a próxima geração. (Veja Êxodo 20:5; 34:7; e Deuteronomio 5:9.) Isto cuenta para a posesião demoníaca u opressão de niños como registrado em Marcos 7:24-30 e 9:17-21.

 

Há também tal cosa como a obsesião demoníaca. Esta é uma condição onde um se obsesiona por um interés o preocupacião com os demônios. É um interés raro em o sobrenatural, demônios, e Satanás que controlan o interés e a búsqueda de uma maneira dictadota.

 

A obsesião por os poderes do demonio pode levar a a posesião por eles.

 

OS DEMÔNIOS PODEM AFECTAR A OS CRENTES?

 

Um verdadeiro crente no pode ser poseído por um demonio porque o Espírito Santo no pode habitar em o mesmo templo com um espírito mal:

 

“O no sabéis que vuestro corpo é templo do Espírito Santo, que mora em vosotros, o qual tenéis de Deus, e que no sois vuestros? Pues habéis sido comprados por precio. Por tanto, glorificad a Deus em vuestro corpo” (1 Coríntios 6:19-20).

 

Quando você pertence a Deus e está lleno com o Espírito Santo, você no pode pertenecer a Satanás e está lleno ao mesmo tempo de sus espíritos. O Espírito Santo no morará em o mesmo templo com Satanás.

 

Porém isto no significa que os crentes no podem ser afectados por os poderes demoníacos. Nós luchamos contra estes poderes. Satanás usa os poderes demoníacos para atacar a os crentes desde o exterior a través de a opressão, os síntomas que se discutió previamente. Porém ele no pode poseer ao verdadeiro crente. “Poseer” indica uma ocupacião interior. “Oprimir” o atar indica influencia exterior. As atividades de os crentes podem ser satánicamente dirigidas si eles permiten a os poderes demoníacos oprimirlos. Tal opressão o atadura por os poderes malignos permite a Satanás usarlos para propósitos malos.

 

Isto é o que pasó quando Pedro, um discípulo de Jesus, foi usado por Satanás